-1

Gente estou com um problema e eu acredito que seja por causa da ordem de execução eu não posso rodar tal bloco de código se ele não passar primeiro por uma condição se não vai dar erro, e uma vez ouvir falar que em C ele primeiro executa o código depois verifica, isso é verdade? E como é em python?

 menor = 9999999999999999999999999999
    valor_k = 0
    for k in range(self.numero_vertices): 
        if (grafo.number_of_edges(v,k) == 1): # se for diferente de 1 não deveria fazer nada so aumentar o valor de k no for
            if (grafo[v][k]['tamanho'] < menor and self.verifica_fonte(grafo, k, v) == True):
                menor = self.grafo[v][k]['tamanho']
                valor_k = k
    return valor_k
  • Depende do que está falando, mostre o código e o que acha que é primeiro. – Maniero 19/05/18 às 18:33
  • Editei a pergunta e coloquei o código – Diego Dias 19/05/18 às 18:40
  • O que você não entende? O que acha que executa primeiro? – Maniero 19/05/18 às 18:53
  • Quando ele chega na minha primeira condição estou achando que ele não verifica ela mas sim faz o restante do código depois volta nela para verificar se realmente minha função retornou 1 ou não. Ouvi falar uma vez que na linguagem C ele fazia isso por ser mais "econômico". Gostaria de saber se isso é verdade e se em python também é assim. – Diego Dias 19/05/18 às 18:55
  • Explique melhor o que você ouviu falar. Não parece ser procedente nada disso, inclusive por que seria incoerente. – Maniero 19/05/18 às 19:03
0

ele primeiro executa o código depois verifica

Isso não é verdade, acredito que pra nenhuma linguagem.

if 1 > 2:
    print('Isso nunca vai ser executado.')

No exemplo acima, o print não vai ser executado.

Se o código dentro do seu if está sendo executado quando não deveria, é porque a condição avaliada por ele resultou em True. Sugiro que use um debugger ou print nas suas variáveis pra entender o que está acontecendo e onde está a suposição errada.

Quanto ao que você ouviu, provavelmente entendeu mal o seguinte:


O que pode acontecer é que talvez você verifique uma condição de modo que tenha efeitos secundários. Por exemplo:

def verificar_xyz():
    print('Isso sempre será executado.')
    return False

if verificar_xyz():
    print('Isso nunca será executado.')

Nesse caso, o bloco dentro do if não será executado porque verificar_xyz retorna False, mas o print de dentro da função é executado, porque a função é executada normalmente até o return.


Em um if ou outra verificação de condição, se uma das condições em um and é negativa, a avaliação pára imediatamente. Isso quer dizer que, por exemplo, os seguintes trechos se comportam de modo diferente:

if verificar_xyz() and 1 > 2:
    print('Isso nunca será executado.')

Aqui o bloco dentro do if não será executado, mas a função verificar_xyz foi executada e o texto "Isso sempre será executado" de dentro da função é mostrado na tela. 1 > 2 não chega a ser avaliado porque a primeira condição avaliada já retornou False.

if 1 > 2 and verificar_xyz():
    print('Isso nunca será executado.')

Aqui o "Isso sempre será executado" da função verificar_xyz não será executado porque já que 1 > 2 resulta em False, o Python (ou outra linguagem) sabe que a condição and não pode ser verdadeira e imediatamente pula o bloco, sem avaliar verificar_xyz().

Por isso, é recomendável que as funções usadas em avaliações de condição não tenham efeitos secundários. Isso pode gerar bugs sutis.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.