2

Por que é que não esta parando com a comparação?

/*7.    Faça um programa que leia uma sequência de nomes no formato “nome sobrenome” e armazene-os em um arquivo texto.
 A lista de nomes termina com um nome igual ao ponto.*/

#include<stdio.h>
#include<string.h>

char const FIM[] = ".";

int main()
{
    FILE *arq;
    char nomeS[70];
    char *ret;

    arq = fopen("arquivoGerado07.txt","w");

    puts("Insira um nome e sobrenome: ");
    ret = fgets(nomeS,sizeof(nomeS), stdin);

    while(strcmp(FIM,nomeS) != 0)
    {
        fputs(ret,arq);
        puts("Insira um nome e sobrenome: ");
        ret = fgets(nomeS,sizeof(nomeS),stdin);
    }
    fclose(arq);

    return 0;
}

2 Respostas 2

1

Depois de ler a string com fgets() remove de la o '\n'.

ret = fgets(nomeS,sizeof(nomeS), stdin);
if (ret == NULL) /* erro */;
nomelen = strlen(nomeS);
if (nomelen == 0) /* erro estranho */;
if (nomeS[nomelen - 1] == '\n') {
    nomeS[--nomelen] = 0; /* remove '\n' e actualiza nomelen */
}
  • Se esse código for executado numa plataforma Windows, ainda assim somente um \n irá parar na variável? (em vez de um \r\n por exemplo? E se a stream de entrada não for o stdin, e sim um arquivo cuja quebra de linha é um \r\n? – mgibsonbr 10/10/14 às 6:35
  • P.S. Confirmei aqui que ele lê sim o \r (em arquivos, pelo menos, não sei quanto ao stdin). – mgibsonbr 10/10/14 às 6:42
  • Outro problema: se a string lida tiver 69 caracteres ele não vai incluir o \n no final. Veja esse thread pra mais detalhes. Sendo assim, é melhor só executar essa última linha se ficar confirmado que o nomeS[nomelen-1] é mesmo um \n. – mgibsonbr 10/10/14 às 6:55
  • 1
    Se o arquivo tiver sido aberto em modo texto ("r", "r+", ...) ele não lê o '\r' (o stdin é aberto em modo texto). – pmg 10/10/14 às 11:27
  • 1
    O problema dessa resposta não é tanto o compilador, mas sim a biblioteca, ou seja, misturar um compilador Windows com uma biblioteca Linux. Nota que fputc('\n', arquivo); pode escrever 2 bytes em Windows, se arquivo tiver sido aberto em modo texto. – pmg 10/10/14 às 15:51
0

De acordo com essa documentação, o fgets inclui a quebra de linha lida da stream (i.e. quando você dá Enter) na sua saída - ao contrário do gets, que não inclui. Assim, a string lida jamais será igual a "." - no máximo será ".\n", ".\r" ou ".\r\n", dependendo da plataforma (Nota: pelo menos isso ocorre na leitura de arquivos - não estou certo se a leitura do stdin leva ou não em conta a quebra de linha padrão da plataforma ou se usa \n sempre).

Para fins do seu exercício, creio que a melhor saída é usar gets mesmo, apesar do perigo de overflow:

ret = gets(nomeS);

Na prática, entretanto, o ideal seria ou normalizar o valor lido ou testar pelas 3 variantes, o que for mais fácil (tenho pouca experiência prática em C, então não posso ajudar nesse sentido).

  • 1
    Esse -1 é por eu sugerir usar um gets? Ou tem alguma outra coisa errada na resposta? – mgibsonbr 10/10/14 às 6:34

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.