4

Eu gostaria de saber qual seria o melhor caminho para converter uma aplicação Pyqt5 para uma aplicação executável.

  • Existe alguma meio de "compilar" uma aplicação em Pyqt5?

  • Existe alguma forma de criar um instalador para uma aplicação Pyqt5?

Especificamente, tenho como alvo o Windows, mas gostaria também de saber como seria possível criar uma aplicação Pyqt5 para Linux.

3
  • 3
    Ô do negativo! Tem como explicar aí o que está errado?
    – Wallace Maxters
    26/07/2018 às 19:23
  • Voce vai precisar do interpretador python e as dependencias compiladas especificamente para Windows/Linux. Recomendo dar uma olhada nessa ferramenta que me parece capaz de empacotar tudo em um unico executavel. pyinstaller.org
    – Leo
    3/08/2018 às 10:46
  • Dá uma olhada nesse artigo, tem várias opções para fazer o que está querendo ;)
    – Tuxpilgrim
    3/08/2018 às 10:48

5 Respostas 5

2
+50

Antes de começar preciso citar detalhes importantes, várias respostas como sendo PyInstaller a solução, mas isso é só parte da resolução, o que é preciso que as pessoas entendam é que PyInstaller não resolve magicamente tudo, isso porque Linux não é um sistema operacional, Linux é um núcleo, existem muitos sistemas operacionais "baseados" no núcleo Linux (GNU/Linux), ou seja existem diferentes distribuições e a maioria (se não quase todas) não tem compatibilidade.

Sim meu povo, um programa compilado em Debian não vai funcionar em CentOS, apesar de ser uma comunidade open-source grande ainda sim cada grupo pensa de sua maneira, cada distro segue um caminho, e talvez essa divisão na comunidade seja o mal deles (mas é especulação de minha parte).

Fora que mesmo sendo escrito em Python um programa criado em PyInstaller vai embarcar o Python da versão do Linux especifica para o executável, vou dar um exemplo, usei o PyInstaller em um Ubuntu com um Python que esta instalado no sistema também, o que vai ocorrer é que o Pyinstaller vai copiar o executável python do sistema (ou do virtualenv) para o "pacote" gerado pelo PyInstaller junto com uma versão executável que ele vai gerar, então se tentar rodar isso em um CentOS ou Debian provavelmente não irá funcionar (mesmo que debian e ubuntu sejam "parentes").

PyQt5 e o deploy básico (por enquanto em Windows apenas)

Muito bem, vou primeiramente falar de alguns detalhes básico, vou explicar em Windows por enquanto porque ainda estou preparando o ambiente no meu CentOS e no meu Debian para poder colocar detalhes de maneira precisa.

Eu recomendo muito que faça a instalação via pip, pois assim terá os pacotes maior facilidade de controlar os pacotes e até de instalar eles, mas antes de qualquer coisa eu também recomendo muito que use virtualenv, mais detalhes em:

Isto porque os pacotes usados para uma versão do PyQt assim como do PyInstaller podem mudar, atualizar e outros situações assim, que podem fazer com que em um update acidental você perca um projeto mais antigo, então isolar uma versão do PyQt e outros pacotes para um projeto deste tipo pode ser interessante, assim se mover de máquina, atualizar o teu Python global, não afetará o teu projeto.

Para evitar rodeios vou a explicação básica com passo a passo:

  1. Crie a pasta do projeto, vamos chama-la de exemplo, pode fazer via explore.exe clicando com o direito do mouse/rato "nova pasta" ou via cmd com o o comando md exemplo)

  2. Abra o prompt de comando (se não estiver aberto) e navegue até a pasta aonde criará o projeto, no caso é a pasta exemplo:

     cd c:\Foo\Bar\exemplo
    

Isto é um exemplo, lógico que vai digitar um caminho real, absoluto ou relativo.

  1. Digite o comando:

    python -m venv .env

O .env é uma pasta, gerada pelo -m venv, nela vai conter uma cópia do Python atual que você usa

  1. Agora é necessário iniciar o virtual env, para isso ainda no cmd e na pasta exemplo digite isto:

     .env\scripts\activate.bat
    
  2. Estando no ambiente virtual agora você deve instalar os pacotes necessários, no caso eu tentei instalar os mais atualizados, mas houve algum problema, talvez seja algum conflito/bug com o Python 3.6 e 3.7, para isso eu instalei versões especificas que funcionaram bem (claro que você pode atualizar isso conforme desejar), os comandos (pacotes necessários são):

     pip install PyQt5==5.9.2
     pip install PyInstaller==3.3.1
    
  3. Pronto o ambiente esta criado, para testar o PyQt5 crie um arquivo chamado main.py e coloque este conteúdo nele:

     from PyQt5 import QtCore, QtGui, QtWidgets
    
     class Ui_MainWindow(object):
         def setupUi(self, MainWindow):
             MainWindow.setObjectName("MainWindow")
             MainWindow.resize(800, 600)
    
    
     if __name__ == "__main__":
         import sys
         app = QtWidgets.QApplication(sys.argv)
         MainWindow = QtWidgets.QMainWindow()
         ui = Ui_MainWindow()
         ui.setupUi(MainWindow)
         MainWindow.show()
         sys.exit(app.exec_())
    
