8

Quais técnicas podemos utilizar para evitar a colisão entre dados de duas requisições PUT para que as alterações da segunda requisição não sobrescrevam as da primeira?

Imaginemos a situação:

  • Há um produto cadastrado em um sistema de loja virtual de nome "Produto Bem Bacana", sem descrição e preço unitário R$ 10,00.

O JSON que representaria o recurso é apresentado abaixo, acessado via /produto/1.

{
  "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "",
  "price": 10.00
}

Temos dois usuários ativos no sistema: Albert e Bohr; ambos acessam o recurso. Ficando, então:

[Banco de dados]                       [Albert]                              [Borh]

{                                      {                                     {
  "id": 1,                               "id": 1,                              "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",          "name": "Produto Bem Bacana",         "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "",                     "description": "",                    "description": "",
  "price": 10.00                         "price": 10.00                        "price": 10.00
}                                      }                                     }

Neste momento, Albert percebe que o produto está sem descrição e resolve adicioná-la.

[Banco de dados]                       [Albert]                              [Borh]

{                                      {                                     {
  "id": 1,                               "id": 1,                              "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",          "name": "Produto Bem Bacana",         "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "",                     "description": "É bacana mesmo",      "description": "",
  "price": 10.00                         "price": 10.00                        "price": 10.00
}                                      }                                     }

Albert, então, faz sua submissão ao banco de dados, atualizando o recurso:

[Banco de dados]                       [Albert]                              [Borh]

{                                      {                                     {
  "id": 1,                               "id": 1,                              "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",          "name": "Produto Bem Bacana",         "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "É bacana mesmo",       "description": "É bacana mesmo",      "description": "",
  "price": 10.00                         "price": 10.00                        "price": 10.00
}                                      }                                     }

Borh percebe que o preço do produto está errado. Ao invés de R$ 10,00, o produto deveria valor R$ 15,00. Desta forma, ele corrige o produto:

[Banco de dados]                       [Albert]                              [Borh]

{                                      {                                     {
  "id": 1,                               "id": 1,                              "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",          "name": "Produto Bem Bacana",         "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "É bacana mesmo",       "description": "É bacana mesmo",      "description": "",
  "price": 10.00                         "price": 10.00                        "price": 15.00
}                                      }                                     }

Borh, então, submete sua alteração para atualizar no banco:

[Banco de dados]                       [Albert]                              [Borh]

{                                      {                                     {
  "id": 1,                               "id": 1,                              "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",          "name": "Produto Bem Bacana",         "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "",                     "description": "É bacana mesmo",      "description": "",
  "price": 15.00                         "price": 10.00                        "price": 15.00
}                                      }                                     }

E acontece que as informações de Bohr estava desatualizadas depois que Albert fez suas alterações. No momento que Bohr submete as suas, a descrição que Albert havia adicionado se perde.

Então, quais técnicas podem ser aplicadas para que seja evitado esta colisão de dados? Como poderia ser feito para identificar, no momento da submissão de Bohr, que o recurso fora atualizado e que suas informações estão desatualizadas, impedindo suas alterações sobrescrevam as de Albert?

Citei o método PUT pelo fato de, geralmente, todas as informações do recurso serem enviadas através da requisição, não apenas campos alterados, como seria no PATCH - que sofreria do mesmo mal se Albert e Bohr alterassem o mesmo campo.

7

Você pode adotar o conceito de Lock Otimista para evitar que uma request atualize um recurso usando as informações antigas dele como referência.

Na especificação HTTP existem 2 cabeçalhos (Headers) HTTP que podem ser usados em conjunto para isto: o ETag e o If-Match.

ETag

O conteúdo do ETag (Entity Tag) é uma representação única do estado atual do recurso. Esta informação pode ser desde um hash (criado usando MD5, SHA-1, etc) das informações do recurso ou mesmo algum UUID salvo com o recurso, que é alterado a cada atualização do mesmo.

A sua utilização funciona da seguinte maneira: toda vez que você solicita (GET) o recurso, você também retorna no header do response a informação de ETag.

Digamos que a representação atual do recurso seja o valor b0c396189:

GET /api/produtos/1

Response:
{
  "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "",
  "price": 10.00
}

Response Headers:
content-type: application/json
... demais cabeçalhos de response
ETag: b0c396189

Feito isto, o cliente deve guardar esta informação do ETag para enviar ela no PUT.

If-Match

Ao alterar o recurso via PUT, você enviará a mesma informação que veio no Etag usando um outro cabeçalho, o If-Match:

PUT /api/produtos/1
Request:
{
  "id": 1,
  "name": "Produto Bem Bacana",
  "description": "Descrição",
  "price": 10.00
}

Request Headers
content-type: application/json
... demais cabeçalhos de request
If-Match: b0c396189

Feito isto, o servidor irá receber esta informação e comparar se o valor atual do recurso (b0c396189) no servidor é o mesmo que veio no cabeçalho If-Match. Se os valores forem os mesmos, significa que o recurso obtido no GET pelo cliente continua sendo o mesmo do servidor e que, assim, a atualização pode ser realizada.

Após a atualização do recurso produto, o valor b0c396189 não mais representará o recurso. Como disse no início, este valor é uma representação única do recurso, então a cada atualização do mesmo este valor deve mudar.

Digamos que o novo valor seja 096849fba.

Agora vamos ao exemplo de que, ao mesmo tempo, alguém consultou o mesmo produto. Esta pessoa ainda terá o valor antigo de Etag com ele, o b0c396189. Se este tentar fazer uma atualização do produto, enviando este valor b0c396189 no cabeçalho If-Match do request, o servidor irá comparar este valor com o valor atual de 096849fba e detectará a diferença. Neste momento, o servidor recusará a atualização, podendo retornar um erro 412 Precondition Failed.

  • 2
    Tem algum link para documentação disso? Algo oficial ou não? – Jefferson Quesado 4/08/18 às 0:19
  • 2
    @JeffersonQuesado, tem sim, da RFC. Melhor que isto, não tem hehehe. Vou adicionar os links. – Dherik 4/08/18 às 0:24

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.