3
def initialize(nome = "Anônimo", salario = 0.0)
  @nome = nome
  @salario = salario
end

Pra deixar mais claro, o que não consigo entender é a diferença entre usar ou não esse método numa classe e pra que propósito ele eventualmente é usado.

4

Se deseja a funcionalidade dele apenas ele age como um construtor e isto pode ser visto em Para que serve um construtor?. Mas conceitualmente ele não é exatamente um construtor, na prática acaba sendo, salvo alguma ignorância minha em relação ao Ruby.

Na verdade, como o nome já diz, ele é um inicializador, portanto é nele que você fará tudo o que precisa para iniciar um objeto novo criado a partir desta classe. nele você pode inicializar as variáveis da classe e executar alguns algoritmos (menos comum), por exemplo abrir um arquivo, chamar algo externo, etc.

Como dito na resposta linkada acima a construção é um misto de alocação e inicialização. Em tese a alocação é feita em um método chamado new, porém ele não pode ser redefinido pelo programador, o que ele faz é padrão sempre. Sempre que ele é chamado também chama o initialize() que fará a parte de inicialização.

Se não usá-lo, de que forma irá inicializar as variáveis da classe? É possível fazer no new, mas não é considerado apropriado. Se nada forma personalizado no new da sua classe o padrão é este método ser assim:

class Foo
    def self.new(*args, &blk)
        obj = allocate
        obj.initialize(*args, &blk)
        obj
    end
end
  • A grande diferença entre o self.new e o initialize é que um está no escopo de classe e o outro de instância, respectivamente – vnbrs 15/11/18 às 17:14
  • @vnbrs boa observação. Obviamente não pode chamar o initialize() sem que o objeto já exista. – Maniero 15/11/18 às 17:55

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.