3

Tenho 17 anos e estou aprendendo Java, quando eu sentir que já domino a linguagem planejo migrar para .NET! Qual é o recomendado para começar C, C++ ou C#? Obrigao pela ajuda ^^

fechada como principalmente baseada em opiniões por Jefferson Quesado, hkotsubo, MarceloBoni, Barbetta, Bacco 17/11/18 às 22:21

Várias perguntas boas geram algum grau de opinião com base na experiência de especialistas, mas as respostas a esta pergunta tenderão a ser quase que completamente baseadas em opiniões e não em fatos, referências ou experiência específica. Conheça as regras na central de ajuda e edite a pergunta para que fique adequada.

  • Recomendo C++ pois tem tudo que C tem porém assim como java ela também é orientado a objetos, C++ pode ser complicado no começo, C# é orientado a objetos e é parecido com java, então acho que você vai se dar melhor com C# já que você quer aprender .NET também, mas isso é algo muito pessoal, vai de cada um – Samuel Ives 17/11/18 às 16:50
6

Talvez essa pergunta seja fechada, por ser "principalmente baseada em opiniões", mas, creio que seja possível responde-la de forma objetiva.


C, C++, C#? Por qual delas um iniciante deve começar a aprender?

Com certeza C# é a "mais fácil" das três. [1]

C# tem uma sintaxe "mais intuitiva e menos exótica" (opinião), se comparada ao C e C++, algumas pessoas inclusive consideram C e C++ como linguagens de médio nível, já que é possível escrever trechos usando a linguagem Assembly nelas, que é de baixo nível. O nível de abstração no C# por outro lado é maior, se levarmos em consideração, por exemplo, que programas em C e C++ são compilados para linguagem de máquina e o C# é compilado para uma linguagem intermediária (CIL), que depois é traduzida para código nativo ou executada por uma máquina virtual (Is C# partially interpreted or really compiled?).

O C# simplifica muitas tarefas, como gerenciamento de memória com o Coletor de Lixo (Garbage Collector), o que torna tudo muito mais simples. Em C e C++, um dos motivos do seu poder é que você controla tudo, incluindo alocação e liberação de memória, o que, por exemplo, pode aumentar muito o desempenho de uma aplicação, mas também tem um preço, porque a programação fica mais complexa e é mais fácil cometer falhas que acabem com vazamento de memória e problemas desse tipo.

Seguindo as datas de criação das linguagens, e dando alguns exemplos de níveis de abstração acrescentados de uma para outra, a lista ficaria nessa ordem:

  1. C -> "Criada em 1972 por Dennis Ritchie na empresa AT&T Bell Labs para desenvolvimento do sistema operacional Unix (originalmente escrito em Assembly)." (da Wikipedia)
  2. C++ -> "Bjarne Stroustrup desenvolveu o C++ em 1983 no Bell Labs como um adicional à linguagem C." [da Wikipedia) -> Abstração em relação ao C: Introduz a Programação Orientada a Objetos.
  3. C# -> "Durante o desenvolvimento da plataforma .NET, as bibliotecas foram escritas originalmente numa linguagem chamada Simple Managed C (SMC), que tinha um compilador próprio. Mas, em Janeiro de 1999, uma equipe de desenvolvimento foi formada por Anders Hejlsberg, que fora escolhido pela Microsoft para desenvolver a linguagem. Dá-se início à criação da linguagem chamada Cool. Um pouco mais tarde, em 2000, o projeto .NET era apresentado ao público na Professional Developers Conference (PDC), e a linguagem Cool fora renomeada e apresentada como C#." (da Wikipedia) -> Abstração em relação ao C++: Introduz Coletor de Lixo, compilação para linguagem intermediária, etc.

Estou aprendendo Java, quando eu sentir que já domino a linguagem planejo migrar para .NET

Se você está aprendendo Java, mais um motivo para começar pelo C#, já que as duas linguagens têm muitas similaridades. Na verdade, o C# foi meio que a resposta da Microsoft ao Java, veja esse artigo:

Por que a Microsoft criou o C#?

Resposta de Dan Shappir (trabalha no Wix), no Quora:

Durante os anos 90, com Bill Gates no comando, e antes de Ballmer estragar tudo, a Microsoft estava no topo do monopólio do Windows. Foi alegado pelo Departamento de Defesa dos EUA que uma estratégia da Microsoft na época era "abraçar, estender e extinguir", significando que eles abraçariam uma tecnologia de sucesso, combinariam com o Windows e estenderiam para que ela se tornasse melhor, mas também incompatível com o original. Isso levaria os clientes a usar produtos Windows e Microsoft.

