0

Tenho uma duvida mais matemática do que computacional. Supomos que temos uma matriz quadrada M de dimensão , onde n é qualquer inteiro maior que zero. Percorrendo essa matriz, atribuindo j como índice das linhas e i aos índices das colunas, qual a complexidade do algoritmo se eu considerar ij somente quando i>j? Abaixo a demostração do algoritmo:

for i=0; i<n-1; i++:
  for j=i+1; i<n; j++:
    if i>j:
      ////cont..

Quero saber qual a função para determinar, a partir de n, quantas vezes o if será verificado. Em outras palavras, quantos elementos há na matriz triangular abaixo da diagonal.

*Sei que é uma pergunta muito besta, mas esqueci completamente como encontrar essa função.

3
  • (n-1)**2/2, ou algo muito próximo, eu diria. – Jefferson Quesado 3/08/18 às 8:57
  • Aliás, acho que tem algo de estranho. No seu código, você altera o valor de i na iteração intenta. Com isso, você só irá executar x passos e cairá fora dos dois laços. Sem falar que você começa a falar de n e na código introduz x, que está fora de contexto – Jefferson Quesado 3/08/18 às 8:59
  • É! Alguns erros no algoritmo, agora que vi, mas ele é só um exemplo do problema, o x é o mesmo que n e no segundo for é j<x e j++ e não i – Francisco Sobrinho 3/08/18 às 22:23

1 Resposta 1

2

O seu if já foi desenhado para que ele seja executado apenas em uma parte da matriz de domínio.

Considere que o seu domínio consista da seguinte matriz:

d s s s s
i d s s s
i i d s s
i i i d s
i i i i d

Onde os elementos em d são os elementos da diagonal principal, os elementos em i são os elementos da porção inferior à diagonal principal e os elementos em s são os elementos da porção superior à diagonal principal.

A sua iteração cobre perfeitamente apenas os elementos em i, sem sobrar nem faltar. Portanto, seja qual fosse o propósito do if (que aparentemente garante que o elemento está necessariamente em s, considerando que o laço externo é mudança de coluna e o interno, de linha), ele se tornou inútil devido ao como o laço foi desenhado.

Independente da utilidade do if, foi questionado a respeito de quantas vezes ele iria ser avaliado. Ora, se ele cobre exatamente os elementos em i, basta contar quantas casas tem i. Na primeira coluna m, i tem zero elementos, em seguida tem 1, 2, até que no n-ésimo e última coluna ele tem n-1 elementos.

Portanto, ele é o seguinte somatório:

Área(i) = 1 + 2 + ... + (n - 1)

Que dá n*(n-1)/2. Se você está usando alguma linguagem de programação que faz divisão inteira, então tome cuidado para garantir que a multiplicação é feita antes da divisão. Por que esse cuidado? Porque talvez (n-1) não seja par, assim como talvez n também não o seja, mas certamente n*(n-1) é par.

2
  • é essa a função que eu queria achar mesmo n*(n-1)/2. O mais próximo que eu havia chegado foi (n²÷2)−log2(n), mas o valor nem sempre é inteiro e como sabemos, a matriz triangular inferior sempre vai possuir um numero de elementos (i) inteiro. – Francisco Sobrinho 4/08/18 às 14:09
  • @FranciscoSobrinho n/2 ~~= log2(n) para valores pequenos. Não se esqueça de, estando certa a resposta, marcá-la como aceita no ✅ para que outras pessoas possam aproveitar do conhecimento também – Jefferson Quesado 4/08/18 às 20:38

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.