1

Estou usando o comando git log --stat <commit> para obter as adições e deleções feitas em um commit.

Ex:

commit 1a1a
Author: Gabriel Hardoim
Date: 2018-08-20 20:30:40

arquivo.java    | 3 +++
arquivo.css     | 3 ---

2 files changed, 3 insertions(+), 3 deletions(-)

Até aqui tudo bem, mas em casos onde no mesmo arquivo linhas foram adicionadas e removidas ele exibe um número de alterações por arquivo maior que o número de alterações total.

Ex:

commit 1a1a
Author: Gabriel Hardoim
Date: 2018-08-20 20:30:40

arquivo.java    | 5 +----
arquivo.css     | 5 ++++-

2 files changed, 5 insertions(+), 5 deletions(-)

Em casos assim:

  • Como faço para descobrir quantas adições/deleções foram feitas em cada arquivo?
  • Existe algum comando ou flag que possa me ajudar nesse sentido?

Ps: Quando o número de alterações é muito grande, a quantidade de + e - ao lado do arquivo não deixa tão claro como nos casos de pequenas alterações.

2

Vamos entender porque parece que o git "exibe um número de alterações por arquivo maior que o número de alterações total".

Vamos supor que eu tenho um arquivo com 3 linhas:

primeira linha do arquivo
segunda linha do arquivo
terceira linha do arquivo

Vamos supor também que este é o conteúdo que está no último commit (no meu caso, só tem 1 commit):

$  git log --oneline
792eda8 primeiro commit

Em seguida eu edito o arquivo, mudando a segunda linha e adicionando uma quarta linha:

primeira linha do arquivo
mudando a segunda linha do arquivo, blablabla etc
terceira linha do arquivo
adicionar quarta linha

E faço o commit do mesmo:

$ git add arq.txt
warning: LF will be replaced by CRLF in arq.txt.

$ git commit -m "mudar arquivo"
[master d0be287] mudar arquivo
1 file changed, 2 insertions(+), 1 deletion(-)

$ git log --oneline
d0be287 mudar arquivo
792eda8 primeiro commit

Se usarmos git log para ver as alterações, teremos 2 inserções e 1 deleção:

$ git log --stat d0be287 -1
commit d0be287ddf28aa910d8fa9d002a609aa8056e357
Author: Fulano de Tal <fulano@teste.com>
Date:   2018-09-12 09:07:34

    mudar arquivo

 arq.txt | 3 ++-
 1 file changed, 2 insertions(+), 1 deletion(-)

E se usarmos git diff, podemos ver com mais detalhes as alterações:

$ git diff 792eda8 d0be287
diff --git a/arq.txt b/arq.txt
index 7e12196..757a5bd 100644
--- a/arq.txt
+++ b/arq.txt
@@ -1,3 +1,4 @@
 primeira linha do arquivo
-segunda linha do arquivo
+mudando a segunda linha do arquivo, blablabla etc
 terceira linha do arquivo
+adicionar quarta linha

No caso, estou vendo a diferença entre os commits 792eda8 e d0be287.

Agora repare como é mostrada a alteração na segunda linha. Ele mostra que o trecho segunda linha do arquivo foi "removido" (está com - na frente), dando lugar a mudando a segunda linha do arquivo, blablabla etc (que foi "adicionada", pois está com + na frente).

Por isso, embora a alteração tenha sido "editar uma linha", o git considera que foi feita uma inserção e uma deleção.

Já a quarta linha aparece como adicionada (com + na frente). Por isso o resultado são 2 inserções e 1 deleção. Pode-se ter um resumo disso com as opções --stat, --shortstat e --numstat, que mostram a mesma informação em formatos diferentes:

$ git diff 792eda8 d0be287 --stat
 arq.txt | 3 ++-
 1 file changed, 2 insertions(+), 1 deletion(-)

$ git diff 792eda8 d0be287 --shortstat
 1 file changed, 2 insertions(+), 1 deletion(-)

$ git diff 792eda8 d0be287 --numstat
2       1       arq.txt

--numstat é a opção mais "compacta", mostrando apenas os números e o nome do arquivo (no caso acima, são 2 inserções e 1 deleção), o que é um bom formato para ser lido por scripts, por exemplo.


Mas se você não quer que uma alteração na mesma linha seja contada duas vezes (como uma inserção e uma deleção) e gostaria de saber apenas se uma linha foi modificada, outra opção é usar --word-diff, que mostra as diferenças levando em conta as palavras (sendo que "palavras" são delimitadas por espaços):

$ git diff 792eda8 d0be287 --word-diff
diff --git a/arq.txt b/arq.txt
index 7e12196..757a5bd 100644
--- a/arq.txt
+++ b/arq.txt
@@ -1,3 +1,4 @@
primeira linha do arquivo
{+mudando a+} segunda linha do [-arquivo-]{+arquivo, blablabla etc+}
terceira linha do arquivo
{+adicionar quarta linha+}

Repare que agora as alterações da segunda linha são mostradas todas em uma única linha, mostrando as palavras que foram adicionadas e removidas.

Você pode ainda usar --word-diff-regex para definir uma expressão regular que define o que é uma palavra. No seu caso, você poderia usar ^.*$, que significa "zero ou mais caracteres (.*) do início (^) ao fim ($) da linha" - ou seja, toda a linha é considerada uma única palavra. O resultado é:

$ git diff 792eda8 d0be287 --word-diff-regex="^.*$"
diff --git a/arq.txt b/arq.txt
index 7e12196..757a5bd 100644
--- a/arq.txt
+++ b/arq.txt
@@ -1,3 +1,4 @@
primeira linha do arquivo
[-segunda linha do arquivo-]{+mudando a segunda linha do arquivo, blablabla etc+}
terceira linha do arquivo
{+adicionar quarta linha+}

A segunda linha continua aparecendo como se tivesse uma deleção e uma inserção, mas pelo menos a informação está toda em uma linha só. Com isso, é possível usar egrep (caso você esteja usando o bash) para contar somente estas linhas.

$ git diff 792eda8 d0be287 --word-diff-regex="^.*$" | egrep -e "^(\[-|\{\+)" -c
2

No caso, estou considerando somente as linhas que começam com [- ou {+. Como eu considero que toda a linha é uma única palavra, isso garante que qualquer linha modificada começará com algum destes caracteres. Em seguida, uso a opção -c para retornar a quantidade de linhas (no caso, 2). Se você não usar a opção -c, o retorno são as próprias linhas modificadas:

$ git diff 792eda8 d0be287 --word-diff-regex="^.*$" | egrep -e "^(\[-|\{\+)"
[-segunda linha do arquivo-]{+mudando a segunda linha do arquivo, blablabla etc+}
{+adicionar quarta linha+}

Também é possível mudar a regex do egrep para trazer as modificações separadamente:

  • egrep -e "^\[-.*-\]\{\+" - linhas que foram modificadas (começam com [- e possuem também {+)
  • egrep -e "^\[-.*-\]$" - linhas que foram removidas (começam com [- e terminam com -])
  • egrep -e "^\{\+.*\+\}" - linhas que foram adicionadas (começam com {+ e terminam com +})

Lembrando que podem haver falsos positivos (caso alguns dos delimitadores [-, {+, etc façam parte da própria linha).


Você também poderia usar git diff d0be287~ - e nesse caso d0be287~ significa "o commit anterior a d0be287" (para mais detalhes sobre esta sintaxe, veja aqui e aqui). No caso, ele verifica as diferenças entre o commit anterior a d0be287 e o seu HEAD (ou seja, o branch que você está atualmente).

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.