4

Eu gostaria de saber qual seria o melhor caminho para converter uma aplicação Pyqt5 para uma aplicação executável.

  • Existe alguma meio de "compilar" uma aplicação em Pyqt5?

  • Existe alguma forma de criar um instalador para uma aplicação Pyqt5?

Especificamente, tenho como alvo o Windows, mas gostaria também de saber como seria possível criar uma aplicação Pyqt5 para Linux.

  • 3
    Ô do negativo! Tem como explicar aí o que está errado? – Wallace Maxters 26/07/18 às 19:23
  • Voce vai precisar do interpretador python e as dependencias compiladas especificamente para Windows/Linux. Recomendo dar uma olhada nessa ferramenta que me parece capaz de empacotar tudo em um unico executavel. pyinstaller.org – Leo 3/08/18 às 10:46
  • Dá uma olhada nesse artigo, tem várias opções para fazer o que está querendo ;) – Tuxpilgrim 3/08/18 às 10:48
2
+50

Muito bem, antes de começar preciso citar detalhes importantes, várias respostas como sendo PyInstaller a solução, mas isso é só parte da resolução, o que é preciso que as pessoas entendam é que PyInstaller não resolve magicamente tudo, isso porque Linux não é um sistema operacional, Linux é um núcleo, existem muitos sistemas operacionais "baseados" no núcleo Linux (GNU/Linux), ou seja existem diferentes distribuições e a maioria (se não quase todas) não tem compatibilidade.

Sim meu povo, os sistemas baseados em Linux não são POSIX, um programa compilado em Debian não vai funcionar em CentOS, apesar de ser uma comunidade open-source grande ainda sim cada grupo pensa de sua maneira, cada distro segue um caminho, e talvez essa divisão na comunidade seja o mal deles (mas é especulação de minha parte).

Fora que mesmo sendo escrito em Python um programa criado em PyInstaller vai embarcar o Python da versão do Linux especifica para o executável, vou dar um exemplo, usei o PyInstaller em um Ubuntu com um Python que esta instalado no sistema também, o que vai ocorrer é que o Pyinstaller vai copiar o executável python do sistema (ou do virtualenv) para o "pacote" gerado pelo PyInstaller junto com uma versão executável que ele vai gerar, então se tentar rodar isso em um CentOS ou Debian provavelmente não irá funcionar (mesmo que debian e ubuntu sejam "parentes").

PyQt5 e o deploy básico (por enquanto em Windows apenas)

Muito bem, vou primeiramente falar de alguns detalhes básico, vou explicar em windows por enquanto porque ainda estou preparando o ambiente no meu CentOS e no meu Debian para poder colocar detalhes de maneira precisa.

Eu recomendo muito que faça a instalação via pip, pois assim terá os pacotes maior facilidade de controlar os pacotes e até de instalar eles, mas antes de qualquer coisa eu também recomendo muito que use virtualenv, mais detalhes em:

Isto porque os pacotes usados para uma versão do PyQt assim como do PyInstaller podem mudar, atualizar e outros situações assim, que podem fazer com que em um update acidental você perca um projeto mais antigo, então isolar uma versão do PyQt e outros pacotes para um projeto deste tipo pode ser interessante, assim se mover de máquina, atualizar o teu Python global, não afetará o teu projeto.

Para evitar rodeios vou a explicação básica com passo-a-passo:

  1. Crie a pasta do projeto, vamos chama-la de exemplo, pode fazer via explore.exe cliando com o direito do mouse/rato "nova pasta" ou via cmd com o o comando md exemplo)

  2. Abra o prompt de comando (se não estiver aberto) e navegue até a pasta aonde criará o projeto, no caso é a pasta exemplo:

    cd c:\Foo\Bar\exemplo
    

    Isto é um exemplo, lógico que vai digitar um caminho real, absoluto ou relativo.

  3. Digite o comando:

    python -m venv .env

    O .env é uma pasta, gerada pelo -m venv, nela vai conter uma cópia do Python atual que você usa

  4. Agora é necessário iniciar o virtual env, para isso ainda no cmd e na pasta exemplo digite isto:

    .env\scripts\activate.bat
    
  5. Estando no ambiente virtual agora você deve instalar os pacotes necessários, no caso eu tentei instalar os mais atualizados, mas houve algum problema, talvez seja algum conflito/bug com o Python 3.6 e 3.7, para isso eu instalei versões especificas que funcionaram bem (claro que você pode atualizar isso conforme desejar), os comandos (pacotes necessários são):

    pip install PyQt5==5.9.2
    pip install PyInstaller==3.3.1
    
  6. Pronto o ambiente esta criado, para testar o PyQt5 crie um arquivo chamado main.py e coloque este conteúdo nele:

    from PyQt5 import QtCore, QtGui, QtWidgets, QtWebEngineWidgets
    
    class Ui_MainWindow(object):
        def setupUi(self, MainWindow):
            MainWindow.setObjectName("MainWindow")
            MainWindow.resize(800, 600)
    
    
    if __name__ == "__main__":
        import sys
        app = QtWidgets.QApplication(sys.argv)
        MainWindow = QtWidgets.QMainWindow()
        ui = Ui_MainWindow()
        ui.setupUi(MainWindow)
        MainWindow.show()
        sys.exit(app.exec_())
    
