4

Estou um pouco confuso com o papel do atributo names() em diferentes objetos.

Além do uso normal, em data.frames, vejo nos exemplos do help(names) que também podem ser usados para vetores (tanto numéricos como string) e listas. Mas para matrizes names(M) retorna NULL. Veja estes exemplos:

# vetor numérico
names(islands)
islands

#vertor textual
a <- c("a","b")
names(a) <- c("Na","Nb")
a

#listas
z <- list(a = 1, b = "c", c = 1:3)
names(z)

#data.frames
x <-  data.frame(V1=c(1,2,3),V2=c(3,2,1))
names(x)
x

#matrizes:
y <- as.matrix(x)
names(y)
y

Factors também podem ter nomes? Porque só matrizes não tem "names"? colnames() e rownames() são atributos diferentes de names()?

3

Matrizes podem ter names também. Quase tudo pode ter names no R. A forma mais simples de pensar nestas questões é a seguinte: o names se refere ao nome do elemento do objeto. E rownames e colnames são nomes das dimensões do objeto.

Vetores, matrizes e arrays

Por exemplo, em um vetor, o names atribui um nome a cada elemento do vetor.

x <- 1:10
names(x) <- paste0("elemento", 1:10)
x
 elemento1  elemento2  elemento3  elemento4  elemento5  elemento6  elemento7  elemento8 
         1          2          3          4          5          6          7          8 
 elemento9 elemento10 
         9         10 

E agora você pode usar o nome para selecionar o elemento:

x["elemento1"]
elemento1 
        1 

Uma matriz (ou um array) nada mais é do que um vetor com mais um atributo: dimensões. Vamos transformar o vetor x acima em uma matriz 2 x 5. Agora você pode nomear todos os elementos da matriz com names, bem como nomear as dimensões, isto é, linhas e colunas, utilizando rownames e colnames respectivamente:

dim(x) <- c(2, 5)
names(x) <- paste0("elemento", 1:10)
rownames(x) <- paste0("linha", 1:2)
colnames(x) <- paste0("coluna", 1:5)
x
       coluna1 coluna2 coluna3 coluna4 coluna5
linha1       1       3       5       7       9
linha2       2       4       6       8      10
attr(,"names")
 [1] "elemento1"  "elemento2"  "elemento3"  "elemento4"  "elemento5"  "elemento6" 
 [7] "elemento7"  "elemento8"  "elemento9"  "elemento10"

Veja que agora você pode fazer subset com os nomes tanto dos elementos quanto das dimensões:

x["elemento10"]
elemento10 
        10 
x[,"coluna5"]
linha1 linha2 
     9     10 

Matrizes têm somente duas dimensões. Para mais de duas dimensões temos o array. Vamos transformas a matriz anterior em um array 2 X 5 x 1. Com o array você pode continuar utilizando rownames e colnames para nomear a primeira e a segunda dimensão. Para nomear a terceira dimensão, você vai utilizar dimnames:

dim(x) <- c(2, 5, 1)
names(x) <- paste0("elemento", 1:10)
rownames(x) <- paste0("linha", 1:2)
colnames(x) <- paste0("coluna", 1:5)
dimnames(x)[[3]] <- "terceira dimensão"
x
, , terceira dimensão

       coluna1 coluna2 coluna3 coluna4 coluna5
linha1       1       3       5       7       9
linha2       2       4       6       8      10

attr(,"names")
 [1] "elemento1"  "elemento2"  "elemento3"  "elemento4"  "elemento5"  "elemento6"  "elemento7"  "elemento8" 
 [9] "elemento9"  "elemento10"

O dimanames é a função primitiva para dimensões. Então obviamente você poderia nomear tanto as linhas e colunas também com dimnames.

# Nomeando linhas e colunas usando dimnames
dimnames(x)[[1]] <- paste0("linha", 1:2)
dimnames(x)[[2]] <- paste0("coluna", 1:5)

Listas e data.frames

Se você criar a lista z <- list(a = 1, b = "c", c = 1:3), note que os elementos dela tem os nomes a, b e c, e é isso que o names retorna.

names(z)
[1] "a" "b" "c"

O data.frame é uma lista também, com um atributo row.names e com a restrição de que todos os elementos têm de ter o mesmo tamanho. Vamos transformar z em um data.frame:

z <- as.data.frame(z)
  a b c
1 1 c 1
2 1 c 2
3 1 c 3

Agora fica claro porque no data.frame o names é igual ao colnames. Isso ocorre porque o data.frame nada mais é do que uma lista e as colunas são os elementos da lista.

Por fim, fatores são vetores, e podem ter names normalmente.

2

A sua pergunta está relacionada a estruturas de dados.

Veja o livro do Hadley: http://adv-r.had.co.nz/Data-structures.html

names é um tipo de atributo (que são os metadados no R), que serve para dar nomes a elementos de um vetor. Assim, você pode atribuir nomes usando names, tanto para vetores atômicos (construídos geralmente com c()) quanto para listas (construídos geralmente com list()). Assim, um objeto com classe data.frame é uma lista, que por sua vez é um vetor, então pode receber o atributo names.

Matrizes, no entanto, são um caso especial de arrays. Um array (constuído geralmente com array()) é um vetor que possui o atributo dim.

Assim, é possível atribuir nomes a um array ou matrix, mas isso significa atribuir um nome a cada elemento, e não às colunas ou linhas. Por exemplo:

x <- matrix(c(1,2,3,4,5,6), nrow=2)
attributes(x)
names(x) <- c('a', 'b', 'c') # atribui nomes aos três primeiros elementos do array
attributes(x)
colnames(x) <- c('a', 'b', 'c') # atribui nomes das colunas do array (dimensão 2)
attributes(x)

dim(x) <- NULL # transforma a matriz em vetor atômico (os nomes são dropados)
names(x) <- c('a', 'b', 'c') # atribui nomes aos três primeiros elementos do vetor
attributes(x)

Apesar de ser possível atribuir names a cada um dos elementos de um array, isso pode não ser útil, e por isso que existem as generalizações rownames e colnames.

Acho que agora dá para responder suas perguntas.

  • Um factor é um vetor de números inteiros com os atributos class e levels. Logo, como é um vetor, pode ter nomes sim. Veja por exemplo x <- factor(c(a='A',b='B',c='C'))
  • Matrizes não nascem com names provavelmente porquê é inútil nomear cada elemento do vetor. Pode notar que a criação de uma matriz a partir de um vetor nomeado, por exemplo: matrix(c(a=1,b=2,c=3,d=4,e=5,f=5), nrow=2) joga fora o atributo names. No entanto, matrizes podem receber names sim.
  • colnames e rownames são de fato atributos diferentes de names, e fazem parte da lista dimnames.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.