10

Eu tenho duas tabelas no meu banco e realizo o JOIN com elas. Uma tabela é uma lista de pessoas e a outra lista características dessa pessoa. Pela lógica só existe uma pessoa e cada pessoa pode ter várias características, por isso duas tabelas. Então quando eu faço um join aparece a mesma pessoa algumas vezes só que com sua característica do lado. EX:

+-----+---------+----------------+
|  ID |  PESSOA | CARACTERÍSTICA |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Alto           |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Inteligente    |
+-----+---------+----------------+
|  2  | Iago    | Baixo          |
+-----+---------+----------------+
|  2  | Iago    | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  2  | Iago    | Esperto        |
+-----+---------+----------------+
|  3  | Artur   | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  3  | Artur   | Inteligente    |
+-----+---------+----------------+

Se eu fizer o seguinte select eu obtenho um resultado vazio:

SELECT 
    p.*, c.* 
FROM 
    pessoas AS p LEFT JOIN perfil AS c ON p.pid = c.perfil_pessoa 
WHERE 
    c.caracteristica = 'Divertido' AND c.caracteristica = 'Inteligente'

Quando na verdade eu gostaria do seguinte resultado:

+-----+---------+----------------+
|  ID |  PESSOA | CARACTERÍSTICA |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Alto           |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Inteligente    |
+-----+---------+----------------+
|  3  | Artur   | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  3  | Artur   | Inteligente    |
+-----+---------+----------------+

Ou seja, ter como resultado, toda pessoa que seja 'Divertida' e 'Inteligente'.

Se na cláusula WHERE do select eu usar IN ou OR o resultado também não é aquilo que espero, pelo exemplo dado, o select retornaria todos os resultados, pois todos as pessoas tem como característica "Divertido":

+-----+---------+----------------+
|  ID |  PESSOA | CARACTERÍSTICA |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Alto           |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  1  | Carlos  | Inteligente    |
+-----+---------+----------------+
|  2  | Iago    | Baixo          |
+-----+---------+----------------+
|  2  | Iago    | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  2  | Iago    | Esperto        |
+-----+---------+----------------+
|  3  | Artur   | Divertido      |
+-----+---------+----------------+
|  3  | Artur   | Inteligente    |
+-----+---------+----------------+

O intuito é construir filtros usando as características das pessoas.

12

Você quer trazer a pessoa e todas as suas características, caso atendam ao filtro (que vai ser cumulativo).

Se você estiver usando a versão 8 do MySql, isso vai ser como um passeio no parque.

Segundo a documentação, essa versão dá suporte a Commom Table Expressions.

Tradução livre com destaques próprios

Uma common table expression (CTE) é um resultset nomeado temporário que só existe dentro do escopo de uma única instrução sql, portanto pode ser referenciado somente nela.

As aplicações e variações das CTEs são inúmeras. O seu caso certamente é uma delas.

Nota - As tabelas e nomes de colunas foram simplificados nos exemplos a seguir

Veja como poderíamos fazer:

WITH candidatos AS 
 ( 
     SELECT DISTINCT c.id_pessoa 
     FROM caracteristica c
     WHERE c.caracteristica in ('Alto','Magro') // Insere aqui a lista de qualidades procuradas
     GROUP BY c.id_pessoa
     HAVING count(Distinct c.caracteristica) >= 2 // Aqui a quantidade de qualidades filtradas
 )
SELECT p.nome, c.caracteristica
FROM candidatos filtro 
    JOIN pessoa p ON o.id = filtro.id_pessoa
    JOIN característica c ON c.id_pessoa = p.id

Infelizmente não encontrei um fiddle do MySql 8 online para enriquecer a resposta com um exemplo verificável

Parece uma consulta limpa o suficiente para mim e eu realmente espero que você possa alplicar uma solução como essa no seu cenário para o bem de todos e felicidade geral da nação.

Por outro lado...

Se estiver usando uma versão do MySql < 8.0

Caso esteja usando versões anteriores, consegui chegar em algumas alternativas que possam resolver seu problema, mas continuar em busca de alternativas melhores é recomendado.