  7. Após salvar o documento execute-o para testar:

    python main.py
    

    Deve ser exibida uma janela vazia, basta fazer

  8. Agora o momento do deploy tão esperado, usando o PyInstaller execute:

    pyinstaller --windowed main.py
    

    Isto irá gerar o executável, no exemplo ele ficará na pasta c:/Foo/Bar/dist/main, a pasta toda é necessário para funcionar.

Em ambientes baseados em Linux e Mac OSX

Em breve irei colocar exemplos como CentOS e Debian e se possivel Mac, no momento estou um pouco impossibilitado, devido a ser algo muito trabalhoso, mas já adianto que para gera um pacote de instalação talvez tenha que usar o que é explicado nos seguintes links (irei adicionar mais conforme puder):

Não sei se o pyinstaller resolve esta parte, creio que ele gere apenas o arquivo executável (executável stand-alone)


Criando um instalador

Infelizmente isso não é fácil, você pode criar na mão, com PyInstaller mesmo, ou outro executável que instale, claro que isso tudo vai ficar meio solto, então as soluções práticas são:

O inno setup é interessante, prometo criar um pequeno "tutorial" aqui na resposta mesmo de como configurar o .ini dele, colocando icone e até talvez "scripts" que serão executados no momento da instalação (para eventualmente de maneira customizada preparar o sistema operacional para algo necessário)

2

A Wiki do Python recomenda algumas ferramentas que podem fazer isso. Em especial tem duas que atendem ao que quer:

fman build system

Permite empacotar aplicações executáveis em PyQt5 e criar instalador para as plataformas Windows, Linux e MacOS.

A documentação oficial no github provê um tutorial sobre a geração dos instaladores.

pyinstaller

Assim como o fma o pyinstaller provê um ambiente para empacotar programas Python em aplicações, para as plataformas Windows, Linux, Mac OS X, FreeBSD, Solaris and AIX.

A documentação oficial detalha bem a criação do instalador.

1

Eu usei o Pyinstaller para poder criar a estrutura executável do programa.

Os passos utilizados foram:

  • Instalei o Python 3.5, versão 32 bits

  • Usei o Virtual Env, através do comando python -m venv venv.

  • Ativei o env\Scripts\activate.ps1 (no meu caso, usei Windows 10).

  • Instalei o Pyqt5.9.2 e o PyInstaller 3.3.1 pelo pip.

  • Rodei o comando pyinstaller --paths .\venv\site-packages\PyQt5\Qt\bin main.py. No meu caso, main.py é o script principal do meu aplicativo.

Isso cuidou de criar a estrutura do executável, com todas as dependências.

Eu usei essa resposta do SOEN para efetuar esses passos e funcionou.

Vou tentar melhorar a resposta para efetuar a criação do instalador

0

Eu também uso Qt5 com Python, mas no PySide 2. Você pode compilar (empacotar) para executável usando o Pyintaller. Porém o Pyintaller no momento só suporta até o Python 3.6. Não recomendo outro, pois o Pyintaller é o mais usado e o mais popular. Por isso ou você usa o Python 3.6 ou espera um pouco sair o suporte ao Python 3.7, pois o suporte esta a caminho. Aqui esta um print do PySide2 com Qt 5.11.1 inserir a descrição da imagem aqui

  • No meu caso, rodou redondinho com PyQt5==5.9.2 e PyInstaller==3.3.1, de acordo com os requirimentos desse repositório: fbs-tutorial – Wallace Maxters 3/08/18 às 13:22
  • Certo, mas qual versão do Python? 3.7? Porque pelo que eu sei, o Pyinstaller ainda não suporta Python 3.7, apenas até o 3.6. – user110265 3/08/18 às 18:42
  • Lá no repositório fala Python 3.5 – Wallace Maxters 3/08/18 às 19:01
  • 1
    Python 3.5 já esta bem antigo né. – user110265 3/08/18 às 19:23
  • 1
    Dei um positivo pra você, sua resposta esta correta, o PyInstaller. – user110265 5/08/18 às 15:06
-2
pyinstaller main.py --clean --onefile --windowed --noconsole --add-data "WebBrowserInterop.x64.dll;./" --add-data "WebBrowserInterop.x86.dll;./" --add-data "Microsoft.Toolkit.Forms.UI.Controls.WebView.dll;./" --add-data "Microsoft.Toolkit.Forms.UI.Controls.WebView.LICENSE.md;./" --icon "icon.ico"

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.