-1

Estou precisando de ajuda para autenticar usuarios no meu site mas não sei o que a variavel sql que estanciei retorna quando acha o usuario certo o que eu coloco no if?

<?php 
include  'conexao.php';
$conexao = conexao::getInstance();

$login = $_POST['login']; 
$senha = $_POST['senha'];

$sql = "SELECT * FROM tabela  WHERE login = '$login' AND senha = '$senha'"; 

if ($sql== ? ) {
    session_start();
    $_SESSION['login']=$_POST['login'];
    $_SESSION['login']=$_POST['senha'];
    echo "login efetuado ";
    header("paineladm.php");
}else {
    echo "Login ou senha invalidos tente novamente...";

    header('login.php');
}

marcada como duplicata por Bacco php 7/06/18 às 18:14

Esta pergunta foi feita antes e já tem uma resposta. Se essas respostas não abordarem completamente sua pergunta, faça uma nova pergunta.

  • Primeiro, que API está utilizando para gerenciar o banco? MySQLi ou PDO? Segundo, leia sobre SQL Injection. Terceiro, se a última linha de código deveria redirecionar o usuário, faltou o nome do cabeçalho Location. Também não faz muito sentido você imprimir a mensagem no corpo da resposta se irá redirecionar. – Anderson Carlos Woss 7/06/18 às 18:07
0

Validação de usuário e uma coisa delicada, você tem que pensar bastante na questão de segurança. Eu te indico usar PDO, da uma olhada no manual.

Vou deixar um exemplo simples pra você ter embasamento

<?php
if(isset($_POST["login"])&& $_POST["login"]=="login"){
  $usuario = trim($_POST["usuario"]);
  $senha = trim($_POST["senha"]);

  if (empty($usuario)) {
    echo  "<script>alert('Informe o usuário!');</script>";
  }else if (empty($senha)) {
    echo  "<script>alert('Informe a senha!');</script>";
  }else{
    try {
      $stmt = $pdoMySql ->prepare("SET CHARACTER SET utf8");
      $stmt->execute();
      $stmt = $pdoMySql ->prepare("SELECT * FROM usuario WHERE  usuario = ?, senha = ? LIMIT 1;");
      $stmt->bindParam(1, $usuario);
      $stmt->bindParam(2, $senha);
      $stmt->execute();

      //Se cair aqui e porque usuário exisste
      if ($linha = $stmt->fetch(PDO::FETCH_ASSOC)){
        //Controle para sessão em outras páginas
        $_SESSION["loginok"] = true;
        //caso precisar esses dados em outras pagi8nas
        $_SESSION['usuario'] = $usuario;
        $_SESSION['senha'] = $senha;
        echo " <script language= \"JavaScript\"> location.href=\"index.php\"  </script>";
      } else {
        echo  "<script>alert('Usuário não existe!');</script>";
      }

    } catch (\Exception $e) {
      //erro
    }
  }
}
?>
0

Utilizando o que o PHP fornece, você deve trabalhar com a funções Password Hashing do PHP.

password_hash

Deve-se criar e armazenar o hash da senha em algum repositório (banco de dados, etc...). Para realizar o hash, você deve utilizar a função password_hash

$passwordHash = password_hash($_POST['password'] , PASSWORD_DEFAULT);

No primeiro parâmetro é a senha que você quer armazenar e o segundo é o algoritmo que será utilizado para a senha. Conforme o manual (que você também pode ler nesta resposta), é recomendado utilizar PASSWORD_DEFAULT.

O hash que for gerado será sempre diferente, e, como exemplo, para a senha teste123, gerou o hash abaixo:

$2y$10$kPsVvPp8Z1K73vEW/fHcHewbkkQNTN0JOdLPEwoydf8y4pO32Ixqu

Você pode verificar neste link a geração de hashs: https://3v4l.org/3eDee

password_verify

No momento de validar a senha, você deve utilizar a função password_verify. Conforme o exemplo abaixo:

password_verify ($_POST['senha'], $hash);

Sendo a variável $hash, o hash que foi retornado pela função password_hash e salvo no storage.

Exemplo:

$senha = "teste123";
$hash = '$2y$10$kPsVvPp8Z1K73vEW/fHcHewbkkQNTN0JOdLPEwoydf8y4pO32Ixqu';

echo password_verify ($senha , $hash) ? 'Senha válida' : "Senha inválida";

Saída:

Senha válida

Código em funcionamento: https://3v4l.org/ksn1J

Autenticação e Segurança

Para melhorar ainda mais a segurança da autenticação, existem alguns passos a serem seguidos. O primeiro, é não diferenciar entre usuário ou senha inválidos. Pois, o atacando, saber que um usuário é válido, irá focar apenas nele para tentar localizar a senha.

Em segundo lugar, está algo chamado de Timming Attack. Que, resumidamente, consiste em verificar quanto tempo o algoritimo demora para responder que a senha é invalida e ir comparando estes tempos com senhas diferentes, para localizar caracteres corretos dentro de uma senha. Você pode ler sobre isso neste link

A função password_verify já possui defesa contra Timming Attack, mas deve ser usada corretamente.

Com isso em mente, podemos chegar no seguinte script:

//criado utilizando o seguinte código: password_hash("dummy_password" , PASSWORD_DEFAULT);
define("DUMMY_PASSWORD" , '$2y$10$bev5nl962WWcwa1G2gyXyunkKY77Xf7OTr.1I3zcl7Qd4zFYCqXjC');

$usuario = $_POST['usuario'];

$pdo = new \PDO(/** dados de conexão**/);
$statement = $pdo->prepare('SELECT * FROM user WHERE login = ?');
$statement->execute([$usuario]);
$row = $statement->fetch(PDO::FETCH_ASSOC);

if(!$row)
{
    // Usuário não existe
    // A validação é feita em uma senha qualquer 
    //para que o tempo de resposta entre uma consulta que o usuário não exista
    //e uma consulta que o usuário exista e a senha esteja errada seja o mesmo.
    password_verify("" , DUMMY_PASSWORD);

    throw new \RuntimeException('Usuário/Senha não confere');//usuário não existe, mas a mensagem é genérica para evitar força bruta
}

if(!password_verify($_POST['senha'] , $row['password']))
{
    //usuário existe, mas a mensagem é genérica para evitar força bruta
    throw new \RuntimeException('Usuário/Senha não confere');
}

echo 'usuário logado';

Foi utilizada a biblioteca PDO para simplificar a conexão com o banco de dados e proteger contra SQL Injection.

Lembrando, este é apenas um algoritimo de exemplo, com uma forma segura e eficaz de login/autenticação. Os detalhes criação de sessão, redirecionamento, devem ser implementados conforme a necessidade.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.