0

A consulta SQL abaixo esta retornando um resultado errado para o campo valorEntrega.

SELECT
DATE(p.dt_pedido) AS  barChartLabels,
COUNT( DISTINCT p.id) AS qtdPedido,
SUM((item.quantidade * item.preco) * p.taxa_compra) AS percentualCompra,
SUM(item.quantidade * item.preco) AS valoresTotal,
SUM(p.taxa_bairro) AS valorEntregaAS valorEntrega

FROM pedido p, item_pedido item
where (p.id = item.pedido_id)
GROUP BY DATE(p.dt_pedido)

Ao invés dele simplesmente realizar a somatória do valor do Pedido.taxa_Bairro, ele esta multiplicando este pedido.taxa_Bairro pela quantidade de itens de cada pedido e depois somando estes resultados. Como fazer para que ele somente realize a somatória e não a multiplicação? Abaixo o diagrama:

inserir a descrição da imagem aqui

A idéia é que após a correção do SQL eu consiga converter-la para JPQL. Grato

  • Estive observando que mesmo apesar de não estar escrito na query, ela esta pegando o valor da taxaBairro do Pedido e multiplicando pela quantidade de itens que tem neste pedido, e o correto é não ocorrer esta multiplicação. Esta multiplicação não pode ocorrer, como fazer isso? – José Luiz Gonzaga Neto 5/11/18 às 4:47
  • Tente não colocar imagens de códigos, ao invés disso cole o código no corpo da pergunta mesmo, como no caso do JSON e do código SQL, fica mais fácil para quem for ler sua pergunta e tentar responde-la. No caso das imagens de tela tudo bem. – Pedro Gaspar 5/11/18 às 11:01
  • Você está usando MySQL? Por que está usando DISTINCT para retornar a data do pedido e o count do id? Não seria necessário para a data, se você já está agrupando por ela, e para o id também é desncessário, porque o id deveria ser único. Qual o retorno de SUM(p.taxa_bairro) se colocar só ele no SELECT? – Pedro Gaspar 5/11/18 às 11:10
  • Eu sugiro que você dê uma lida nesse artigo da ajuda do site: Como criar um exemplo Mínimo, Completo e Verificável. No seu caso, creio que só bastava postar a sua consulta SQL, porque é lá que está o problema e é lá que você quer ajuda. Quando você posta um texto muito grande assim, muito cheio de detalhes, pode ser que menos pessoas leiam ele por completo, então, se não for necessário, o melhor é tentar colocar o menos possível, o suficiente para identificar o problema. – Pedro Gaspar 5/11/18 às 11:13
  • Obrigado @PedroGaspar, vou editar a pergunta observando o artigo que vc colocou. – José Luiz Gonzaga Neto 5/11/18 às 14:18
2

Depois de conversar com o autor através dos comentários, percebi que o problema acontecia porque ao fazer uma consulta com full join (Retrieving Records from Multiple Tables | MySQL SQL Syntax and Use | InformIT), o número de registros percorridos era o número de registros da tabela item_pedido (14 registros).

No exemplo dele o retorno da tabela pedido, para pedidos feitos na data 01/11/2018, trazia 2 registros:

+-----+---------------------+-------------+-------------+
| id  |      dt_pedido      | taxa_bairro | taxa_compra |
+-----+---------------------+-------------+-------------+
| 227 | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |
| 228 | 2018-11-01 03:39:09 |        1.00 |        0.10 |
+-----+---------------------+-------------+-------------+

E o retorno da tabela item_pedido, para os itens relacionados àqueles 2 pedidos, trazia 14 registros:

+-----------+-------+------------+
| pedido_id | preco | quantidade |
+-----------+-------+------------+
|       227 | 35.00 |       1.00 |
|       227 | 25.21 |       1.00 |
|       227 | 16.10 |       1.00 |
|       227 | 23.10 |       3.00 |
|       227 |  2.00 |       2.00 |
|       227 |  6.00 |       2.00 |
|       227 |  1.00 |       2.00 |
|       227 | 33.55 |       2.00 |
|       227 | 21.22 |       1.00 |
+-----------+-------+------------+
|       228 | 20.12 |       2.00 |
|       228 | 11.10 |       2.00 |
|       228 | 21.22 |       2.00 |
|       228 | 13.22 |       1.00 |
|       228 | 25.21 |       3.00 |
+-----------+-------+------------+

