3

Formula a questão foi um pouco difícil, mas tentarei ser o mais explícito possível usando um exemplo para expor a questão.

Existem os seguintes dados na minha tabela:

inserir a descrição da imagem aqui

O objectivo é executar uma consulta sql (o SGBD utilizado é o MySQL) no intervalo de data entre 2014-09-01 até 2014-09-10 e ter o resultado seguinte:

inserir a descrição da imagem aqui

O que já tenho:

Para ser sincero ando meio sem ideia de como fazer isso, até ao momento resolvo isso no controle da minha aplicação, um algoritimo como:

  1. Selecionar os dados na BD, por meio de um between das datas desejadas e guardar numa lista;
  2. Para cada dia (ou hora) existente no intervalo da data desejada, guardar em uma variável auxiliar(uma instância de Calendar em Java);
  3. Verificar se Na lista obtida no ponto 1 existe um elemento com esta data, caso não haver, adiciono um elemento na lista resultante com esta data, mas zero no campo da quantidade;

Existe alguma forma de fazer isso já na consulta em sql? A forma como faço agora não é a mais eficiente.

  • 1
    Cold, você pode criar uma tabela com os períodos (só com datas), e fazer um left join com a tabela que você já usa. – Wakim 25/09/14 às 12:25
  • @Wakim se trabalhar com largos intervalos de datas, terei de ter em paralelo uma tabela enorme só para guardar datas? – Cold 25/09/14 às 12:32
  • Você só precisa de um registro por dia. No pior caso, 3650 linhas para 10 anos. Terá que analisar se o ganho de performance vale a pena, podendo até utilizar um índice. – Wakim 25/09/14 às 12:35
  • Eh... mais estariamos a considerar apenas dias, a minha realizadade são dados estatísticos de com uma precisão considerável : de 10 em 10 segundos. Uma query, a meu ver seia muito mais eficiente, consumiriamos apenas recursos quando necessário e não ocupar memoria física de forma permanente e ter que "joinar" sempre. Porém, se não surgir outra possibilidade, vou pensar em usar algo do género. Obrigado @Wakim – Cold 25/09/14 às 13:08
3

Você pode usar um gerador de datas para não precisar de tabelas intermediárias:

SELECT
   DATE_ADD( '2014-01-01', INTERVAL d1+d2*10+d3*100 DAY ) AS diaDoAno
FROM
   ( SELECT 0 AS d1 UNION SELECT 1 UNION SELECT 2 UNION SELECT 3 UNION SELECT 4
     UNION SELECT 5 UNION SELECT 6 UNION SELECT 7 UNION SELECT 8 UNION SELECT 9 ) t1,
   ( SELECT 0 AS d2 UNION SELECT 1 UNION SELECT 2 UNION SELECT 3 UNION SELECT 4
     UNION SELECT 5 UNION SELECT 6 UNION SELECT 7 UNION SELECT 8 UNION SELECT 9 ) t2,
   ( SELECT 0 AS d3 UNION SELECT 1 UNION SELECT 2 UNION SELECT 3 ) t3
WHERE
   YEAR( DATE_ADD( '2014-01-01', INTERVAL d1+d2*10+d3*100 DAY ) ) = 2014

A query fica aparentemente grande, mas a performance é excelente.

Funcionamento:

  1. Cada subquery gera os números de 0 a 9, exceto a última, que gera números de 0 a 3;
  2. a fórmula d1+d2*10+d3*100 transforma as saídas das 3 subqueries em um número de 0 a 399
  3. com DATE_ADD( '2014-01-01', INTERVAL d1+d2*10+d3*100 DAY ) transformamos este número em uma data.
  4. Para limitar aos dias do ano em questão, usamos a mesma fórmula que gera a data, para assegurar que não passemos do intervalo de um ano (lembrando que o número de dias varia nos anos bissextos).


Como usar:

Conforme descrito em outras respostas, basta usar um JOIN com a tabela desejada.

SELECT
   DATE_ADD( '2014-01-01', INTERVAL d1+d2*10+d3*100 DAY ) AS dia_do_ano.
   contador,
   quantidade
FROM
   ( SELECT 0 AS d1 UNION SELECT 1 UNION SELECT 2 UNION SELECT 3 UNION SELECT 4
     UNION SELECT 5 UNION SELECT 6 UNION SELECT 7 UNION SELECT 8 UNION SELECT 9 ) t1,
   ( SELECT 0 AS d2 UNION SELECT 1 UNION SELECT 2 UNION SELECT 3 UNION SELECT 4
     UNION SELECT 5 UNION SELECT 6 UNION SELECT 7 UNION SELECT 8 UNION SELECT 9 ) t2,
   ( SELECT 0 AS d3 UNION SELECT 1 UNION SELECT 2 UNION SELECT 3 ) t3
LEFT JOIN
    sua_tabela ON dia_do_ano = data_tempo
WHERE
    YEAR( DATE_ADD( '2014-01-01', INTERVAL d1+d2*10+d3*100 DAY ) ) = 2014
1

Cold. Como o Wakin sugeriu e conforme eu estava escrevendo.

