7

Como eu poderia efetuar uma query ignorando palavras com letras que contem acentos? Exemplo de palavras:

Olá, é, Lógica, Pão

Tentei utilizar o comando collate noaccents da seguinte forma:

select c.* from Curso c 
where c.Descricao like '%Logica%' collate noaccents;

Porém, não obtive resultado algum, e só funciona se eu remover o acento da palavra Lógica. Sendo assim, como eu poderia ignorar os acentos?


Exemplo mínimo

Comandos para criar o exemplo de ilustração.

Tabela:

create table Curso(Descricao TEXT);

Insert:

insert into Curso(Descricao) values ('Lógica de Programação');

Veja funcionando no SQL Fiddle.

  • 1
    vc tem que linkar com a biblioteca de acentuação da sua aplicação. pt.stackoverflow.com/questions/1785/70 - note que deixei um código no final com uma solução simplificada. – Bacco 25/07/18 às 4:03
  • 1
    Penso se seria duplicata até, apesar do titulo. – Bacco 25/07/18 às 4:05
  • 1
    simples é, só que é um caminho diferente do que vc pensou :D - normalmente ninguém usa o SQLite "sozinho", e a aplicação quase sempre já tem função de comparação, basta "linkar" com o SQLite – Bacco 25/07/18 às 4:19
  • 1
    em especial, você tem a sqlite3_create_collation() (e suas variantes) que é pra usar a função que quiser para comparação, normalmente você vai apontar para a função nativa de comparação que já usa em outras partes da sua aplicação (até pra ficar tudo igual, o DB e o aplicativo) – Bacco 25/07/18 às 4:24
  • 1
    Possível duplicata de SQLite android query() / like com acentos e sem – rbz 25/07/18 às 12:14
2
  • Eu iria por esse caminho: Como fazer comparações "case-insensitive" no SQLite?. É o simples.

  • Note que algumas implementações do SQLite já possuem uma forma de lidar com isso, mas elas deixam de ter a maior vantagem do SQLite que é ser um código pequeno. Tem como vantagem lidar com casos mais sofisticados. Mas será mais lento. A pergunta não dá um contexto de uso. Falei sobre isso em SQLite android query() / like com acentos e sem.

    Se a sua implementação não tem algo pronto pode colocar uma forma completa de lidar com isto. Tem a mesma ou mais dificuldade que a anterior. Na prática precisa saber mais o que está fazendo. Pode até fazer uma implementação que fica do mesmo tamanho do SQLite personalizando a ICU. Será bem limitada, até mais que a solução anterior, mesmo sendo muito maior.

  • A alternativa é criar uma coluna sem os acentos e indexá-la e usá-la para toda pesquisa (depois de tirar os acentos e tornar tudo minúsculo), e na hora que pegar o dado em si usar a coluna com o dado original. Isto ocupa bem mais memória e torna tudo bem mais lento, mas funciona. É gambiarra, solução de quem não quer fazer o certo.

  • Uma outra solução é abandonar os acentos de vez e só trabalhar com ASCII. Eu acho isso terrível do ponto de vista de UX, e muito anos 80. Mas vejo sistemas funcionando assim até hoje. É retrocesso.

O SQLite é um banco de dados excelente, simples de usar no dia a dia, e performático, mas não é algo pronto, precisa de um certo esforço para fazer além do básico.

  • Me esqueci que o SQLite pode ter implementações diferentes dependendo de onde é usado, falha minha não ter contextualizado de uma forma mais clara. Irei editar a pergunta ;) – gato 25/07/18 às 14:57
  • Marquei como aceito porque sua resposta mostra caminhos sensatos, e no fim adotei a terceira alternativa (é gambiarra eu sei :( ) mas "solucionou" o problema, ainda estou estudando a possibilidade de usar um algoritmo soundex no lugar dela. – gato 11/08/18 às 2:14
0

Só precisa configurar uma Collation utilizando a sqlite3_create_collation e utilizar da seguinte maneira:

SELECT * FROM Curso WHERE Descricao LIKE "Logica%" COLLATE NOACCENTS 
  • E como configurar esse Collation? Poderia adicionar um pouco mais de detalhes de como fazer isso? – William John Adam Trindade 25/07/18 às 13:28

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.