  4. Após salvar o documento execute-o para testar:

     python main.py
    

Deve ser exibida uma janela vazia (pois é apenas um exemplo inicial)

  1. Agora o momento do deploy tão esperado, usando o PyInstaller execute:

     pyinstaller --windowed main.py
    

Isto irá gerar o executável, no exemplo ele ficará na pasta c:/Foo/Bar/dist/main, a pasta toda é necessário para funcionar.

Em ambientes baseados em Linux e Mac OSX

Em breve irei colocar exemplos como CentOS e Debian e se possível Mac, no momento estou um pouco impossibilitado, devido a ser algo muito trabalhoso, mas já adianto que para gera um pacote de instalação talvez tenha que usar o que é explicado nos seguintes links (irei adicionar mais conforme puder):

Não sei se o pyinstaller resolve esta parte, creio que ele gere apenas o arquivo executável (executável stand-alone)


Criando um instalador

Infelizmente isso não é fácil, você pode criar na mão, com PyInstaller mesmo, ou outro executável que instale, claro que isso tudo vai ficar meio solto, então as soluções práticas são:

O Inno Setup é interessante, prometo criar um pequeno "tutorial" aqui na resposta mesmo de como configurar o .ini dele, colocando ícone e até talvez "scripts" que serão executados no momento da instalação (para eventualmente de maneira customizada preparar o sistema operacional para algo necessário).

2

A Wiki do Python recomenda algumas ferramentas que podem fazer isso. Em especial tem duas que atendem ao que quer:

fman build system

Permite empacotar aplicações executáveis em PyQt5 e criar instalador para as plataformas Windows, Linux e MacOS.

A documentação oficial no github provê um tutorial sobre a geração dos instaladores.

pyinstaller

Assim como o fma o pyinstaller provê um ambiente para empacotar programas Python em aplicações, para as plataformas Windows, Linux, Mac OS X, FreeBSD, Solaris and AIX.

A documentação oficial detalha bem a criação do instalador.

1

Eu usei o Pyinstaller para poder criar a estrutura executável do programa.

Os passos utilizados foram:

  • Instalei o Python 3.5, versão 32 bits

  • Usei o Virtual Env, através do comando python -m venv venv.

  • Ativei o env\Scripts\activate.ps1 (no meu caso, usei Windows 10).

  • Instalei o Pyqt5.9.2 e o PyInstaller 3.3.1 pelo pip.

  • Rodei o comando pyinstaller --paths .\venv\site-packages\PyQt5\Qt\bin main.py. No meu caso, main.py é o script principal do meu aplicativo.

Isso cuidou de criar a estrutura do executável, com todas as dependências.

Eu usei essa resposta do SOEN para efetuar esses passos e funcionou.

Vou tentar melhorar a resposta para efetuar a criação do instalador

0

Eu também uso Qt5 com Python, mas no PySide 2. Você pode compilar (empacotar) para executável usando o Pyintaller. Porém o Pyintaller no momento só suporta até o Python 3.6. Não recomendo outro, pois o Pyintaller é o mais usado e o mais popular. Por isso ou você usa o Python 3.6 ou espera um pouco sair o suporte ao Python 3.7, pois o suporte esta a caminho. Aqui esta um print do PySide2 com Qt 5.11.1 inserir a descrição da imagem aqui

7
  • No meu caso, rodou redondinho com PyQt5==5.9.2 e PyInstaller==3.3.1, de acordo com os requirimentos desse repositório: fbs-tutorial
    – Wallace Maxters
    3/08/2018 às 13:22
  • Certo, mas qual versão do Python? 3.7? Porque pelo que eu sei, o Pyinstaller ainda não suporta Python 3.7, apenas até o 3.6.
    – user110265
    3/08/2018 às 18:42
  • Lá no repositório fala Python 3.5
    – Wallace Maxters
    3/08/2018 às 19:01
  • 1
    Python 3.5 já esta bem antigo né.
    – user110265
    3/08/2018 às 19:23
  • 1
    Dei um positivo pra você, sua resposta esta correta, o PyInstaller.
    – user110265
    5/08/2018 às 15:06
-3
pyinstaller main.py --clean --onefile --windowed --noconsole --add-data "WebBrowserInterop.x64.dll;./" --add-data "WebBrowserInterop.x86.dll;./" --add-data "Microsoft.Toolkit.Forms.UI.Controls.WebView.dll;./" --add-data "Microsoft.Toolkit.Forms.UI.Controls.WebView.LICENSE.md;./" --icon "icon.ico"

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.