4

Tenho estas 2 classes relacionadas, sendo que a classe pedido tem uma Coleção de "ItensPedidos"...

A classe Pedido:

public class PedidoDTO
    {
        public int pedidoID { get; set; }
        public int codigo { get; set; }
        public DateTime data { get; set; }

        public int clienteID { get; set; }
        public virtual ClienteDTO Cliente { get; set; }

        public virtual IEnumerable<ItemPedidoDTO> itensPedidos { get; set; }
    }

E a classe ItemPedido:

 public class ItemPedidoDTO
    {
        public int itemPedidoID { get; set; }
        public int quantidade { get; set; }
        public decimal preco { get; set; }
        public int porcentagemDesconto { get; set; }

        public int pedidoID { get; set; }
        public virtual PedidoDTO pedido { get; set; }

        public int produdoID { get; set; }
        public virtual ProdutoDTO produto { get; set; }
    }

Minha duvida é a seguinte: Como persisto os dados de maneira que a entidade ItemPedido receba automaticamente a chave estrangeira?


No projeto faço uso de: Code first, EF6, migrations, repositórios genéricos, repositórios de implementação e mapeamento com Fluent Api.

0

Márcio, eu trabalho com Entity Framework Core, existe uma certa diferença mas creio que pode te ajudar a resolver seu problema. Contudo, considere utilizar o EF Core, principalmente se for um novo projeto. Veja mais informações de comparação dos dois aqui.

Primeira questão a considerar é o mapeamento (não mapeei todos os campos):

public void Configure(EntityTypeBuilder<PedidoDTO> builder)
{
    builder.ToTable("Pedido");
    builder.HasKey(x => x.pedidoId);
    builder.Property(x => x.pedidoId).IsRequired().ValueGeneratedOnAdd();
    builder.HasMany(x => x.itensPedidos).WithOne(x => x.pedido).HasForeignKey(x => x.pedidoId).OnDelete(DeleteBehavior.Cascade);
}

No mapeamento do item do pedido você não deve referenciar o pedido, pois o pedido já fez essa relação:

public void Configure(EntityTypeBuilder<ItemPedidoDTO> builder)
{
    builder.ToTable("ItemPedido");
    builder.HasKey(x => x.itemPedidoID);
    builder.Property(x => x.itemPedidoID).IsRequired().ValueGeneratedOnAdd();
    builder.Property(x => x.pedidoID).IsRequired();
}

Feito mapeamento corretamente, a inserção é simples, você pode inserir o pedido diretamente:

var pedido = new PedidoDTO()
{
    clienteId = 1,
    itensPedidos = new List<ItemPedidoDTO>
    {
       new ItemPedidoDTO()
       {
           produtoId = 10,
           quantidade = 5M,
       }),
    }
};

context.PedidoDTO.Add(pedido);
context.SaveChanges();

Bom, observe que os casos do cliente e do produto eu informei somente o id de cada. Se você adicionar a entidade o EF vai tentar inserí-la também. Para que isto não aconteça você deve fazer um Attach na entidade para que o Entity a reconheça. Ou simplesmente deixe-a como null que irá funcionar.

A resposta segue essa orientação. Quando eu fiz um teste no meu cenário eu me deparei com o problema do relacionamento que descrevi acima, corrigido isso funcionou normalmente.

Espero ter ajudado 🖖🏻

  • Eu não sei se é necessário mapear a entidade estrangeira (ItemPedidoDTO) à entidade dependente (PedidoDTO). Basta que PedidoDTO tenha uma agregação ICollection<ItemPedidoDTO> virtual e pública. – Marcelo Shiniti Uchimura 13/10 às 12:01
  • 1
    @MarceloShinitiUchimura realmente não deve precisar. Mas eu prefiro mapear para ficar claro, principalmente para informar ao banco como irá trabalhar a chave estrangeira, nesse exemplo eu coloquei o "OnDelete Cascade". – Thiago Araújo 14/10 às 13:19

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.