9

Estou utilizando um webService (viaCep) para preenchimento automático do logradouro, para quando o usuário digitar um CEP. O webService me retorna um json com as informações do logradouro, e desse retorno preencho os inputs referente(Rua, cidade, etc..).

Quando digito manualmente as informações dos campos referente a endereço, consigo obter os mesmo na requisição.

Quando os campos são preenchidos com as informações do WebService, ao obter as requisição do form, os campos (Cidade, Estado, Rua, etc..) chegam null.

JavaScript que retorna o json do WebService:

function limpa_formulário_cep() {
   document.getElementById('endereco').value = ("");
   document.getElementById('bairro').value = ("");
   document.getElementById('cidade').value = ("");
   document.getElementById('estado').value = ("");
}

function meu_callback(conteudo) {
   if (!("erro" in conteudo)) {
      document.getElementById('endereco').value = (conteudo.logradouro);
      document.getElementById('bairro').value = (conteudo.bairro);
      document.getElementById('cidade').value = (conteudo.localidade);
      document.getElementById('estado').value = (conteudo.uf)
   }
    else {
       limpa_formulário_cep();
       alert("CEP não encontrado.");
   }
}

 function pesquisacep(valor) {

 var cep = valor.replace(/\D/g, '');

 if (cep != "") {
    var validacep = /^[0-9]{8}$/;
    if (validacep.test(cep)) {
        document.getElementById('endereco').value = "...";
        document.getElementById('bairro').value = "...";
        document.getElementById('cidade').value = "...";
        document.getElementById('estado').value = "...";

        var script = document.createElement('script');
        script.src = 'https://viacep.com.br/ws/' + cep + '/json/?callback=meu_callback';
        document.body.appendChild(script);
    } 
    else {
        limpa_formulário_cep();
        alert("Formato de CEP inválido.");
    }
} 
   else {
      limpa_formulário_cep();
   }
 };

Form que consulta e recebe o retorno do JS:

  <input name="cep" id="cep"  onblur="pesquisacep(this.value);" ng-model="contribuinte.cep" type="text"/>
  <input name="estado" id="estado"  ng-model="contribuinte.estado" charcase="uppercase" type="text"/>
  <input name="cidade" id="cidade" ng-model="contribuinte.cidade" type="text"/>
  • Pelo que entendi você está utilizando AngularJS junto com o JavaScript puro, correto? – Camilo Silva 14/05/18 às 15:15
  • Isso, @CamiloSilva . Versão 1x. – Vinícius 14/05/18 às 15:16
  • Sim, meu controller recebe esse objeto 'contribuinte'. – Vinícius 14/05/18 às 15:18
  • Sinceramente não entendi o problema, achei o enunciado confuso. – WoF_Angel 14/05/18 às 17:54
  • Desculpe a sinceridade, mas recomendo ajustar esse português aí, pelo menos para mim a pergunta continua sem sentido. Você falou: "Nele preencho alguns inputs do meu formulário. Como por exemplo, retornou "Rio de Janeiro" e preenchi meu form o input do label 'Cidade'". Isso significa que ele retorna algo para você antes de você digitar??? – WoF_Angel 16/05/18 às 14:33
4
+25

Avaliando o código postado parece-me que você está fazendo mal uso ou subutilizando o AngularJS, perdendo assim as vantagens do framework. Exemplo disso está no código abaixo em que você abre mão de utilizar o recurso do model.

   document.getElementById('endereco').value = ("");

Assim como diversos frameworks atuais o Angularjs trabalha internamente com a ideia de ciclo de vida, o que torna mister seguir a filosofia adotada pelo mesmo. Abaixo segue um exemplo de como consumir a api que deseja no padrão adotado pelo framework:

angular.module('app', [])
  .controller('CepController', function($http) {
    var vm = this;

    vm.pesquisarCep = function() {

      var cepValido = /^[0-9]{5}[-]?[0-9]{3}$/.test(vm.cep);

      if (cepValido) {

        $http.get("https://viacep.com.br/ws/" + vm.cep + "/json/").then(
          function(response) {
            vm.endereco = response.data;
          },
          function(error) {
            if (error.status === 404) {
              alert('Cep não encontrado');
            }
          } //callback para tratameno de falhas
        );
      } else {
        alert('CEP inválido!');
      }
    }
  });
<script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/angularjs/1.2.23/angular.min.js"></script>

