0

Quando utilizo 'insert into noticias set ?', para fazer o registro no banco, simplesmente não é registrado

Model:

module.exports = function() {
    ...

    this.salvarNoticia = function(noticia, connection, callback) {

        connection.query('insert into noticias set ?', noticia, callback)
    }

    return this;
}

admin.js:

module.exports = function(application) {
    ...

    application.post('/noticias/salvar', (req, res) => {
        var noticia = req.body; 

        var connection = application.config.dbConnection();

        var noticiasModel = application.app.models.noticiasModel;

        noticiasModel.salvarNoticia(noticia, connection, function(error, result) {
            res.redirect('/noticias');
        })

    })  

}

Estou utilizando o consign, os dados vindos do formulário estão todos ok, tanto que se eu tentar cadastrar no banco desta forma:

connection.query(`insert into noticias(titulo, noticia) values ('${dadoRetornadoDoForm.titulo}', '${dadoRetornadoDoForm.noticia}')`, dadoRetornadoDoForm, callback)

O cadastro é feito normalmente, onde está o erro?

Obs: a versão do meu MySQLServer é a 8.0

  • Não retornar erro? Eu penso que deve ser a questão do assíncronismo. Transforma o post em uma chamada async e pede para connection, noticiasmodel e noticias model.salvar esperar. async/await. – JustCase 12/08/18 às 23:35
  • Por algum motivo, hoje de manhã eu fui testar novamente e funcionou normal, provavelmente eu devo ter esquecido alguma coisa. :s – Lone Tonberry 13/08/18 às 11:17
  • Pode me dar um exemplo de como transformar o post em uma chamada async? Este transtorno continua me abusando – Lone Tonberry 13/08/18 às 14:34
  • Segue um exemplo de um post async/await. Na primeira IMAGEM 01 temos post('/upload') com duas funções em espera, a função geturl é dependente da função upload, mas para eu pedir para cada uma das funções await eu tenho q criar uma função promessa como na segunda IMAGE 02. – JustCase 14/08/18 às 5:42
  • Se você me perguntar qual a vantagem de async/await em vez de callback, eu diria que o codigo fica muito mais limpo e organizado, fica mais fácil de entender. No caso do seu código teríamos que ver se o seu model pode ser uma promessa, se for sequelize ou mongoose é bem simples para implementar a promessa, o salvarnoticias ja é uma promessa então await já seria suficiente, já que todas as chamadas a banco são promessas. – JustCase 14/08/18 às 5:43
0

Sugiro que você faça as seguintes alterações no seu código para que, pelo menos um erro seja retornado caso a operação não seja realizada com sucesso. Primeiro altere seu model para o seguinte:

const { promisify } = require('util');

const salvarNoticia = async (noticia, conexao) => {
  const query = promisify(conexao.query);

  return query(`INSERT INTO noticias (titulo, noticia) values ('${noticia.titulo}', '${noticia.noticia}')`);
}

module.exports = {
  salvarNoticia,
};

O seu controller ficará assim:

// Faça aqui o require da model que será referenciada depois como "noticiasModel" e da sua conexão que será referenciada com o nome "conexao"

const create = async (req, res) => {
  try {
    const { body: noticia } = req;
    await noticiasModel.salvarNoticia(noticia, conexao);
    res.redirect('/noticias');
  } catch(e) {
    console.error(e);
    res.status(500).send('Ocorreu um erro interno.');
  }
}

module.exports = {
  create
};

E a chamada da rota será a seguinte:

application.post('/noticias/salvar', noticiasController.create);

Dessa forma, caso ocorra um erro, o mesmo irá aparecer completamente no console do Node.js e a requisição irá falhar da forma que é esperada.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.