5

Estava lendo a respeito da palavra chave ref e me deparei com um aviso que dizia para não confundir passagem por referência com referência de tipos. Sem dúvidas que este aviso me deixou confuso e despertou mais dúvidas a respeito do assunto, pois não consegui visualizar a explicação.

Pergunta

Sendo assim, eu gostaria de saber o que é referência de tipos?

3

Tradução ruim. Está falando de tipos por referência. Eu falo sobre isto em Qual a diferença entre Struct e Class?.

São tipos que naturalmente já são objetos apontados em algum lugar e isto tem implicações de como se usa e como se comporta. Falei disto em Alocação de memória em C# - Tipos valor e tipos referência.

Esse recurso ref não é novo, já existia desde o C# 1.0. Ele permitia passar tipos por referência, ou seja, você criava um alias para o dado, então tinha uma variável no método (era sempre um parâmetro) que apontava para um dado em outro lugar, e o C# garante que isto seria sempre local (no stack).

O que tem de novo é que esse ref agora pode ser em uma variável local que não seja um parâmetro, pode ser um retorno e é possível até criar um tipo por valor que seja por referência. Confuso?

Na verdade usando um ref struct está criando um tipo por referência, não há dúvida disto. Então os links falam de algo ligeiramente obsoletos. A diferença é que este é um tipo por referência alocado no stack, antes todos os tipos por referência eram alocados no heap. Isto reduz muito a pressão no garbage collector. Muitos tipos não trabalham com objetos com tempo de vida que exijam o heap, mas precisam ter uma semântica de indireção e era um problema as duas coisas estarem atreladas. Este novo recursos permite o tempo de vida curto, local, gerenciado automaticamente e manter o acesso indireto ao dado, como se fosse uma classe.

É um enorme ganho de eficiência em vários cenários. Mas sei que será pouco utilizado, porque a maioria dos programadores só se preocupam em funcionar e ser fácil pra eles. tenho tido contato com programadores experientes que não se preocupam com essas coisas. Acredite, algumas pessoas relativamente novatas que aqui convivem já estão fazendo coisas melhores que experientes que acham que nada dessas coisas tem valor.

Existe o engenheiro e o curioso experiente.

Falei sobre o assunto em Para que serve esse 'in' em C#?. Quando junta isso com a imutabilidade dá um poder bem interessante.

Exemplo:

public readonly ref struct RefRoPoint4D {
    public readonly double X;
    public readonly double Y;
    public readonly double Z;
    public readonly double W;
    public RefRoPoint4D(double x, double y, double z, double w) {
        X = x;
        Y = y;
        Z = z;
        W = w;
    }
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

Sempre que usar isto você terá um ponteiro na variável que apontará para o objeto real. Ele não pode ser usado em nada que vá ao heap que tem tempo de vida maior que o dele.

  • No caso da estrutura RefRoPoint4D o propósito seria passar ela para um método sem a intenção de modificação, certo? – gato 29/07/18 às 0:58
  • Sem modificar em qualquer situação, que é algo que toda struct deveria ser. – Maniero 29/07/18 às 1:06

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.