Então, após o full join das duas tabelas:

FROM pedido p, item_pedido item
WHERE p.id = item.pedido_id

O retorno seria uma junção dos dois resultados, ou seja, 14 registros:

+-------+---------------------+-------------+-------------+-----------+-------+------------+
|  id   |      dt_pedido      | taxa_bairro | taxa_compra | pedido_id | preco | quantidade |
+-------+---------------------+-------------+-------------+-----------+-------+------------+
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 | 35.00 |       1.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 | 25.21 |       1.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 | 16.10 |       1.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 | 23.10 |       3.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 |  2.00 |       2.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 |  6.00 |       2.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 |  1.00 |       2.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 | 33.55 |       2.00 |
| 227   | 2018-11-01 03:26:19 |        1.00 |        0.10 |       227 | 21.22 |       1.00 |
+-------+---------------------+-------------+-------------+-----------+-------+------------+
| 228   | 2018-11-01 03:39:09 |        1.00 |        0.10 |       228 | 20.12 |       2.00 |
| 228   | 2018-11-01 03:39:09 |        1.00 |        0.10 |       228 | 11.10 |       2.00 |
| 228   | 2018-11-01 03:39:09 |        1.00 |        0.10 |       228 | 21.22 |       2.00 |
| 228   | 2018-11-01 03:39:09 |        1.00 |        0.10 |       228 | 13.22 |       1.00 |
| 228   | 2018-11-01 03:39:09 |        1.00 |        0.10 |       228 | 25.21 |       3.00 |
+-------+---------------------+-------------+-------------+-----------+-------+------------+

Por isso o retorno do campo SUM(p.taxa_bairro) era '14.00', ao invés do valor '2.00' esperado pelo autor.

Para resolver isso, pode-se colocar a somatória dos valores dos itens do pedido em uma subquery, dessa forma:

SELECT
  DATE(p.dt_pedido) AS barChartLabels,
  COUNT(p.id) AS qtdPedido,
  SUM(itens.valorTotalPedido * p.taxa_compra) AS percentualCompra,
  itens.valorTotalPedido AS valoresTotal,
  (SUM(itens.valorTotalPedido * p.taxa_compra) + SUM(p.taxa_bairro)) AS valorEntrega
FROM pedido AS p
   INNER JOIN
     (SELECT pedido_id, SUM(quantidade * preco) AS valorTotalPedido
      FROM item_pedido
      GROUP BY pedido_id
     ) AS itens
   ON itens.pedido_id = p.id
GROUP BY DATE(p.dt_pedido)

Confira o resultado no SQL Fiddle.

  • Ola Pedro, o problema que relatei realmente é este, descrito por vc. Porém o código esta dando um erro "Error Code: 1054. Unknown column 'p.id' in 'where clause" , já tentei alterando o alias 'p' para o nome da tabela, porém o erro continua. Estou utilizando o MySQL. – José Luiz Gonzaga Neto 5/11/18 às 16:48
  • @JoséLuizGonzagaNeto, alterei para FROM pedido p INNER JOIN (SELECT ..., veja se agora funciona. – Pedro Gaspar 5/11/18 às 16:55
  • Não Pedro, continua a mesma falha, também estou tentando por aqui. Sua linha de raciocínio esta perfeita, só tenho que identificar o que na sintaxe devo adequar. – José Luiz Gonzaga Neto 5/11/18 às 17:02
  • Fiz uma nova edição na resposta, veja se agora ficou OK. – Pedro Gaspar 5/11/18 às 17:13
  • @JoséLuizGonzagaNeto, agora está funcionando, coloquei inclusive um link para o SQL Fiddle, dê uma olhada e diga se ficou OK aí para você também. – Pedro Gaspar 5/11/18 às 18:41

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.