3

Como aplicar internacionalização em um app Android? Na página de publicação do app no play store, existe uma aba sobre traduções, só ela o suficiente? Como aplicar? Ou existe outra forma? Estou em dúvida pois sou iniciante na área.

14

Não, não é apenas dessa forma que se faz i18n em um aplicativo Android. Essa forma é apenas em relação a lingua em que seu app é mostrado na Google Play, não afeta como os textos do seu app irá variar para cada linguagem.

Você pode internacionalizar os elementos que descrevem seu app no Google Play, e eles são:

  1. Textos que aparecem no Store Listing (Listagem de loja), isso é, o título do app, a descrição completa e a descrição curta.
  2. Os Graphic Assets são: Screenshots (Telefone ou Tablet's de 7 e 10 polegadas), o Ícone em alta resolução e o Feature Graphic. Você pode mostrar imagens diferenciadas para cada língua.
  3. Descrição da atualização do seu app (que é mostrada sempre que você atualiza o apk).

Nessas três categorias você define elementos (textos, imagens, vídeos) em cada uma das linguagens que você definir que seu app poderá ser exibido no Google Play.

Esse seria um exemplo de como é definido as linguagens em que os elementos que descrevem seu app será apresentado na Google Play:

Apresentação das linguagens do Google Play

Introdução rápida aos resources

Como deve saber, todo aplicativo Android possui recursos (s).

Os recursos de um aplicativo Android são arquivos, que ficam hierarquicamente a partir do caminho /res/. E podem ser de vários tipos:

  1. Arquivos de layouts em geral (seja de uma Activity, um Fragment ou item de um ListView). Eles ficam na pasta /res/layout;
  2. Drawables (gráficos em geral) ficam na pasta /res/drawable;
  3. Animações: Os arquivos de animações ficam na pasta /res/anim;
  4. Valores em geral ficam na pasta /res/values, neles são colocados qualquer recurso que possa ser usado na aplicação (Strings, Integers, Dimensions, Styles, Colors, Attributes).

Existem muitos outros, não vou me extender muito para não desviar do assunto principal. Para mais detalhes dê uma olhada na documentação sobre Resources.

E esses recursos podem ser "qualificados" para determinadas propriedades do dispositivo onde irá rodar, eles não são obrigatórios. As propriedades mais comuns são:

  1. Densidade de tela: ldpi, mdpi, hdpi, xhdpi e entre outras.
  2. Orientação: land (para landscape), port (para portrait).
  3. Tamanho de tela: sw600dp, w600dp, sw720dp, w720p e muitas outras.
  4. Versões de API: vN, onde N é qualquer do Android (1, 2, 3 e etc...)
  5. Linguagem: Como o próprio nome diz, ele qualifica um determinado recurso para uma determinada linguagem.
  6. Região: Análogo que a linguagem, mas para um determinado país.

Um exemplo seria: /res/drawable-ldpi, /res/drawable-mdpi, /res/values-pt.

Existe a precedência dos qualificadores, onde o locale tem a maior precedência entre os demais.

Esse aqui é um exemplo da organização de recursos e códigos de um app Android, é claro que pode variar dependendo de vários fatores:

exemplo da organização de recursos e códigos de um app Android

Internacionalização

Para começar a internacionalizar, o correto é nunca ter Strings Hardcoded, nem em Layouts e nem em código, e sim dentro de um resource de String. Esse é um dos itens do check-list de localização.

Aliando a recuperação de String de resources e os qualificadores de linguagem é que é possível internacionalizar um app.

Um resource de String (por exemplo: /res/values/strings.xml) é dessa forma:

<?xml version="1.0" encoding="utf-8"?>
<resources>
    <string name="app_name">Nome do App</string>
    <string name="action_settings">Settings</string>
    // Demais strings
</resources>

OBS: Vale a pena reforçar que você pode dar o nome que quiser ao arquivo, como por exemplo /res/values/qualquercoisa.xml, porém existe a boa prática de dar nomes significativos. O Android não ve nomes de arquivos nas pastas (as pastas é que são importantes) quando vai compilar seus resources (é o aapt quem faz o processamento e criação do arquivo binário que é embarcado no apk).

Para recuperar uma dessas String's em um código, basta usar o Context:

String appName = context.getString(R.string.app_name);

O Context pode ser uma Activity, Application, Service, BroadcastReceiver entre outros...

Para usar uma dessas String's em outro resource, basta usar uma referência:

<TextView
    android:id="@+id/text_view"
    android:layout_width="wrap_content"
    android:layout_height="wrap_content"
    android:text="@string/app_name" /> <!-- Aqui você referencia a String da chave app_name.

Quando usa-se qualificadores de linguagem em um resource de values para Português e Francês seria:

- /res
    - /values
        - strings.xml
        - outros...
    - /values-pt
        - strings.xml
        - outros...
    - /values-fr
        - strings.xml
        - outros...
    - Demais resources

Nesse caso, quando seu app rodar em um dispositivo que seja de uma dessas línguas (Português ou Francês), ele irá recuperar o resource de String (strings.xml) que melhor se qualifica para a linguagem do dispositivo (/res/values-pt/strings.xml ou /res/values-fr/strings.xml). Sendo assim, recuperará a String na língua correta.

Quando não houver nenhum resource que se qualifique (alguém dos Estados Unidos por exemplo) para uma determinada chave, ele irá escolher o padrão (/values/strings.xml). Caso também não haja, ele irá gerar uma RuntimeException durante a execução.

Para mais informações, dê uma olhada em Localizing with Resources.

Além disso, o Google Play tem um serviço de tradução profissional, onde ele recebe seus resources de String e lhe devolve na língua que deseja, mas é pago.

  • 1
    Valeu @PauloHenriqueNeryOliveira, passou despercebido, mais de uma vez :/ Agradeço o toque. – Wakim 2/07/16 às 18:31
  • @wakim agora está tudo certo! se puder votar nas minhas perguntas e respostas eu agradeço desde já! – user28366 2/07/16 às 18:34
  • 1
    Resposta espetacular. – Piovezan 2/07/16 às 18:39
0

Bem, para fazer a tradução dos aplicativos, você deverá trabalhar com os arquivos de strings do seu app. Para cada linguagem desejada pode ser criado um arquivo que contenha o texto traduzido. Desta forma você poderá trabalhar com a localização em que seu app está sendo executado e utilizar o dicionário de palavras/frases mais adequado para a região. Aqui você pode conferir algumas recomendações e formas de se trabalhar com esta funcionalidade.

Quanto ao serviço de tradução que é oferecido na Google Play, você terá que enviar seu arquivo de textos e selecionar os idiomas que você quer traduzir, no entanto você terá que pagar por este serviço.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.