4

Tenho essa função que converte decimal para binario, mas depois como faço a soma dos bits, ou usar o & (and)..etc ?

Usar o operador & temos de fazer a conta com 2 decimais? Ex:

25 & 25

Ou podemos fazer

11001 & 11001

A minha dúvida é como o compilador sabe que estou a trabalhar em binário? Existe algum metodo que possa colocar o numero de maneira a o compilador saber que realmente é um numero binario?

int main()
{
long long n;
printf("Enter a decimal number: ");
scanf("%lld", &n);
convertDecimalToBinary(n);
return 0;
}


void convertDecimalToBinary(long long n)
{
    int binaryNum[1000];

    int i = 0, j;
    while (n > 0) {

        binaryNum[i] = n % 2;
        n = n / 2;
        i++;
    }

    for ( j = i - 1; j >= 0; j--)
        printf("%d",binaryNum[j]);
      /* como consigo armazenar um numero binário? */

}

Definir como por exemplo: binary num=101; e assim dizia que num era uma variavel binaria.

Provavelmente não estou a conseguir exprimir a duvida de forma clara, mas tentei fazer o melhor. Procurei por aqui a ver se havia algo em binário para tirar a minha duvida, mas nao encontrei.

5

A minha dúvida é como o compilador sabe que estou a trabalhar em binário? Existe algum metodo que possa colocar o numero de maneira a o compilador saber que realmente é um numero binario?

O compilador não sabe, inclusive não há nada que indique isto no código.

O conceito mais importante que precisa ser aprendido aqui que essa ideia de decimal binário ou outra notação é algo que serve ao ser humano. Pra o computador nenhuma desta abstrações existem. No fundo tudo para ele é binário, todo o resto é uma forma para nós entendermos melhor.

Quando escrevemos em decimal no código estamos apenas usando uma representação que nos é intuitiva. No código o número é um texto, até que seja compilado. Quando você manda imprimir um número na tela ou outro local está mandando imprimir um texto que representa o que o número que ele tem na memória. A forma de organizar o número na memória já é binário.

Então o que você vê na tela não é o número, é só um texto, por isso nem o compilador, nem o computador, nada no processo sabe do que trata este texto, mas mostrado para um humano ele sabe.

Então a função não converte decimal em binário, apenas parece estar fazendo isto. Ele pega um número e ele existe por si só (na maioria das arquiteturas ele terá 64 bits para manter seu valor na memória) e ele não está em decimal como parece. Aí procede-se alguns cálculos para pegar os bits individuais (de uma forma bastante ineficiente), e o resto de cada ciclo do algoritmo resultará em um número 0 ou número 1, ou seja fez-se uma redução. Este número será armazenado provavelmente em 32 bits, ainda que só 1 bastaria.

No final ele manda imprimir cada um desses números armazenados individualmente no array. Não tem nada de binário nisso. Há uma ilusão que tem uma notação binária acontecendo, mas só uma várias caracteres (sim, são caracteres) 0 e 1 sempre impressos uns atrás dos outros.

Tenho essa função que converte decimal para binario, mas depois como faço a soma dos bits, ou usar o & (and)..etc ?

Se quer operar no número não tem que fazer nada, opere neles da forma que precisa, não precisa converter nada. Os operadores de bits operam em qualquer número porque todos eles são montados com bits.

Usar o operador & temos de fazer a conta com 2 decimais? Ex:

25 & 25

Ou podemos fazer

11001 & 11001

Você opera em números, se por acaso seu código conte está escrito com um texto usando na forma que conhecemos decimal é irrelevante. Mas se que fazer usando binário precisa usar a notação binário no texto do código. O que está fazendo aí é aplicar o operador de and no número onze mil e um com ele mesmo, o que obviamente dará ele mesmo e costuma ser desnecessário fazê-lo. Se quer a notação binário no literal escrito no código tem que ser:

0b11001

Que você conhece como 25.

Provavelmente no fim quer fazer:

int num = 0b101;

Se quer que alguém digite zeros e uns e ele entenda tem que fazer a operação inversa, tem que validar se é um desses dois caracteres digitados (que podem ser convertidos para números automaticamente em alguns casos) e ir somando as exponenciações para chegar no número pretendido, o que pode ser simplificado com o operador de shift (<<). Novamente estamos falando da diferença da representação para humanos e como é representado internamente para o computador.

E foi o que eu entendi e consegui responder.

  • Seria mais interessante representar como char num= 0b101; ? deste modo utilizava so 1 byte, ou seja 8 bits. Mas para ter uma boa margem de numeros é melhor usar o int num=0b101; para termos 4 bytes, ou seja, 16 bits? – Fábio Morais 22/08/18 às 22:11
  • 2
    No caso de um número pequeno assim até poderia, um char é um tipo numérico de 1 byte. O int provavelmente teria 32 bits, mas isso depende de onde está rodando. – Maniero 22/08/18 às 22:24
  • Muito obrigado, não vou votar já numa resposta para tentar ter mais respostas, para conseguir ter mais informações de diferentes pontos de vista. Obrigado – Fábio Morais 22/08/18 às 22:26

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.