3

O Visual Studio 2017 me sugeriu algo que fiquei surpreso, a criação de objeto sem usar o operador new, fiquei surpreso, pois estou vindo do Java e faz um ano que estou parado e resolvi voltar a estudar.

Pois bem, ao criar um novo objeto Empresa, não aparece os campos da classe Endereco que estão declarados dentro da classe Empresa, mas dentro dela também tem a classe Plano e este sim, aparecem no completar.

Não consigo ver errro, pois as duas classes são quase iguais, tirando o fato que Plano recebe herança da classe Persistant.

Abaixo segue o código para verem das classes:

Classe Empresa

namespace Cobranca.pkgModel
{
    public class Empresa : Persistant
    {
        private string nome;
        private string razaoSocial;
        private string cnpj;
        private string status;
        private Plano plano;
        private Endereco endereco;

        public Empresa()
        {
            Endereco = new Endereco();
            Plano = new Plano();
        }

        //métodos getter e setter
    }
}

Classe Plano

namespace Cobranca.pkgModel
{

    public class Plano : Persistant 
    {
        private string nome;
        private string tipoCobranca;
        private double valor;

        //métodos getter e setter
    }
}

Classe Endereco

namespace Cobranca.pkgModel
{
    public class Endereco
    {
        private string logradouro;
        private string numero;
        private string bairro;
        private string complemento;
        private string cep;
        private string cidade;
        private string estado;

        //métodos getter e setter
    }
}

Abaixo segue o print que tirei da tela

Print da tela ao tentar usar este recurso

Alguém sabe me responder porque estou passando por isso, sendo que criei um método igual na classe PlanoDAO e não apresenta essa falha.

E qual nome desta funcionalidade para eu estudar, isso tem haver com lambda?

Obrigado


Resposta:

Só para constar editei meu código conforme os confrades informaram e ficou assim:

            this.Model = new Empresa
            {
                Id = Convert.ToInt32(data["id"]),
                Nome = Convert.ToString(data["nome"]),
                RazaoSocial = Convert.ToString(data["razao_social"]),
                Cnpj = Convert.ToString(data["cnpj"]),
                Status = Convert.ToString(data["status"]),
            };

            this.Model.Plano = new Plano
            {
                Id = Convert.ToInt32(data["plano_pk"]),
                Nome = Convert.ToString(data["plano_nome"]),
                Valor = Convert.ToDouble(data["plano_valor"])
            };

            this.Model.Endereco = new Endereco
            {
                Logradouro = Convert.ToString(data["logradouro"]),
                Numero = Convert.ToString(data["numero"]),
                Bairro = Convert.ToString(data["bairro"]),
                Complemento = Convert.ToString(data["complemento"]),
                Cep = Convert.ToString(data["cep"]),
                Cidade = Convert.ToString(data["cidade"]),
                Estado = Convert.ToString(data["estado"])
            };
5

Esse código não deve estar compilando:

public Empresa()
{
    Endereco = new Endereco();
    Plano = new Plano();
}

Note que você declarou as propriedades endereco e plano com os nomes completamente em minúsculas e como private, mas aqui você está usando aquelas com a inicial em maiúsculo.

Sobre as minúsculas

O é case-sensitive, então Plano1 é diferente de plano2.

1 - Refere-se ao tipo Plano (a classe declarada)
2 - Refere-se à propriedade do tipo Plano cujo nome nessa ocorrência é plano

Nas versões mais recentes do Visual Studio, o destaque apresentado na IDE reforça a interpretação do compilador sobre o código escrito.

Observe :

empresa = new Empresa 
{
    Endereco. // AQUI
}

A palavra Endereco está na cor verde (ou azul, ou azul esverdeado, ou verde azulado ou seja lá o que for), da mesma forma que Empresa ou MySqlCommand, por exemplo. Isso sugere que naquele momento você está fazendo referência ao Tipo, e não à instância. Portanto, só serão apresentados, caso existam, membros estáticos da classe Endereco.

Sobre o private

Ainda que você estivesse usando o nome da propriedade corretamente, você não seria capaz de atribuir o valor dela, pois, assim como é no , o modificador private limita o acesso à propriedade ao escopo onde ele é declarado (a própria classe).

Resolvendo

Então, para corrigir seria:

1 - Mudar os modificadores de acesso dos campos nas suas classes para public, como no exemplo abaixo:

public class Endereco
{
    public string logradouro;
    public string numero;
    public string bairro;
    public string complemento;
    public string cep;
    public string cidade;
    public string estado;
}

2 - Usar a propriedade ao invés do tipo nos construtores:

var endereco = new Endereco
    {
        logradouro = "algum nome",
        numero = "22A",
        // ... por aí vai
    };

(...)a criação de objeto sem usar o operador new(...)

Eu acho que essa sua afirmação foi fruto da confusão entre tipos e instâncias do tipo. Então, destruindo os sonhos, para criar a instância do tipo você vai mesmo precisa do new.

Espero ter ajudado.

  • 2
    Eu posso estar enganado, mas eu acho que o OP não adicionou na pergunta os getter e setter, veja que tem um comentário //métodos getter e setter, logo o Endereco = new Endereco(); vai compilar – Barbetta 11/05/18 às 12:37
  • 1
    @Macario1983 talvez seja interessante você avaliar se não vale a pena passar como parâmetro do construtor de Empresa um objeto Endereco já preenchido. – Diego Rafael Souza 12/05/18 às 13:22
  • 1
    @Macario1983 não. Costumamos chamar de propriedade autodeclarada (a que não precisa de um campo private) – Diego Rafael Souza 12/05/18 às 14:08
  • 2
    O VS tem um atalho para criação de propriedades, na sua classe escreva prop e aperte TAB duas vezes. Se escrever propfull e TAB duas vezes, ele cria ela a "moda antiga" – Barbetta 12/05/18 às 15:29
  • 1
    @Macario1983, o construtor sem parêntesis é conhecido como construtor padrão e alimetar as propriedades do tipo no momento da instanciação nós chamamos de inicialização do tipo, isso é um dos vários facilitadores do C#. – Diego Rafael Souza 13/05/18 às 14:01
2

O correto seria:

Endereco end = new Endereco()
{
    logradouro = "Rua teste",
    numero = "1200"
};

Sem utilizar o nome da classe antes do atributo (como você estava fazendo).

Entretanto, há um segundo problema, pois, todas as propriedades das tuas classes são privadas.

Quando eu adiciono no VS Code, aparece a seguinte mensagem:

'Endereco.logradouro' is inaccessible due to its protection level.

Mudando para public funcionaria e/ou adicionar a atribuição dos valores à algum método, como o construtor. A escolha depende do objetivo da classe e das suas propriedades. Se é apenas um container, mude para public. Entretanto, se é uma necessidade os dados serem populados na criação da instância, use o construtor.

[...]mas dentro dela também tem a classe Plano e este sim, aparecem no completar.

Como não está nos exemplos aonde que ela está sendo criada, não posso afirmar as diferenças. Se ela estiver sendo declarada dentro do mesmo escopo de sua classe, não ocorrerá erros.

  • Amigo, eu omiti as declarações de get e set do código para não alongar demais, mas coloquei um comentário se perceber. – Macario1983 12/05/18 às 13:01
  • 1
    @Macario1983 sim, isso é verdade. Mas, a forma que estava implementando implicam nas correções acima mencionadas para que funcionem. – Gabriel Heming 14/05/18 às 11:29

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.