0

Tenho uma tabela em banco MySql onde irei fazer uma consulta. Essa consulta precisa ser feita da seguinte maneira:

Para quem possui um plano no site:

  • Permitir buscar por: nome, categoria (tabela diferente), endereço, bairro (tabela diferente), palavras chaves;

Para quem não possui plano ou esta com o plano vencido:

  • Permitir buscar por: nome;

Vale lembrar também que para ambas as consultas devem ser relacionadas com a cidade selecionada na entrada do site.

É possível fazer uma consulta unica que me traga o resultado que preciso.

1

A sua pergunta ficou meio ampla, mas saindo do princípio de que você já tenha esse formulário pronto, que a cidade selecionada no site está persistida em memória e que estar com o plano vencido ou não seja uma informação que já esteja pronta para ser utilizada, você pode fazer o seguinte:

Para aqueles que possuem plano válido

Você pode utilizar os scopes do Active Record para encadear uma série de condições:

class MyModel < ApplicationRecord
  scope :by_name, -> (name) { where(name: name) }
  scope :by_category, -> (category) { where(category: category) }
  scope :by_address, -> (address) { where(address: address) }
  scope :by_neighborhood, -> (neighborhood) { where(neighborhood: neighborhood) }
end

O consumo fica algo:

# todos com o nome "Vinicius" e bairro "Jardins"
MyModel.by_name("Vinicius").by_name("Jardins")

# todos com endereço "7th Ave" ou bairro "Hell's Kitchen"
MyModel.by_address("7th Ave").or.by_neighborhood("Hell's Kitchen")

O suporte ao método #or só está disponível a partir do Rails 5.2.

Se quiser fazer buscas parciais com LIKE, é só ajustar os escopos para:

scope :by_name, -> (name) { where("name LIKE ?", "%#{name}%") }

É a melhor forma de fazer buscas parciais em textos com Active Record, evitando injeção de SQL.

Para aqueles que não possuem plano ou está vencido

Com os escopos criados, fica mais simples pesquisar por nome:

MyModel.by_name("Vinicius")

Performance e N+1

Para evitar as queries N+1, carregue previamente as associações que for comparar, no seu caso categoria e bairro, ou simplesmente compare com o ID.

Com os escopos, ele sempre vai fazer uma query só, da forma que foi escrito. Se quiser ter certeza do que está sendo executado no banco de dados, pode utilizar o método #to_sql:

MyModel.by_name("Vinicius").to_sql
=> "SELECT * FROM my_model WHERE name = 'Vinicius'"

Se você não conseguiu atingir o nível de performance que precisa, sugiro que deixe os helpers do Active Record e escreva o SQL:

PaymentDetail.find_by_sql(<<-SQL 
  SELECT * 
  FROM payment_details
  INNER JOIN projects 
          ON projects.id = payment_details.project_id
  ORDER BY payment_details.created_at DESC
SQL)

Queries mais complexas tendem a deixar o código Ruby muito difícil de ler, e às vezes até prejudicial. Isso acontece na maioria dos ORMs. Nesses casos, opto por escrever o SQL.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.