1

Não é possível criar 2 construtores para uma classe. Como faço para instanciar uma classe e para utilizar as funções da mesma sem precisar criar um novo objeto? No C#, por exemplo, eu utilizo um construtor vazio e ainda posso usar um com parâmetros.

fechada como não está clara o suficiente por Maniero 14/06/18 às 18:48

Esclareça seu problema específico ou acrescente outros detalhes para destacar exatamente o que precisa. Do modo como está escrito aqui, é difícil saber exatamente o que você está perguntando. Consulte a página Como perguntar para obter ajuda no esclarecimento desta pergunta. Conheça as regras na central de ajuda e edite a pergunta para que fique adequada.

1

O único jeito de usar os métodos de uma classe sem instancia-la é se os mesmos forem static. Exemplo:

class User 
{
    public static function create($data)
   {
     // code here
   }
}

E para usa-lo:

User::create($data);

De forma não estática:

class User
{
    public function create($data)
   {
     // code here
   }
}

$user = new User();

$user->create($data);
  • 2
    Posso estar enganado porque a pergunta não está tão clara, mas acho que não é isto que ele quer saber. – Maniero 14/06/18 às 17:59
  • Era isso mesmo vlw – Reignomo 14/06/18 às 18:14
4

Como PHP é uma linguagem dinâmica, a sobrecarga de métodos não é necessária. Programar em PHP como se programa em C# não faz sentido. mesmo assim quase todo mundo tem tentado fazer. Se é para programar como no C#, então usa o C#.

Criar mecanismos de contrato como os que o PHP disponibilizou em versões mais recentes não faz o menor sentido em linguagem dinâmica, por isso causa confusão nas pessoas.

A solução neste caso é criar um construtor com todos os parâmetros e internamente tratar os casos de parâmetros que não foram usados e estabelecer o que fazer. Algo que dá para fazer em C# como mecanismo de compilação, obviamente com limitações. Em PHP resolve-se me tempo de execução, então é mais flexível.

class Classe {
    pubclic function __construct($p1, $p2) {
        if (!isset($p2)) $p2 = 10;
        //inicialza o objeto aqui
    }
}

Outra possibilidade é criar um método estático que faça a construção, aí pode ter quantos quiser, cada um com um nome diferente, e pode escolher como serão os parâmetros de cada um e como eles constroem o objeto. Portanto você tem uma função na classe que não depende da instância que criará uma uma instância internamente e retornará esse objeto criado para seu código chamado.

Mas aí pra que existe construtor na linguagem? Pra que criar uma pseudo sobrecarga em uma linguagem que escolheu não ter isto?

class Classe {
    public static function create($par) {
        return new Classe($par, 10);
    }
    pubclic function __construct($p1, $p2) {
        //inicialza o objeto aqui
    }
}

$obj = Classe::create($data);
  • Entendi, estou estudando php a pouco tempo, vim do C# então estou tentando me adaptar – Reignomo 14/06/18 às 18:15

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.