2

Estou tentando usar os namespaces sem classes com o autoload do composer, porém acredito que o mesmo está falhando, por exemplo:

/Foo/Bar.php

namespace Foo\Bar {
    function baz() {
        echo 'Funcionou';
    }
}

/index.php

require './vendor/autoload.php';

Foo\Bar\baz();

Ao executar o arquivo index gera o seguinte erro:

Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function Foo\Bar\baz() in /[...]/basic/index.php on line 5

porém se eu incluir préviamente o arquivo:

/index.php

require './Foo/Bar.php';

Foo\Bar\baz();

Então funciona. Acredito que ao chamar Foo\Bar\baz ele esteja tentando incluir o arquivo Foo\Bar\baz.php, porém não tenho certeza

Meu autoload no composer.json:

"autoload": {
    "psr-4": {
        "Foo\\": "./Foo"
    }
}

Fiz o dump-autoload

O uso é num framework, onde o usuário pode criar rotas passando uma função com o seu namespace para ser executada (por exemplo, Router::get('/foo', 'App\Foo\get');), como, geralmente, não é preciso guardar estado, a classe se torna desnecessária. O uso da propriedade files do composer resolve o problema, porém não permite lazy load (carregar apenas o que é usado, ou seja, sob demanda), o que pode significar muitos arquivos incluidos pra nada

  • Cade o arquivo composer? – Virgilio Novic 11/01 às 13:13
  • @VirgilioNovic o composer.json? Está praticamente em branco como falei – Guilherme Costamilam 11/01 às 13:14
  • Então, não vai funcionar se o mesmo está em branco consequentemente não carrega nada! – Virgilio Novic 11/01 às 13:15
  • @VirgilioNovic alterei o arquivo como eu imagino que deveria ficar e adicoinei na pergunta – Guilherme Costamilam 11/01 às 13:18
1

Esse tipo de implementação é corresponde a organização de pasta, o namespace deve ter o mesmo caminho da sua pasta, que não é o que acontece na sua pergunta, o correto seria criar o diretório de pasta da seguinte forma:

/Foo/Bar/Bar.php

e o seu namespace correspondente

Foo/Bar

no arquivo de configuração composer.json configure da seguinte forma:

{
    "name": "Virgilio/Pack",    
    "autoload": {
        "psr-4": {
            "Foo\\Bar\\": "Foo/Bar"
        }   
    }
}

ou seja, a primeira chave é o namespace e a sua atribuição o caminho da pasta (ou pastas), rode agora o comando php composer.phar dump.

Outro porém é que essa implementação é para load de classes e não de funções, o de funções é na chave files que deve ser implementado com o caminho do arquivo, exemplo:

{
    "name": "Virgilio/Pack",    
    "autoload": {
        "psr-4": {
            "Foo\\Bar\\": "Foo/Bar"
        },
        "files": [
            "Foo/Bar/Bar.php" 
        ]
    }
}

e rode o comando php composer.phar dump.

Vale lembrar que nesse arquivo Bar.php o correto é só ter funções ou classes e também se for ter somente funções não precisa colocar namespace, mas, nada impede, acredito dificultar a digitação na hora da programação.


Resumo configuraria assim:

{
    "name": "Virgilio/Pack",    
    "autoload": {           
        "files": {
            "Foo/Bar/Bar.php" 
        }   
    }
}

e utilizaria como o namespace assim:

echo \Foo\Bar\baz();

ou retiraria esse namespace que julgo desnecessário no arquivo Bar.php e digitaria:

echo baz();

e tente fazer um código mais limpo e menos complicado para utilização.


Outro exemplo básico: namespace com php e uma leitura recomendavel The composer.json Schema - PSR-4#

  • Porém adicionando na lista de files será todos carregados juntos no início, e não conforme for utilizando (se utilizado), certo? – Guilherme Costamilam 11/01 às 14:25
  • Editei a pergunta, espero que tenha ficado mais claro, agradeço se poder ajudar – Guilherme Costamilam 14/01 às 23:21
  • @GuilhermeCostamilam você disse porém não permite lazy load (carregar apenas o que é usado, ou seja, sob demanda), o que pode significar muitos arquivos incluídos pra nada, com funções tem que ser feito pelo files é assim que o arquivo de configuração demonstra na sua documentação. Se for classe tem o efeito de carregamento preguiçoso, apesar que classe geralmente colocamos uma em cada arquivo para funcionar, já função são várias em um arquivo (pode ser uma também, mas, geralmente colocamos várias), porque você não muda a estratégia então.? – Virgilio Novic 15/01 às 12:18
  • continuando ... @GuilhermeCostamilam trabalhando com classes, já que que é um framework, bom qual é o framework? – Virgilio Novic 15/01 às 12:20
  • costamilam.github.io/Alpha. Se eu criasse uma função própria para o autoload, poderia funcionar? – Guilherme Costamilam 15/01 às 13:24
1

Eu ainda não entendi o porque de utilizar dessa forma, você quer apenas chamar a função correto? Se for isso seria mais fácil criar um helper e através dele você criar a função e chamar a mesma.

Para isso, eu adicionei a seguinte linha no meu composer indicando o local do meu helper.

"autoload": {
    "files": [
        "app/Helpers/helper.php"
    ],
    "psr-4": {
        "App\\": "app/"
    }
}

Sua resposta

Ao clicar em "Publique sua resposta", você reconhece que leu nossos termos de serviço, política de privacidade e política de cookes atualizados, e que a sua continuidade no uso do website é sujeita a essas políticas.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.