Opção 1 - Usando alguns selects aninhados:

SELECT P.nome, C.caracteristica
FROM PESSOA P
    JOIN CARACTERISTICA C on C.id_pessoa = P.id
WHERE Exists ( SELECT 1
               FROM CARACTERISTICA C2
                    RIGHT JOIN ( SELECT distinct cr.caracteristica
                                 FROM caracteristica cr
                                 WHERE Cr.CARACTERISTICA in ('Alto', 'Magro') ) c1 ON c2.caracteristica = c1.caracteristica
              WHERE c2.id_pessoa = p.id 
              GROUP BY C2.id_pessoa
              HAVING count(c2.caracteristica) >= ( SELECT Count(distinct cr.caracteristica)
                                                   FROM caracteristica cr
                                                   WHERE Cr.CARACTERISTICA in ('Alto', 'Magro') ) )

* Ainda há um problema aqui nos subselects eu uso um Distinct nas características para obter um subconjunto com os valores Alto e Magro. Caso você incluísse como filtro uma característica que ninguém tinha (Feio, por exemplo), essa condição seria simplesmente 'ignorada' no resultado. Acho que esse não seria o comportamento esperado/ideal.

* Este exemplo está disponível no SQL Fiddle

Opção 2 - -Usando tabela temporária:

Um outro caminho seria usar uma tabela temporária e inserir nela as características desejadas. A consulta ficaria menos feia (mas ainda longe do ideal), assim:

SELECT P.nome, C.caracteristica
FROM PESSOA P
  JOIN CARACTERISTICA C on C.id_pessoa = P.id
  JOIN ( SELECT c2.id_pessoa, count(c2.caracteristica)
         FROM filtro f
             LEFT JOIN caracteristica c2 on c2.caracteristica = f.caracteristica
         GROUP BY c2.id_pessoa
         HAVING COUNT(c2.caracteristica) = (SELECT COUNT(*) FROM filtro) ) pf on pf.id_pessoa = p.id

* Este exemplo também está disponível no SQL Fiddle

Sobre os resultados que você teve na sua tentativa

Quando você declara da maneira que você havia feito (No Where da própria consulta c.caracteristica = 'Divertido' AND c.caracteristica = 'Inteligente') você estava recebendo o resultado vazio porque cada característica tinha que ser igual a 'Inteligente' E igual a 'Divertido', o que é conceitualmente impossível, pois a característica será sempre um ou outro.

Usando IN ou OR (também no Where da própria consulta, como ficou sugerido) você acabaria trazendo somente as características filtradas e de qualquer pessoa que possuísse pelo menos uma delas.

Espero ter ajudado.

  • 1
    você entendeu perfeitamente o que quero fazer, só que fiz um teste aqui seguindo seu exemplo, e ainda sim retornou todos os resultados que possui uma característica ou outra, não necessariamente o resultado que tenha ambas características selecionadas. – ivan veloso 1/05/18 às 15:43
  • Agora funcionou! Muito obrigado, vou aplicar ao projeto. – ivan veloso 1/05/18 às 15:57
  • 1
    Acredito que não haja um recurso já implementado para este problema de Divisão Relacional, as soluções muito provavelmente serão variações do que já ofereci, mas talvez mais eficientes. Mas vou manter isso em mente, caso encontre uma solução canônica volto aqui para compartilhá-la. A própria comunidade aqui pode oferecê-la daqui um tempo. – Diego Rafael Souza 1/05/18 às 19:16
  • 1
    Eu usei a primeira solução, realmente funcionou perfeitamente. De fato o comando ficou bem complexo, mas funciona. Obrigado. – ivan veloso 1/05/18 às 19:24
  • 1
    Diego, poderia me da mais uma ajuda? Coloquei mais informações no chat com o novo obstaculo que encontrei – ivan veloso 1/05/18 às 23:32
7
+100

Tem maneiras e maneiras de fazer, qual a melhor, depende de como serão geradas as queries.

Para o seu caso provavelmente eu preferiria ter uma tabela de características, uma de pessoas, e uma terceira para fazer as relações. Independente disto, seguem algumas alternativas para a sua modelagem atual:

Usando JOIN:

Esta é uma maneira relativamente simples e objetiva - fazer um JOIN para cada característica:

SELECT 
    a.caracteristica,
    b.caracteristica,
    p.pessoa
FROM 
    perfil AS a
    LEFT JOIN perfil AS b ON a.perfil_pessoa = b.perfil_pessoa
    LEFT JOIN pessoa AS p ON a.perfil_pessoa = p.pid
WHERE 
    a.caracteristica = 'Divertido' AND
    b.caracteristica = 'Inteligente'
;

Veja funcionando no SQL Fiddle.

