17

Estou criando uma API, nela uso autenticação via Token (JWT), quero que esse token tenha validade de, por exemplo, 10 minutos, e, a cada requisição, retorne um Token novo, assim o usuário terá acesso enquanto estiver ativo, se ficar desconectado por muito tempo (mais de 10 min), terá que se reautenticar

O cliente deve criar duas requisições, uma pedindo o recurso principal (uma busca de usuários, por exemplo) e outra para um novo token? Ou é melhor que o backend sempre retorne, além da busca de usuários, um novo token?

No caso da segunda opção, como enviar esse token? Passar como parte do corpo? Existe algum cabeçalho HTTP específico para isso? Há algum problema em passar o token via Cookie?

Vi o uso de um cabeçalho Token e do Authorization mas não encontrei nada oficial, apenas em blogs. Sei que o segundo é usado para passar o token do cliente para o servidor, vice-versa também?

O cabeçalho Token não aparece na MDN, nem nos não oficiais da Wikipédia (en)

O cabeçalho Authorization só aparece para requisições, ou seja, do cliente para o servidor

  • Primeiro, recomendo a leitura: O que é e para que serve JWT?. Resumindo: O cliente deve fazer uma requisição do tipo post requisitando o token(composto por cabelho.corpo.assinatura), a resposta dessa requisição deve ser adicionado um hearder Baerer com o token Jwt. Você deve ter algum mecanismo no back-end para validar se o token é válido nas próximas requets – Marconi 17/09/18 às 21:22
  • 2
  • @Marconi a dúvida não é como funciona o JWT ou como implementa-lo, a dúvida é qual a forma mais recomendada de enviar ele do servidor para o cliente, ou seja, a criação e validação já está pronta e funcionando. Nenhum dos links fala sobre isso, apenas como implementar e como enviar do cliente para o servidor (o que já sei) – Costamilam 17/09/18 às 22:22
  • Mano segue um tutorial detalhado de como fazer , parte 1 imasters.com.br/front-end/… parte 2 imasters.com.br/back-end/… – Daniel Medeiros 25/09/18 às 2:45
  • Olá amigo, acredito que o que você está procurando seja algo relacionado a refresh tokens e sliding-sessions (sessões que expiram em determinado tempo de inatividade), de uma olhada nesse artigo, ele fala sobre isso. – MSLacerda 1/10/18 às 14:14
8
+50

O ideal é ter um recurso que faça a autenticação do cliente e retone um token para ele.

Quanto ao cabeçalho Token eu não o conheço e também não achei referências a eles, muito provavelmente é um cabeçalho personalizado, normalmente vejo este termo associado ao esquema do token como se fosse um esquema mais genérico, outros termos para o esquema são Bearer e Basic só que estes dois especificam o tipo do token.

Quanto ao cabeçalho Authorization ele é usado apenas para passar o token do cliente para o servidor.

Agora, por que é melhor ter um recurso que faça uma autenticação do cliete e retorne um token do que a propria API entregar um token para o cliente quando o token dele expirar? Vejamos em dois cenários:

No primeiro cenário um cliente A se autentica e recebe um token X. Este token X é capturado por um cliente B que o utiliza para fazer requisições. Após 10 minutos o token espira. Quando o Cliente A fizer uma requisição para o servidor irá receber um novo token (o Token Y) e, da mesma forma, quando o Cliente B fizer uma requisição também receberá um novo token para ele (o Token Z). Logo, neste cenário, o Cliente B mesmo sem ter feito a autenticação corretamente (já que ele "roubou" o token do Cliente A) consegue um token válido para requisições para a API fornecido pela própria API.

No segundo cenário um cliente A se autentica e recebe um token X. Este token X é capturado por um cliente B que o utiliza para fazer requisições. Após 10 minutos o token espira. Quando o Cliente A fizer uma requisição para o servidor irá retornar com uma mensagem de erro e requisitar que o cliente se autentique novamete para receber um novo token (o Token Y) e, da mesma forma, o Cliente B também receberá uma mensagem requisitando que se autentique novamenete. Logo, neste cenário, o Cliente B inicialmente consegue fazer requisições para a API utilzando o token capturado do Cliente A porém quando este token expirar ele perderá o acesso a API tendo que capturar um novo token.

Considerações Finais:

  • O limite de 10 minutos para um token é justamente utilizado para obrigar o cliente a se re-autenticar sempre que o token expirar tentando garantir que o cliente ainda tem acesso a API e que um cliente não autoriazado tenha acesso a API capturando tokens de clientes autorizados.
  • O token de acesso do cliente é, quase sempre, enviado no corpo da resposta a requisição de autenticação. Isto pode parecer inseguro porém se estiver trabalhando sobre HTTPS esta informação estará cifrada.
  • 1
    O problema de um cliente roubar o token do outro pode ser resolvido guardando no banco de dados qual o próximo token válido, isso também impede que dois usuários usem a mesma conta ao mesmo tempo. Além disso, se ele conseguiu roubar uma vez o token, provavelmente ele poderá fazer de novo. Além disso pedir que o usuário se reautentifique a cada 10 min é péssimo pra UX. Além disso, para a API enviar um novo token apenas quando necessário sem uma reautentificacão do usuário seria necessário um socket, que aumentaria a complexidade do sistema desnecessariamnete, fora que se você tem ... – Costamilam 6/10/18 às 19:33
  • 1
    Uma conexão via socket você nem precisa de tokens para autenticação. O limite de 10 min é para que se a pessoa pare de usar o sistema (inatividade), ela seja desconectada. Na verdade nem seria 10 min, é pouco tempo, seria uns 30 min no mínimo – Costamilam 6/10/18 às 19:38

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.