0

Estou iniciando programação em java e estou tendo um problema ao criar uma coleção imutável. Abaixo está o que criei:

package br.com.estudos;

import java.util.Collection;


public class MinhaColecaoImutavel<String> extends MinhaColecao<String> {


    public static MinhaColecaoImutavel instancia;


    public static synchronized MinhaColecaoImutavel getinstancia(Collection<?> colecao) {
        if (instancia == null) {
            instancia = new MinhaColecaoImutavel(colecao);
        }

        return instancia;
    }

    private MinhaColecaoImutavel(Collection<String> colecao) {
        instancia.addAll(colecao);
    }

}

Ao executar a main pelo comando abaixo,

MinhaColecaoImutavel<String> x = MinhaColecaoImutavel.getinstancia(new ArrayList<>());
        x.add("x");

Me dá o erro NullPointerException na linha "instancia.addAll(colecao)". O meu x é para adicionar um valor na instância para que não fique nula.

Alguém tem uma luz para ajudar?

Obrigado.

1

Esse campo estático significa que é impossível utilizar-se duas instâncias de MinhaColecaoImutavel. Isso é uma péssima ideia, afinal de contas, não deveria haver problema algum em criar-se duas instâncias distintas dessa classe em locais diferentes para finalidades diferentes. Por, exemplo, em um local eu crio uma coleção imutável com nomes de impressoras e um uma outra parte do código totalmente diferente eu crio uma lista imutável com palavras lidas de um dicionário. Com esse código, a mesma lista vai ser retornada em ambos os casos, ocasionando confusão, dor e sofrimento. O static não deve ser usado dessa forma.

A solução é simples. Esqueça o static e o método estático e use o construtor diretamente:

package br.com.estudos;

import java.util.Collection;

public class MinhaColecaoImutavel<String> extends MinhaColecao<String> {
    public MinhaColecaoImutavel(Collection<String> colecao) {
        this.addAll(colecao);
    }
}

E você usa assim:

MinhaColecaoImutavel<String> x = new MinhaColecaoImutavel(new ArrayList<>());
x.add("x");

No entanto, isso ainda não está certo. Observe que a classe MinhaColecaoImutavel não adiciona nada à superclasse além de um construtor. Uma vez que uma instância da subclasse foi construída, ela não tem nada de diferente do que é oferecido pela superclasse. Isso significa que isso é um mau uso de herança que não traz benefício algum. A solução é colocar o construtor na superclasse (estou supondo que o tipo genérico é T):

    public MinhaColecao(Collection<T> colecao) {
        this.addAll(colecao);
    }

E você usa assim:

MinhaColecao<String> x = new MinhaColecao(new ArrayList<>());
x.add("x");

Se a sua ideia é fazer uma subclasse imutável de uma superclasse mutável, essa não é uma boa ideia. O melhor seria ter uma interface definindo a sua coleção e ter duas implementações distintas, uma mutável e uma imutável. O uso de métodos concretos com o modificador default na interface (permitido a partir do Java 8) deve te ajudar a simplificar o código das implementações.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.