8

Trecho de código-fonte da interface Comparator.

Alguém me explica como é tratado esse Comparator<T> & Serializable?

public static <T, U extends Comparable<? super U>> Comparator<T> comparing(
        Function<? super T, ? extends U> keyExtractor)
{
    Objects.requireNonNull(keyExtractor);
    return (Comparator<T> & Serializable)
        (c1, c2) -> keyExtractor.apply(c1).compareTo(keyExtractor.apply(c2));
}
  • 3
    No grepcode tem a opcao de ver o codigo em forma de texto, clica em RAW. Eu ja copiei o método de la q vc tentou trazer pra cá, de qualquer forma. – user28595 8/06/18 às 20:00
  • @Articuno Valeu! É complicado postar pelo celular heheh – Piovezan 8/06/18 às 20:02
  • 3
    Esse não é o operador bitwise. É apenas o mesmo glifo. Aí ele está meio que dizendo que o objeto retornado pertence a ambas as interfaces – Jefferson Quesado 8/06/18 às 21:17
7

Isso daqui é um lambda:

(c1, c2) -> keyExtractor.apply(c1).compareTo(keyExtractor.apply(c2));

Isso daqui é um cast:

(Comparator<T> & Serializable)

Esse cast faz com que o lambda seja interpretado como sendo do tipo Comparator<T> & Serializable.

O tipo Comparator<T> & Serializable é um tipo intersecção, que significa Comparator<T> e Serializable ao mesmo tempo. O uso de tipos intersecção é algo bem raro de se ver em Java, e portanto essa é uma característica da linguagem que você só verá sendo aplicada em código real uma vez ou outra.

No caso, ao usar o cast de um lambda para um outro tipo, o inferidor de tipos do compilador vai ser induzido a inferir como tipo do lambda, o tipo apontado no cast. Ou seja, a parte do compilador que tenta adivinhar o tipo dos parâmetros e do retorno do lambda vai acabar concluindo que o tipo de retorno é esse tipo intersecção. Uma vez que Comparator<T> tem apenas um método abstrato, Serializable não tem métodos abstratos e ambos são interfaces, então esse tipo é representável por um lambda.

O compilador verá esse código, como algo mais ou menos equivalente a isso:

public static <T, U extends Comparable<? super U>> Comparator<T> comparing(
        Function<? super T, ? extends U> keyExtractor)
{
    Objects.requireNonNull(keyExtractor);
    class Temp implements Comparator<T>, Serializable {
        @Override
        public int compare(T c1, T c2) {
            return keyExtractor.apply(c1).compareTo(keyExtractor.apply(c2));
        }
    }
    return new Temp();
}

A finalidade em fazer-se isso é permitir que um objeto que seja a realização de um lambda seja também serializável, evitando-se que ocorra uma java.io.NotSerializableException no caso de ocorrer a tentativa de serialização de algum objeto que tenha em um de seus campos não-transient, o objeto retornado pelo método comparing.

  • 2
    A intenção eu havia "pescado" do código, e acho que já vi alguma coisa assim em generics, mas não sabia que funcionava em casts. – Piovezan 8/06/18 às 22:01

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.