0

Abaixo vou passar um exemplo de como eu utilizo hoje a conexão PDO para acessar meus bancos de dados. Gostaria de ver com vocês, se é uma boa pratica esta forma, ou se é recomendada uma forma mais segura e eficiente.

Por exemplo:

<?php
require "environment.php";

global $pdo;

$config = array();
$config['options'] = array(PDO::MYSQL_ATTR_INIT_COMMAND => "SET NAMES 
UTF8");

if(ENVIRONMENT == "DEVELOPTMENT"){
    $config['dbname'] = '';
    $config['host'] = '';
    $config['user'] = '';
    $config['password'] = '';
} ELSE IF(ENVIRONMENT == "PRODUCTION"){
    $config['dbname'] = '';
    $config['host'] = '';
    $config['user'] = '';
    $config['password'] = '';
}

try{
    $pdo = new PDO("mysql:dbname=".$config['dbname'].";
    host=".$config['host'], $config['user'], $config['password'], 
    $config['options']);
}catch(PDOExcepetion $e){
    echo "ERRO: ".$e->getMessage();
    exit;
}

Dai na classe eu uso assim:

<?php

class Categorias{
    public function getListaCategorias(){
        $array = array();
        global $pdo;

        $sql = $pdo->query("Select * from categorias");
        if($sql->rowCount() > 0){
            $array = $sql->fetchAll();
        }
        return $array;
    }
}
0

Resposta curta: Não é recomendado e deve ser evitado ao máximo!

Partindo do principio de testes unitários, se você utilizar essa variável global você jamais irá conseguir mockar seu objeto.

Para conseguir isso você deve usar injeção de dependência no construtor da sua classe.

Exemplo:

<?php

class Categorias{

    private $pdo;

    public function __construct($pdo) {
        $this->pdo = $pdo;
    }

    public function getListaCategorias(){
        $array = array();
        $sql = $this->pdo->query("Select * from categorias");
        if($sql->rowCount() > 0){
            $array = $sql->fetchAll();
        }
        return $array;
    }
}

Você pode ler mais sobre Mock e testes unitários nesee artigo que recomendo muito:

Testes Unitários 101: Mocks, Stubs, Spies e todas essas palavras difíceis

Recomendo a leitura princípios SOLID criado por Robert Martin para guiar seu design de classes e evitar tais decisões que podem acoplar suas classes:

SOLID Principles

Em especial leia sobre o principio do DIP: Dependency Inversion Principle:

Dependency inversion principle

  • 1
    Obrigado Leandro! Vou ler os artigos que você me indicou. – Weliton Sernajotto 14/09/18 às 18:01
  • Por favor se possível e concordar com minha resposta marque ela como a correta! Obrigado @WelitonSernajotto – Leandro Curioso 14/09/18 às 19:47

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.