Apesar de precisar de um número de JOINs equivalente ao número de características, o uso do LEFT já permite que um planner eficiente elimine em cascata os ítens que não atendem a qualquer das características.


Usando SUM, IF e HAVING para filtrar a contagem de ítens:

O "segredo" aqui é fazer a comparação do SUM com o número de ítens buscados (meio que inspirado na solução do colega @bruno):

SELECT
  GROUP_CONCAT(caracteristica ORDER BY caracteristica) AS caracteristicas,
  pessoa
FROM
  pessoa
  JOIN perfil ON perfil_pessoa = pid
GROUP BY
  pid
HAVING
  SUM(IF(caracteristica IN ('Divertido','Inteligente'),1,0))=2
;

Veja funcionando no SQL Fiddle.

Mas esta opção tem um perigo: Caso hajam duas entradas 'Divertido' para a mesma pessoa, ela não funcionará. Tenha o cuidado de garantir a unicidade de opções neste caso (ou use um DISTINCT). Veja a solução avançada a seguir:


Versão "avançada" do HAVING:

Esta versão usa a mesma técnica da anterior, mas com matemática de bits, garantindo que todos os termos sejam encontrados independente de posição, ordem de listagem na busca ou número de ocorrências.

Usando o FIND_IN_SET passamos a detectar em que posição da lista está o termo buscado, setando um bit usando a função de agregação BIT_AND:

SELECT
  GROUP_CONCAT(caracteristica ORDER BY caracteristica) AS caracteristicas,
  pessoa
FROM
  pessoa
  JOIN perfil ON perfil_pessoa = pid
GROUP BY
  pid
HAVING
  BIT_OR(POW(2,FIND_IN_SET(caracteristica, 'Divertido,Inteligente')))&6=6
;

Veja funcionando no SQL Fiddle.

A parte mais complexa é determinar o &6=6 no final da query. O FIND_IN_SET retorna valores na faixa de 0 ao número de ítens do SET passado em string. Zero significa "não encontrado".

Para setar os bits nós usamos o POW(2,...). Ou seja, se nada for encontrado, será setado o bit 0b00000001. Se for encontrado o primeiro termo, será setado o bit 0b00000010, e assim por diante.

Acontece que queremos o primeiro e o segundo termos, o que dá o valor binário 0b00000110, que é justamente 6. Temos que ignorar o primeiro bit, pois ele será setado caso seja retornado um termo diferente do buscado (e o primeiro bit não será setado caso a query encontre exatamente os termos buscados).

Assim, fazendo &6, obtemos o valor 6 estando ou não o último bit setado. Relembrando: palavra não encontrada é o bit zero (valor 1). Termo 1 é o bit 2 (2 em decimal). Termo 2 é o bit 3 (4 em decimal). Portanto 2 + 4 = 6.

E se fossem 3 termos? Mesma lógica, 2 + 4 + 8 = 14, então a expressão do HAVING seria &14=14. Se fossem 4 termos? 2 + 4 + 8 + 16 = 30, ficando &30=30 no HAVING.

Tenho que calcular "na mão"? Não, basta usar a fórmula a seguir:

bitfield = ( 2 ^ num_termos - 1 ) * 2

Isso pode ser útil na linguagem cliente para gerar a query.


Usando GROUP_CONCAT:

Esta query é versátil na hora de gerar os filtros no sentido de não precisar de JOINs extra (entretanto, na prática, ter vários JOINs não deve ser um problema real neste contexto):

SELECT
  pessoa, caracteristicas
FROM
  (
    SELECT
      GROUP_CONCAT(caracteristica) AS caracteristicas,
      pessoa
    FROM
      pessoa JOIN perfil ON perfil_pessoa = pid
    GROUP BY
      pid
  ) c
WHERE
  CONCAT(',',caracteristicas,',') LIKE "%,Divertido,%" AND
  CONCAT(',',caracteristicas,',') LIKE "%,Inteligente,%"
;

Perceba que a query ficaria muito mais simples sem o CONCAT(',', mas isto é um bom hábito quando você busca múltiplas strings, para evitar que um LIKE "%amigo%" pegue um amigo-da-onça por engano.

