0

Estou fazendo um script que identifica os arquivos alterados em duas pastas e depois copia (caso alterados na data de modificação) de um para outra, sincronização.

Para copiar os arquivos já tentei usar:

shutil.copy() 
shutil.copy2() 
shutil.copystat()

Eles copiam os arquivos, mas não copiam a data/hora de modificação o que faz que os mesmos arquivos sempre apareçam quando rodo o script.

Alguém sabe como me ajudar?

1

shutil.copy2() é perfeitamente capaz de copiar os metadados contendo a data e a hora da ultima modificação do arquivo:

shutil.copy2( src, dst, * , follow_symlinks=True )

Identical to copy() except that copy2() also attempts to preserve all file metadata.

copy2() uses copystat() to copy the file metadata. Please see copystat() for more information about platform support for modifying symbolic link metadata.

Segue um código capaz de garantir que a origem será copiada para o destino juntamente com todos os metadados possíveis. Se o destino possuir uma data de criação mais antiga que a origem, o destino sera sobreescrito com a origem:

import shutil
import os

def sincronizar( src, dst ):

    # Verifica se origem existe
    if not os.path.exists( src ):
        return -1; # Erro

    # Copia se o arquivo de destino
    # nao existir
    if not os.path.exists( dst ):
        shutil.copy2( src, dst )
        return 1; # Sucesso

    # Recupera metadados da origem e do destino
    dst_info = os.stat(dst)
    src_info = os.stat(src)

    # Copia somente se a data de modificao do arquivo
    # de destino estiver mais antiga que 1 segundo
    if( src_info.st_mtime - dst_info.st_mtime > 1 ):
        shutil.copy2( src, dst )
        return 1 # Sucesso

    return 0 # Sucesso (sem copia)

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.