18

Vi o termo UPSERT em um blog e gostaria de entender melhor o funcionamento.

  • Ele designa que tipo de operação?
  • Em quais situações pode ser utilizado?
  • Tem a ver com idempotência?
19

O que é um upsert?

É um comando que insere um novo dado se não existe um com a mesma chave primária ou atualiza se a chave é encontrada, portanto nunca dá erro por não existir a chave como ocorre no UPDATE ou por já ter a chave quando faz um INSERT.

Ele designa que tipo de operação?

É uma comando DML normal do SQL, em essência junta o UPDATE com o INSERT em um comando só.

Como gerou uma dúvida, um comando não é o mesmo que palavra-chave. Os DBs não costumam ter uma UPSERT e sim um comando que faz uma escolha automática entre o INSERT e UPDATE. Comando é o todo, com várias cláusulas.

Em quais situações pode ser utilizado?

Sempre que o objetivo é colocar a informação no banco de dados e não importa se ela já existe ou não, mudando a semântica do que fazer conforme essa existência ou não.

Tem a ver com idempotência?

Não sei se entendi o contexto do uso. Puramente não tem a ver porque toda alteração tem potencial de mudar o resultado final. Pode ser que em algum contexto seja considerado assim, mas estou só especulando.

Fui pesquisar e falam da idempotência da operação como um todo, não que ele seja, mas ele ajuda o resultado de uma tentativa de escrita ser. Não sei se isso é correto, eu precisaria refletir mais. Muitas vezes o pessoal usa termos sem pensar bem. Os argumentos que eu li não me convenceram inicialmente.

Talvez o termo esteja sendo usado no sentido de que nunca retorna erro (por causa de inexistência ou duplicidade, pode dar por outros motivos). Se mandar algo que já existe ele faz a operação de UPDATE e o resultado da operação é um acerto, e se mandar algo inexistente ele faz a operação de INSERT e o resultado da operação é um acerto. Nesse ponto é idempotente. Mas eu acho "forçar a barra" pra usar o termo.

1
3

É um termo usado em banco de dados para falar sobre um comando, query ou api, que vai executar um INSERT ou um UPDATE, de acordo com um condicional.

Exemplos:

INSERT...ON DUPLICATE KEY UPDATE

INSERT ... ON CONFLICT UPDATE

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.