A "vantagem" aqui é que você só mexe no WHERE, independente do número de características.

A desvantagem é que a busca é feita com LIKE e não aproveita índices.

Veja funcionando no SQL FIDDLE.

  • 1
    +1 Gosto principalmente da primeira alternativa – bruno 8/05/18 às 21:41
  • 1
    @bruno grato!. De fato, a 1a é tecnicamente mais elegante. Ficaria mais legível se eu trocasse por RIGHT JOIN (os joins seriam as condições, e a "pessoa" o primeiro membro do SELECT), mas acabei deixando mais parecida com o que eu quero que o query planner faça. Eu gosto de opções para mostrar várias características úteis para outras situações. – Bacco 8/05/18 às 21:44
  • @bruno apelei, veja a do HAVING com binário :D – Bacco 8/05/18 às 22:45
  • Excelente! Acredito que todas essas opções podem ser reproduzidas em outros sgbd também, as cartas estão na mesa =) – Diego Rafael Souza 9/05/18 às 11:42
  • 1
    @DiegoRafaelSouza grato pelo incentivo, em me ocorrendo mais alternativas interessantes, complemento a resposta. – Bacco 10/05/18 às 21:13
2

Este é um (des)conhecido problema chamado de "Relational Division" (estou a tentar encontrar fontes em portugues mas está complicado) em que o objectivo é encontrar registos que respeitem um conjunto de critérios. Já existem algumas perguntas semelhantes aqui no SOPt, por exemplo

Neste caso em particular, é pretendido identificar as pessoas que possuem (entre outros) os atributos "Magro" e "Alto".

Baseada na resposta do Diego Rafael Souza, fica aqui uma versão com um comportamento um pouco diferente.

SELECT C.ID_PESSOA, 
       P.NOME,
       C.CARACTERISTICA
  FROM PESSOA P
 INNER JOIN CARACTERISTICA C
    ON C.ID_PESSOA = P.ID
 WHERE C.ID_PESSOA IN
 (
    SELECT ID_PESSOA
      FROM CARACTERISTICA C
     WHERE CARACTERISTICA IN ('Magro', 'Alto')
     GROUP BY ID_PESSOA
    HAVING COUNT(DISTINCT CARACTERISTICA) = 2
 );

Neste caso note que, ao contrário das duas primeiras alternativas propostas, apenas serão retornadas as pessoas que são ao mesmo tempo "Magro" e "Alto". A principal diferença está nesta instrução:

HAVING count(c2.caracteristica) >= ( SELECT Count(distinct cr.caracteristica)
                                       FROM caracteristica cr
                                      WHERE Cr.CARACTERISTICA in ('Alto', 'Magro') ) )

Se na sua base de dados não existir qualquer pessoa que tenha o atributo "Magro", irão ser incluidas no conjunto de resultados todas as pessoas que são "Alto" e "Gordo", por exemplo.

Pode confirmar no seguinte fiddle.

No seu caso, precisa mesmo de forçar que o número de caracteristicas seja 2, da forma HAVING COUNT(DISTINCT CARACTERISTICA) = 2 ou, como o Diego fez na terceira opção, usando uma tabela temporária e contando o número de registos existentes.

Se necessitar de uma solução mais genérica o uso da tabela temporária ou table variable é uma boa idea e ao mesmo tempo deverá ter uma boa performance:

CREATE TABLE FILTRO(f varchar(30));

INSERT INTO FILTRO(f) VALUES('Alto'),('Magro');

SELECT C.ID_PESSOA, 
       P.NOME,
       C.CARACTERISTICA
  FROM PESSOAS P
 INNER JOIN perfil C
    ON C.ID_PESSOA = P.ID
 WHERE C.ID_PESSOA IN
 (
    SELECT ID_PESSOA
      FROM PERFIL 
     WHERE CARACTERISTICA IN ('Magro', 'Alto')
     GROUP BY ID_PESSOA
    HAVING COUNT(DISTINCT CARACTERISTICA) = (SELECT COUNT(1) FROM FILTRO)
 );
  • Ótima referêrencia para a pergunta aqui do SOpt, eu havia procurando antes e não tinha encontrado. – Diego Rafael Souza 4/05/18 às 15:38

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.