0

O usuário irá baixar o script de um site interno e executá-lo. O que eu queria era que após o download o usuário dê dois clicks no script e ele seja executado e não aberto para edição.

Existe um jeito de forçar a abertura de um script shell no terminal pela interface gráfica?

Quando clico duas vezes no .sh ou .run ele abre no editor de texto.
Se renomeio para .bin ele diz que não sabe o que fazer e pede para procurar na central de programas.

Até já compilei com o shc para ver se executava mas não funcionou. Ideias?

  • Não sei se entendi muito bem, me parece que você quer criar uma especie de atalho para seu .sh, talvez esse link te ajude vivaolinux.com.br – Icaro Martins 21/12/18 às 17:56
  • 2
    Depende da distribuição Linux que está usando, depende de você definir a hash bang corretamente, depende de você dar permissão de execução no computador após baixado o arquivo. Se quer algo executável, é mais fácil criar um do que tentar executar magicamente um script. De qualquer forma o problema não parece ser de programação e provavelmente a pergunta será fechada. – Anderson Carlos Woss 21/12/18 às 18:24
  • Uso o Debian Stretch porém o script será usado em micros com Ubuntu 16.04 ou 18.04. Costumo usar #!/bin/sh mas testei com bash também e deu no mesmo. Testei em um micro com ubuntu 16.04 e após o download o script já está com permissão de execução. Não estou pedindo mágica alguma, só pergunto se há a possibilidade. – Heathz 21/12/18 às 18:37
1

Dependendo da interface gráfica, clicando com o botão direito e indo em propriedades você pode direcionar para com o que você quer abrir por default, semelhante ao que existe no Windows também.

  • Sim mas nesse caso ainda teria que pedir para o usuário fazer algo além de dois cliques. A ideia é que o usuário não faça nada além de dois cliques. – Heathz 8/01 às 13:23

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.