2

Considere a seguinte situação:

Tenho um banco de dados com duas variáveis. A primeira é uma variável com valores duplicados (ex. CPFxxx.xxx.xxx-xx aparece 14 vezes, CPFxxx.xxx.xxx-xx aparece 18 vezes e assim por diante). A segunda variável são as datas de ocorrência do evento (ex. 2017-01-18, 2017-01-19...) associada a cada CPF.

Uso a função a seguir para remover os casos duplicados:

new<-dataset[!duplicated(dataset[c("CPFs")]),]

E consigo remover as linhas duplicadas.

Meu objetivo: remover as duplicações em CPFs, mas, na outra variável (data), fazer com que as mais recentes (ou as mais antigas) permaneçam atreladas ao CPF. Isto é, preciso estabelecer uma ordenação no momento da execução da função.

Assim, se tenho as datas (2018-01-20; 2017-02-22) atreladas a um CPF, a data atrelada a ele seria: 2017-02-22.

dput fictício para auxíliar a resposta:

dataset=structure(list(CPFs = c(1234, 2345, 1234, 2345, 1234, 2345, 1234, 
2345), date = c(1998, 1997, 1993, 1992, 1998, 1998, 1992, 1989
)), class = "data.frame", row.names = c(NA, -8L))

Resultado desejado:

CPF  date
1234 1992
2345 1989
3

Uma forma de simples de resolver é utilizando o pacote dplyr, do tidyverse:

  new_dataset <- dataset %>% 
    arrange(date) %>% 
    distinct(CPFs, .keep_all = TRUE)

Preste atenção que é necessário que as datas estejam formatadas como Date, e não como string, do contrário a classificação pode não funcionar adequadamente.

Caso queira selecionar a observação mais recente, basta utilizar arrange(desc(date)), ou seja, classificando de forma descendente.

  • De fato, a função arrange do dplyr resolve. Grato, @Davi. – neves 10/10/18 às 22:13

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.