5

Quais as consequências de Sair / Encerrar de um sistema sem fechar as tabelas do banco de dados? Isso prejudica em alguma coisa no banco de dados?

Eu devo ou não fechar as tabelas do sistema?

procedure TfrmTelaPrincipal.EncerraSistema;
begin
  Beep;
  if Application.MessageBox('Deseja Realmente Encerrar o Sistema?','Pergunta',
                        MB_YESNO+MB_ICONQUESTION+MB_DEFBUTTON2) <> IDNO then
  begin
    ReciclarLixoDeSistema;
    DMGeral.tbParametros.Edit;
    DMGeral.tbParametrosNUMERO_ESTACOES_LOGADAS.AsInteger := DMGeral.tbParametrosNUMERO_ESTACOES_LOGADAS.AsInteger-1;
    DMGeral.tbParametros.Post;
    MinimizarClick(Self);
    frmTelaPrincipal.Close;
  end;
end;

Ps: Eu utilizo a estrutura cliente/servidor sendo que o banco de dados fica no servidor e meu componente de conexão é FireDAC

  • 2
    Esta pergunta pode ter mil respostas diferente. Depende muito da estrutura utilizada (client > server > banco ou client > banco), componentes utilizados, qual banco de dados e lógica de conexão e etc ... – Confundir 10/10/18 às 19:55
  • Realmente pode ter mais de uma consequência, não tenho todas, mas uma é que libera o registro de sessão na memória do servidor de banco de dados, se houver muitas conexões e isso não for pensado, pode estourar a memória ram do servidor. – Erick Luz 10/10/18 às 20:17
  • Eu utilizo a estrutura cliente/servidor sendo que o banco de dados fica no servidor e meu componente de conexão é FireDAC – Edu Mendonça 10/10/18 às 20:39
2

Não corrompe o banco, mas se alguma operação se manter ativa, pode deixar o banco com lock, "travado" para outras operações na mesma tabela/registro.

Esse tipo de comportamento varia de um banco de dados para outro, por isso é uma boa prática desalocar recursos, fechar conexões através de estruturas de proteção de recursos como o try finally

  • 1
    Dependendo do tipo de conexão não finalizar a tabela pode acarretar a continuidade da memoria alocada, sendo possível causar queda do sistema por exceder a disponibilidade de memoria. – Danilo Araujo 16/10/18 às 2:28
2

No atual sistema que estou trabalhando, licença do usuário final é feito através do controle transacional entre a aplicação e o banco de dados Firebird.

Ou seja, neste modelo, sabemos quantas conexões estão ativas no momento, assim a aplicação não roda se ultrapassar a quantidade de transações, é um meio barato e simples de fazer.

Então, no nosso caso, o controle transacional é muito importante.

Cada consulta que realizamos consiste em um aumento no processo do cliente lá no lado do servidor, segue...

DataSetCliente := 'SELECT NOME, CPF, FROM CLIENTES WHERE CODIGO > 2500'

Veja que agora o DataSetCliente esta carregado com os dados selecionados, porem, não fizemos um fetchall, considerando que possuímos nesta tabela 50.000 registros o banco de dados não nos entrega de imediato os 47.500 registros restantes, entregara apenas uma parcela disto.

Neste caso o processo cliente desta transação fica em standby no lado do servidor esperando ser requisitado mais dados, seja através de um Next ou Last.

Destruimos então o DataSetCliente no fim de seu uso:

DataSetCliente.Close; //Aqui ele interrompe a transação, mas não a finaliza
DataSetCliente.Free; //Agora liberamos a transação

A importância depende do modelo de conexão que esta utilizando, mas como comentado, é importantíssimo para o lado do Servidor que exista este controle.

Importante ressaltar que neste cenário, estamos utilizando DelphiXe10.2 e o componente para conexão é da Devrace, o FibPlus.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.