0

Irei desenvolver uma aplicação com Django em que será necessário consultar dados em um banco de dados que é alimentado por um ERP (desktop).

Esse ERP gera algumas tabelas de movimentação adicionando ao final do nome da tabela o mês e o ano, como uma espécie de particionamento, exemplo: financeiro0718, financeiro0818, financeiro0918, etc.

Essas tabelas possuem a mesma estrutura de colunas e tipos de dados, a diferença é apenas o nome. Minha intenção é de ter apenas um model mapeando essas tabelas para não ficar com uma quantidade enorme de classes com código repetido no meu projeto.

Como posso realizar o mapeamento dessas tabelas no Django de uma forma que eu possa ter um model Financeiro e o ORM poder consultar os dados nas tabelas correspondentes?

  • Creio que isto aqui poderá te ajudar: docs.djangoproject.com/en/2.0/topics/db/sql – Giovanni Nunes 2/10/18 às 12:01
  • Então @GiovanniNunes, até conhecia o método raw, é que minha ideia era deixar o ORM gerar o SQL, principalmente porque a aplicação poderá ser utilizada com Oracle ou MSSQL. – Camilo Santos 2/10/18 às 12:29
  • Achei que você apenas consumiria as tabelas, sem possibilidade de mexer na estrutura. – Giovanni Nunes 3/10/18 às 18:10
  • É isso mesmo @GiovanniNunes, em muitos casos a sintaxe do SELECT é diferente de um SGDB para outro, por isso minha intenção é usar o ORM. – Camilo Santos 3/10/18 às 18:38
2

Você pode explícitar o nome da tabela no banco SQL preenchendo o campo db_table nos metadados de um model. Numa declaração convencional, os metadados ficam ficam dentro da classe aninhada com o nome "Meta" -

Então uma forma de criar vários modelos dinâmicamente, cada um apontando para uma tabela, é criar esses modelos dinâmicamente com chamadas a type, mudando os dados necessários - você pode armazenar esses modelos num dicionário, e assim poderá ter acesso aos mesmos em runtime.

Se isso for feito em código top level - isso é, executado quando o arquivio models.py for carregado, é quase certo que vai funcionar. Talvez funcione de forma lazy, com os models sendo criados dinamicamente a medida que forem necessários também - mas pode ser que não, se o Django executar alguma ação do ORM na hora que carrega as tabelas.

from django.db import model

class BaseFinanceiro(models.Model):
     # declare os campos normalmente
     class Meta:
          abstract = True

tabelas_extras = "financeiro0718 financeiro0818 financeiro0918 ...".split()
# acima, é só uma forma com menos digitação de criar uma lista

modelos = {}
for nome in tabelas_extras:
     meta = type('Meta', (), {'db_table': nome})
     modelos[nome] = type(nome, (BaseFinanceiro,), {'Meta': meta})

Claro que só usei o "nome" como string por que foi o exemplo que você deu - o acesso pode ficar ainda mais direto se você usar como chaves de cionário em "modelos" um par de valores "mes, ano" (fica uma tupla em Python: modelos[9, 18] - ou mesmo um objeto datetime.date) - mas aí, claro, depende de como você vai acessar esses modelos no restante do código.

  • precisei definir a BaseFinanceiro como classe abstrata e o atributo __module__ porque gerou um KeyError no meu teste. Num geral funcionou como você sugeriu, já me deu uma luz aqui. Muito obrigado! – Camilo Santos 3/10/18 às 2:09
  • Legal- vi que você tinha sugerido uma edição - como mudava o código, outros moderadores do S.O. não tinham aprovado - arrumei agora. – jsbueno 3/10/18 às 13:21

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.