5

Lendo um livro sobre desenvolvimento .NET, vi uma breve descrição sobre methods contracts e procurei saber um pouco mais na internet.

Ela usa uma sintaxe imperativa que é onerosa e possui baixo suporte das ferramentas. Para usar o contrato na biblioteca e na aplicação, é necessário executar um processo de pós compilação. De forma geral, ele é um projeto interessante, mas necessita de um compilador de primeira classe e de sintaxe de suporte para ser útil.

Encontrei algo relacionado com o seguinte código:

public int Insert(T item, int index)
    requires index >= 0 && index <= Count
    ensures return >= 0 && return < Count
{ … }

Já na internet também vi que tem pouco conteúdo a respeito, e gostaria de saber o que é, e se realmente vale a pena usar?

5

Esta sintaxe não existe. Há uma proposta para que ela entre no C#, e torço muito para que entre.

Hoje existe uma biblioteca de contratos que faz algo semelhante, mas é bastante inferior. O uso de contratos existe desde o .NET 4.0.

A utilização dele junto com ferramentas de análise estática podem ser poderosas, e de fato ajudava bem. Eu não sei bem porque mas as versões mais novos do Visual Studio não conta mais com as ferramentas e o mecanismo passou ter menos utilidade, a não ser que faça uma série de coisas manuais ou por conta própria.

Não quer dizer que ainda não tenha uso, mas ele não é muito diferente de um if, no máximo fica mais semântico. De qualquer forma para ser um mecanismo de primeira classe precisa estar na linguagem e o compilador colaborar.

Contratos podem ser mais interessantes que os mecanismo típicos porque eles podem ser resolvidos em tempo de compilação e podem até serem eliminados do código se tornando sem custo de tempo de execução. Implementado da maneira correta pode se tornar parte do contrato do tipo e do método, ou seja, quem chamar aquilo deverá respeitar o contrato de forma direta. E em mecanismos sofisticados isso pode ir propagando e até só a entrada do dado ser verificada se está dentro do contrato eliminando todas as outras verificações por o dado já ser válido (isto é o ideal, não é simples fazer isto funcionar na linguagem).

Eu gosto do seu uso, mas admito que o estado atual dele . NET não é tão vantajoso assim, mas também não é tão ruim para evitá-lo. No mínimo dá mais semântica e poderá mudar facilmente depois se o mecanismo for melhorado.

Eu ainda estou tentando descobrir porque eles deixaram de ser enfatizados. Mas o código do .NET usa bastante, acho que todos deveriam usar mais. Ajuda dar mais robustez e legibilidade.

Tem artigo da Wikipedia sobre o uso em geral.

Respondi algo sobre eles em Existe alguma funcionalidade similar ao Assert (afirmações) em C#?.

  • Em teoria então, caso venha a ser implementado algum dia, ajudaria na performance acima de apenas substituir algum if dentro do método além da legibilidade? – Victor Laio 5/12/18 às 11:26
  • 1
    Em alguns casos sim. Hoje pode fazer isto com ferramentas externas, ele pode reescrever o código, mas essas ferramentas não evoluíram mais e não estão mais no VS. – Maniero 5/12/18 às 11:39
  • Tudo bem! Obrigado! – Victor Laio 5/12/18 às 12:06

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.