Quando a Sun lançou o Java em 1995, a Microsoft percebeu o potencial da linguagem e do ecossistema e tentou implementar essa estratégia. Ela introduziu sua própria implementação da JVM com o IE3 e, em seguida, começou a aprimorá-la além do padrão Java. A Sun processou a Microsoft em outubro de 1997 por implementar de forma incompleta o padrão Java 1.1, o que forçou a Microsoft a descontinuar sua implementação.

Em vez de migrar para a JVM da Sun e, assim, dar à Sun uma alavancagem significativa no mundo do Windows, a Microsoft decidiu “sair da Sun” pela Sun, introduzindo sua própria linguagem de programação e plataforma e efetivamente matando o Java no Windows. Eles trouxeram o renomado designer de linguagens de programação Anders Hejlsberg a bordo, que já tinha experiência em mudar e melhorar linguagens de programação existentes, e deram a ele a tarefa de criar um “Java melhor” (não oficialmente, mas na prática). Assim, o C# e o .NET Framework nasceram.


Mais informações sobre o assunto:


[1] O Filipe colocou um bom ponto de vista no seu comentário:

É só uma opinião, como você mesmo disse é um post que vai de opinião a resposta, concordo que o C# seja a linguagem mais fácil, nos termos citados por você, mas caso a pessoa não saiba nada de programação, o paradigma Orientado a Objeto é mais complexo de se aprender para um iniciante, as vezes é melhor aprender um pouco de C pra entender conceitos e depois ir pra C#, porque se não a pessoa usa uma Linguagem de Paradigma Orientado a objeto e programa de forma estruturada

Mas, no contexto da pergunta, em que o autor já está aprendendo Java (que é muito similar ao C# e também tem um paradigma de POO), e depois pretende migrar para .NET, creio que C# seja a escolha óbvia. Até porque eu não creio que exista hoje alguma forma de integração entre a linguagem C e o .NET: How many languages does .NET framework support?.

Outras perguntas relacionadas a POO:

  • 3
    É só uma opinião, como você mesmo disse é um post que vai de opinião a resposta, concordo que o C# seja a linguagem mais fácil, nos termos citados por você, mas caso a pessoa não saiba nada de programação, o paradigma Orientado a Objeto é mais complexo de se aprender para um iniciante, as vezes é melhor aprender um pouco de C pra entender conceitos e depois ir pra C#, porque se não a pessoa usa uma Linguagem de Paradigma Orientado a objeto e programa de forma estruturada – Filipe 17/11/18 às 18:19
  • Verdade, bom ponto! Mas no contexto da pergunta, em que o autor já está aprendendo Java (que é muito similar ao C# e também tem um paradigma de POO), e depois pretende migrar para .NET, creio que C# seja a escolha óbvia. Até porque eu não creio que exista hoje alguma forma de integração entre a linguagem C e o .NET: How many languages does .NET framework support?. – Pedro Gaspar 17/11/18 às 19:01
  • Sim no contexto e por ele estar já iniciando no Java o C# é o obviamente o mais indicado, até porque são muito parecidos, então migrar de um para o outro é tranquilo, ao dono da pergunta deixo a dica também, como esta iniciando a programar já em uma linguagem POO, tente aprender bem a respeito da Orientação a Objeto em si auxiliara mais ainda o aprendizado, visto que o uso de API's fará mais sentido, pois você entenderá o comportamento e funcionamento de maneira mais ampla – Filipe 17/11/18 às 19:35
  • 2
    A resposta até é boa, bem trabalhada, o que eu acho que é um pouco complicado é que a pergunta não deixa de ser opiniativa e para isso existe o motivo de fechamento apropriado. Na verdade pode até ser fechada como fora de escopo porque dar opiniõa do que a pessoa deve aprender não está no nosso escopo. Especialmente em casos que sequer se conhece a realidade da pessoa. A resposta derrapa um pouco porque ela assume um lado e aí fica claramente opinativa. Apesar de eu concorda com ela, em parte, teria sido melhor se colocasse porque escolher cada uma deles, em vez de dizer qual delas escolher. – Maniero 17/11/18 às 22:48
  • 1
    Parabéns pela dedicação, mas fica a dica do que pode melhorar e pras próximas. – Maniero 17/11/18 às 22:56

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.