<h2>Via Cep</h2>

<form ng-app="app" ng-controller="CepController as vm">
  <input type="text" ng-model="vm.cep" />
  <button ng-click="vm.pesquisarCep()">Pesquisar</button>
  <hr>
  <table border>
    <tr style="background-color:aquamarine">
      <th>CEP</th>
      <th>Logradouro</th>
      <th>Complemento</th>
      <th>Bairro</th>
      <th>Localidade</th>
      <th>UF</th>
      <th>Unidade</th>
      <th>IBGE</th>
      <th>GIA</th>
    </tr>
    <tr ng-if="vm.endereco">
      <td>{{vm.endereco.cep}}</td>
      <td>{{vm.endereco.logradouro}}</td>
      <td>{{vm.endereco.complemento}}</td>
      <td>{{vm.endereco.bairro}}</td>
      <td>{{vm.endereco.localidade}}</td>
      <td>{{vm.endereco.uf}}</td>
      <td>{{vm.endereco.unidade}}</td>
      <td>{{vm.endereco.ibge}}</td>
      <td>{{vm.endereco.gia}}</td>
    </tr>
  </table>
</form>

Plunker: http://plnkr.co/edit/devL9yp3GwZK0Ao2u8nI?p=preview

0

Se for utilizar AngularJS, utilize-o em sua totalidade. Evite misturar. A chamada com jsonp pode ser verificada como abaixo:

(function() {
  angular
    .module('appCep', [])
    .controller('CepController', CepController);

  CepController.$inject = ['$http'];

  function CepController($http) {
    const FORMATO = /^[0-9]{8}$/;
    var vm = this;
    vm.pesquisar = _pesquisar;

    _inicializar();

    function _inicializar() {
      vm.contribuinte = {};
      vm.mensagem = {};
      vm.mensagem.visivel = false;
      _limpar();
    }

    function _pesquisar() {
      var cep = vm.contribuinte.cep.replace(/\D/g, '');

      if (FORMATO.test(cep)) {
        $http.jsonp('https://viacep.com.br/ws/' + cep + '/json/?callback=JSON_CALLBACK').success(_atribuir);
      } else {
        _limpar();
        vm.mensagem.visivel = true;
      }
    }

    function _atribuir(dados) {
      if (dados.erro) {
        _limpar();
        vm.mensagem.visivel = true;
      } else {
        vm.contribuinte.logradouro = dados.logradouro;
        vm.contribuinte.bairro = dados.bairro;
        vm.contribuinte.estado = dados.uf;
        vm.contribuinte.cidade = dados.localidade;

        vm.mensagem.visivel = false;
      }
    }

    function _limpar() {
      vm.contribuinte.logradouro = '...';
      vm.contribuinte.bairro = '...';
      vm.contribuinte.estado = '...';
      vm.contribuinte.cidade = '...';
    }
  };
})();
div.vermelho {
  color: red;
}

label {
  display: inline-block;
  width: 140px;
  text-align: right;
}
<script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/angularjs/1.2.23/angular.min.js"></script>
<div ng-app="appCep">
  <div ng-controller="CepController as vm">
    <label>CEP:</label> <input name="cep" id="cep" ng-blur="vm.pesquisar()" ng-model="vm.contribuinte.cep" type="text" />
    <br>
    <label>Logradouro:</label> <input name="logradouro" id="logradouro" ng-model="vm.contribuinte.logradouro" charcase="uppercase" type="text" ng-disabled="true" />
    <br>
    <label>UF:</label> <input name="estado" id="estado" ng-model="vm.contribuinte.estado" charcase="uppercase" type="text" ng-disabled="true" />
    <br>
    <label>Bairro:</label> <input name="bairro" id="bairro" ng-model="vm.contribuinte.bairro" type="text" ng-disabled="true" />
    <br>
    <label>Cidade:</label> <input name="cidade" id="cidade" ng-model="vm.contribuinte.cidade" type="text" ng-disabled="true" />

    <div ng-show="vm.mensagem.visivel" class="vermelho">
      CEP ({{vm.contribuinte.cep}}) não encontrado!
    </div>
  </div>
</div>

No exemplo acima criei o Controller CepController em que as variáveis e funções são agrupadas. A função pesquisar utiliza o service $http para realizar a chamada da URL e tratar o retorno. Note que não manipulei o DOM diretamente em momento algum, utilizando assim todo o potencial do framework.

-1

Primeiramente verifique se a linha

script.src = 'https://viacep.com.br/ws/' + cep + '/json/?callback=meu_callback';

está construindo a URL corretamente. Após, creio que vale a pena utilizar as propriedades do Angular para vincular os elementos HTML com o seu script.

document.getElementById('endereco').value = "...";
document.getElementById('bairro').value = "...";
document.getElementById('cidade').value = "...";
document.getElementById('estado').value = "...";

Devem ser substituídas por

$scope.contribuinte.endereco = (conteudo.logradouro);
$scope.contribuinte.bairro = (conteudo.bairro);
$scope.contribuinte.cidade = (conteudo.localidade);
$scope.contribuinte.estado = (conteudo.uf);
  • Vc percebeu que está misturando sintaxe do angular em um arquivo javaScript nativo? – Vinícius 14/05/18 às 15:30
  • Sim, isso é possível contando que esse código esteja dentro do seu Controller – Camilo Silva 14/05/18 às 15:32

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.