5

Estou fazendo uma questão do URI e na entrada eles pedem assim.

Entrada: A entrada termina em EOF. Para cada caso de teste, a primeira linha contém dois inteiros positivos C e P que representam respectivamente a quantidade de cidades (2 <= C <= 50) e a quantidade de pontes (1 <= P <= 1250). Seguem-se P linhas onde cada linha contém dois inteiros positivos X e Y (indexados a partir do 1) indicando que há uma ponte interligando as cidades X e Y.

Como seria esse EOF, minha duvida é somente essa, não busco resposta da questão? OBS: Estou fazendo em java.

  • 1
    EOF é end of file, indica o final do arquivo: pt.m.wikipedia.org/wiki/EOF - mas se vc ler o arquivo com a biblioteca padrão do Java, não precisa se preocupar com ele, basta ir lendo o arquivo até ele acabar: pt.stackoverflow.com/q/1823/112052 – hkotsubo 6/09/18 às 14:30
  • então vou ter que criar um arquivo para questão? ou da pra fazer isso dentro de um while? – Armando De Cabro 6/09/18 às 14:37
  • Não uso o uri e não sei como ele aceita as entradas (se é vc quem cria o arquivo ou se ele já tem alguns casos prontos e vc só lê). Sugiro ver no próprio site como deve ser feito – hkotsubo 6/09/18 às 14:45
  • O normal será utilizar um while com try catch para a leitura de cada uma das P linhas, fazendo break no catch. – Isac 6/09/18 às 15:02
  • crio duas variaveis para ler X e Y das P linhas? – Armando De Cabro 6/09/18 às 17:13
1

O EOF significa fim do arquivo. Como isso daí é usado num contexto onde você lê da entrada padrão, isso significa o fim do System.in.

Primeiro, vamos bolar uma classe que representa uma aresta:

public final class Aresta {
    private final int origem;
    private final int destino;

    public Aresta(int origem, int destino) {
        this.origem = origem;
        this.destino = destino;
    }

    public static Aresta parse(String s) {
        String[] array = s.split(" ");
        return new Aresta(
            Integer.parseInt(array[0].trim()),
            Integer.parseInt(array[1].trim()));
    }

    public int getOrigem() {
        return origem;
    }

    public int getDestino() {
        return destino;
    }

    @Override
    public String toString() {
        return origem + "->" + destino;
    }
}

Você pode ler todas as linhas da entrada assim (Java 10+):

    public static Stream<String> linhas(Scanner s) {
        Supplier<Optional<String>> sup = () -> {
            try {
                return Optional.of(s.nextLine());
            } catch (NoSuchElementException e) {
                return Optional.empty();
            }
        };
        return Stream.generate(sup).takeWhile(Optional::isPresent).map(Optional::get);
    }

Esse método funciona ao criar um Stream com linhas obtidas por meio do método nextLine() da classe Scanner.

Entretanto, o método nextLine() lança um NoSuchElementException quando a entrada tiver acabado, e é por isso que essa exceção é capturada e o retorno colocado dentro de um Optional.

Com o método takeWhile(Predicate), nós podemos aceitar os elementos do Stream até que o Optional vazio apareça, desconsiderando os resultados a partir desse ponto. Vez que após isso, todos os elementos Optional não serão vazios, usamos o .map(Optional::get) para desempacotar o elemento contido no Optional. O resultado é um Stream<String> contendo o conteúdo das linhas lidas.

E então, você pode obter um Stream<Aresta> assim:

    public static Stream<Aresta> arestas(Scanner s) {
        return linhas(s).map(Aresta::parse);
    }

Ainda é preciso representar o seu problema como um todo, incluindo a linha com os números C e P. Podemos criar uma classe para isso também:

public final class Problema {
    private final int numeroCidades;

    private final List<Aresta> arestas;

    public Problema(int numeroCidades, List<Aresta> arestas) {
        this.numeroCidades = numeroCidades;
        this.arestas = arestas;
    }

    public static Problema parse(Scanner s) {
        String primeiraLinha = s.nextLine();
        String[] partes = primeiraLinha.split(" ");
        int c = Integer.parseInt(partes[0].trim());
        List<Aresta> arestas = LerLinhas.arestas(s).collect(Collectors.toList());
        return new Problema(c, arestas);
    }

    public int getNumeroCidades() {
        return numeroCidades;
    }

    public List<Aresta> getArestas() {
        return arestas;
    }

    @Override
    public String toString() {
        return "{c=" + numeroCidades + ", p=" + arestas.size() + ", arestas=" + arestas + "}";
    }
}

Para testar isso:

public class LerLinhas {
    public static void main(String[] args) {
        Scanner s = new Scanner(System.in, StandardCharsets.UTF_8);
        Problema p = Problema.parse(s);
        System.out.println(p);
    }

    public static Stream<Aresta> arestas(Scanner s) {
        return linhas(s).map(Aresta::parse);
    }

    public static Stream<String> linhas(Scanner s) {
        Supplier<Optional<String>> sup = () -> {
            try {
                return Optional.of(s.nextLine());
            } catch (NoSuchElementException e) {
                return Optional.empty();
            }
        };
        return Stream.generate(sup).takeWhile(Optional::isPresent).map(Optional::get);
    }
}

Testando com essa entrada:

5 4
2 3
1 4
2 2
4 3

Eis a saída:

{c=5, p=4, arestas=[2->3, 1->4, 2->2, 4->3]}

Assim sendo, com isso você já consegue uma instância de Problema pronta para você trabalhar. Dessa forma, você pode focar nas partes mais interessantes do problema sem se preocupar com a parte de ler e interpretar a entrada dada. Note que você não precisa se preocupar com os casos onde as entradas são mal-formadas, porque o URI nunca executa o programa enviado dessa forma.

Note que nem estou me dando ao trabalho de ler o valor de P aqui. O valor dele pode ser deduzido diretamente a partir do número de linhas lidas.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.