8

Em uma nova empreitada, preciso que uma aplicação simples permaneça funcionando caso a conexão com a internet seja perdida. Alguém pode me explicar como fazer isso?

Eu tinha pensado em usar os recursos de persistência do HTML5 em caso de perda da conexão, e de alguma forma que ainda não sei, fazer uma sincronização entre os banco de dados do server e do cliente quando a conexão for recuperada. Mas eis a questão. Como fazer isso usando Rails?

Encontrei alguns exemplos, mas são com arquivos estáticos referenciados no manifest de cache do html5... não sei se seria a mesma coisa no rails. Ainda não testei :(

Alguma ideia?

  • 4
    Esse manifest de cache é para as páginas em si (HTML/CSS/JS) continuarem funcionando se a conexão cair. Você vai precisar disso também. Quanto a um banco que continue funcionando offline, talvez o PouchDB sirva para o que você está querendo (fonte: esse comentário do Cigano Morrison Mendez numa pergunta relacionada). Nunca usei, mas parece fazer exatamente o que você quer: usar offline no browser e sincronizar ao ficar online. – mgibsonbr 20/09/14 às 17:57
  • 1
    É uma boa pergunta, na empresa onde trabalho estamos pensando nisto também, mas até agora a única alternativa encontrada foi reescrever o sistema como um aplicativo js. – Anderson Danilo 24/10/14 às 0:52
  • Achou que esse screencast do RailsCast pode te ajudar ! Link do screencast – Adriano Carvalho 28/10/14 às 19:07
6
+50

O Application Cache do HTML5 pelo que sei é bastante complexo e portanto pode ser uma dor de cabeça de implementar.

As minhas sugestões:

  • utilizar o PouchDB como já foi aqui sugerido (especialmente se usar uma base de dados NoSQL, visto que o PouchDB consegue sincronizar automaticamente).
  • Outra opção que poderá ser mais compativel entre browsers seria utilizar o localForage desenvolvido pela Mozilla que permite salvar dados offline num interface comum que usa WebSQL ou IndexedDB conforme o que está disponível.
  • voltando ao HTML5 e apesar de não estar pronto ainda (visto que a maior parte dos browser ainda não suportam), o ServiceWorker no futuro será uma solução fantástica para este problema (como pode ser visto neste video de apresentação).

Quanto à implementação do lado do servidor de Rails, para todas as soluções que sugeri o servidor apenas teria que fornecer os dados da base de dados numa página em JSON que o Javascript conseguiria aceder.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.