0

Boa tarde, Estou atualmente fazendo um curso e estou na matéria de rotas no curso de laravel, estou acompanhando as aulas perfeitamente. Fiz as instalações de todos os requisitos que estão na aula, como xampp, npm, composer etc. Fiz o meu primeiro projeto local normalmente, fiz igualmente nas vídeos aulas, e tudo funcionou perfeitamente.

Porém, eu trabalho com Github durante as minhas aulas, pelo fato de futuramente consultar meus códigos facilmente e pela organização. A questão é o seguinte, quando eu envio o projeto para o Git, e faço o git clone novamente em outro terminal, eu verifiquei que o arquivo .env não está vindo novamente, isso se deve pelo fato do arquivo .gitignore ignorar o mesmo.

A dúvida é, essa é a forma correta de se versionar um projeto em laravel usando git? Ignorando o .env e caso eu venha precisar trabalhar novamente no projeto, criar um arquivo .env se baseando no .env.example e preenchendo as chaves?

Detalhe, como eu faço esse processo de criar um arquivo .env baseado no .env.examples? Alguém poderia me ajudar?

1

A dúvida é, essa é a forma correta de se versionar um projeto em laravel usando git? Ignorando o .env e caso eu venha precisar trabalhar novamente no projeto, criar um arquivo .env se baseando no .env.example e preenchendo as chaves?

Sim, é o correto. O arquivo .env no Laravel tem como objetivo definir configurações locais, para seu ambiente de desenvolvimento.

É muito comum você não adicionar ao repositório arquivos que tenham a ver com definições de uma máquina local ou arquivos de dependência externa do projeto.

Quando o arquivo .env não está presente, o laravel usará as configurações presentes em config.

Pra você entender melhor, o Laravel verifica se o arquivo .env existe. Se existe, na chamada da função env('VALOR', 'valor em produção'), o Laravel pegará o valor da chave VALOR presente do seu .env. Se não existir, ele usará o parâmetro "valor em produção".

O .gitignore deve ser usado no .env sim.

Para você ter uma ideia, eu já tive que trabalhar aqui na empresa com mais dois programadores comigo. Cada um tinha um banco de dados com definições diferentes, senhas diferentes. Quando cometíamos o erro de deixar o .env no repositório GIT, toda vez que uma atualização era enviada, os dados do .env eram sobrescritos e o programador que recebeu as atualizações tinha o retrabalho de atualizar o arquivo com as configurações certas.

Então, é correto que o .env seja ignorado.

Detalhe, como eu faço esse processo de criar um arquivo .env baseado no .env.examples? Alguém poderia me ajudar?

Eu não sei se entendi muito bem a pergunta. É só você copiar o arquivo .env.example e salvá-lo como .env na sua máquina.

O trabalho de configurá-lo será uma vez só, se você ignorá-lo no GIT através do .gitignore

Adendo

Para se ter uma ideia do que falei sobre certos arquivos que devem ser ignorados, eu costumo ignorar arquivos como projeto.sublime-project, uma vez que é um arquivo de configuração do Sublime Text, e o outro programador que vai me ajudar no desenvolvimento pode usar o Visual Studio Code, por exemplo.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.