Faça uma tabela de datas, e à partir disto um LEFT JOIN com sua tabela.

Seguem dois links com sugestões para criação desta tabela:

Gerar Tabela Datas 1

Gerar Tabela Datas 2

Para os valores null, basta adicionar no seu COUNT a verificação IFNULL() e seu problema estará solucionado.

  • Obrigado @Fernando A.W. pela resposta/sugestão, porém, assim como falei ao wakin, eu teria de ter uma tabela(pelo semelhante a dimensão tempo num D.W) o que se calhar já não seria assim tão eficiente. Se não existir de facto outra forma de o fazer, vou considerar esta via. – Cold 25/09/14 às 13:24
  • Entendi, depende muito da sua arquitetura e necessidade. Mas se for uma tabela indexada e tudo mais, não seriam muitos registros para vincular, claro, vai depender muito do intervalo que você estaria buscando. Mas em paralelo a isto, você pode usar hints de performance para ajudar, segue um exemplo Hint Performance. Fica como dica também. Mas creio que seja uma boa solução. – Fernando A.W. 25/09/14 às 14:08
1

Você pode criar uma PROCEDURE criando uma tabela temporária antes de executar a consulta, por exemplo:

DELIMITER //
CREATE PROCEDURE TempDateTable(data_ini DATE, data_fim DATE)

BEGIN
    DECLARE v_curdate DATE;
    SET @v_curdate = data_ini;
    START TRANSACTION;
    DROP TABLE IF EXISTS tempdatetable;

    CREATE TEMPORARY TABLE tempdatetable  (
        data_tempo DATE NOT NULL PRIMARY KEY
    );

  WHILE @v_curdate <= data_fim DO
    INSERT INTO `TempDateTable`(`data_tempo`) VALUES (@v_curdate);
    SET @v_curdate = ADDDATE(@v_curdate, INTERVAL 1 DAY);
  END WHILE;
  COMMIT;
END//
DELIMITER ;

Dados

--------------------------------------
| data_tempo | contador | quantidade |
--------------------------------------
| 2014-09-01 | CDR_SUC  | 256        |
| 2014-09-04 | CDR_SUC  | 258        |
| 2014-09-05 | CDR_SUC  | 195        |
| 2014-09-06 | CDR_SUC  | 100        |
| 2014-09-10 | CDR_SUC  | 317        |
--------------------------------------

Executando Procedure

CALL `databasetest`.`TempDateTable`('2014-09-01', '2014-09-10');

Realizando a consulta

SELECT tmp.data_tempo, test.contador, IFNULL(test.quantidade,0) 
FROM tempdatetable as tmp 
    LEFT JOIN  testedados as  test ON DATE(test.data_tempo) = DATE(tmp.data_tempo);

Resultado:

--------------------------------------
| data_tempo | contador | quantidade |
--------------------------------------
| 2014-09-01 | CDR_SUC  | 256        |
| 2014-09-02 | NULL     | 0          |
| 2014-09-03 | NULL     | 0          |
| 2014-09-04 | CDR_SUC  | 258        |
| 2014-09-05 | CDR_SUC  | 195        |
| 2014-09-06 | CDR_SUC  | 100        |
| 2014-09-07 | NULL     | 0          |
| 2014-09-08 | NULL     | 0          |
| 2014-09-09 | NULL     | 0          |
| 2014-09-10 | CDR_SUC  | 317        |
--------------------------------------
  • Obrigado @KaduAmaral pela resposta, mas acredito que, assim como comentei com Fernando A.W. na resposta dele, eu estaria a criar sempre uma dimensão de tempo (como num D.W.). E o mais incviavél para min seria ter uma dimensão auxiliar, ou seja, que é sempre criada quando for feita uma consulta. Para cada consulta eu tenho uma tabela criada com o tempo (em ordem de 10 segundos) com uns tantos registos... – Cold 25/09/14 às 14:41
  • E se não me engano o resultado aí é meio diferente do meu neh amigão... kkkkk. Só pra notar que os contadores podem diversificar. – Cold 25/09/14 às 14:43
  • A diferença que tu fala é o campo contador? Mas está tranquilo, se existe uma outra maneira de fazer isso, está além dos meus conhecimentos com SQL. Ou seja, que eu saiba só em algorítimo mesmo. – KaduAmaral 25/09/14 às 14:48
  • Pois é @KaduAmaral, porém já tenho esta opção como backup :D. – Cold 25/09/14 às 14:51

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.