3

Problema:

Estou armazenando um timestamp no MYSQL, porém quando resgato esse timestamp estou perdendo os milésimos.

Timestamp do Java com milésimos. Timestamp do Java com milésimos

Timestamp do MYSQL sem milésimos. Timestamp do MYSQL sem milésimos.

Por que isso ocorrer?

Como resolver isso?

Preciso do retorno com esses milésimos.

editado:

Acredito que o mysql 5.1.62, não guarde os milesegundos, então parte pra minha solução seria capturar o timeStamp e remover os milliseconds, qual forma eficiente para fazer isso?

  • Acredito que o date time do MySQL não chegue a esse nível de precisão. Sei que no SQL Server existe o tipo datetime2 com esse nível de precisão – gmsantos 19/08/14 às 14:50
  • Por curiosidade: que aplicação você está desenvolvendo que precisa desse nível de precisão (milisegundos)? – gmsantos 19/08/14 às 14:50
  • Posso ficar sem os milsegundos do timestamp, mas como desenvolvedor seria interessante entender esse comportamento. Outra questão é que de todas as formas que tentei obter o timestamp no Java ele vem com milisegundos. System.currentTimeMillis(), Calendar.getInstance().getTimeInMillis(), new Date().getTime(); e new Timestamp().getTime(); não queria ter que remover os milisegundos na marra. – Kenny 19/08/14 às 15:08
  • Versão do MySQL ? Segundos fracionados é uma feature nova no MySQL: dev.mysql.com/doc/relnotes/mysql/5.6/en/news-5-6-4.html – gmsantos 19/08/14 às 17:35
  • A versão do meu MySQL é 5.1.62, qual a melhor forma de pegar um timestamp no Java onde consiga sempre zerar os milesegundos, assim parte do meu problema acaba. – Kenny 20/08/14 às 13:43
3

Respondendo sua pergunta:

qual a melhor forma de pegar um timestamp no Java onde consiga sempre zerar os milesegundos?

Para os casos:

System.currentTimeMillis(), Calendar.getInstance().getTimeInMillis(), new Date().getTime(); e new Timestamp().getTime();

Você diz não querer remover na marra, não sei bem o jeito que você usou, mas a forma mais simples que imagino fazer isso é dividindo por 1000 e em seguida multiplicando por 1000. Assim você desconsidera os últimos três dígitos da sua data, que correspondem ao milisegundos. Assim:

new Timestamp((System.currentTimeMillis()/1000)*1000);

Exemplo:

import java.sql.Timestamp;
import java.util.Calendar;
import java.util.Date;

public class TesteTimestamp {
    public static void main(String[] args) {
        timestampComMili(System.currentTimeMillis());
        timestampSemMili(System.currentTimeMillis());

        timestampComMili(Calendar.getInstance().getTimeInMillis());
        timestampSemMili(Calendar.getInstance().getTimeInMillis());

        timestampComMili(new Date().getTime());
        timestampSemMili(new Date().getTime());

        //timestampComMili(new Timestamp().getTime());
        //timestampSemMili(new Timestamp().getTime());
        /* O código acima não é possível, pois não existe um 
         * construtor padrão a classe Timestamp. Veja em:
         * http://docs.oracle.com/javase/7/docs/api/java/sql/Timestamp.html
         */
    }
    public static void timestampComMili(long l) {
        System.out.println("Com mili: " + new Timestamp(l));
    }
    public static void timestampSemMili(long l) {
        System.out.println("Sem mili: " + new Timestamp((l/1000)*1000));
    }
}

Resultado:

Com mili: 2014-09-16 09:48:41.186
Sem mili: 2014-09-16 09:48:41.0
Com mili: 2014-09-16 09:48:41.198
Sem mili: 2014-09-16 09:48:41.0
Com mili: 2014-09-16 09:48:41.198
Sem mili: 2014-09-16 09:48:41.0

  • Ajudou bastante, a ideia de não ter os "mili" é por que sempre dava diferença em comparação de datas por causa dos "mili", mas já está resolvido. Exemplo populava um objeto, o timestamp do objeto tinha os "mili", passava para o banco e depois fazia uma consulta para saber se tudo foi cadastrado com sucesso. Quando ia comparar os objetos com o equals ou de qualquer outra forma, justamente os "mili" do primeiro objeto eram diferente do retorno do banco. Então acabava ignorando as "datas", mas com isso posso comparar os "timestamp". O banco guarda os "mili". Meio bobo, mas aconteceu. haha – Kenny 19/09/14 às 20:02
1

No MySQL 5.6 você já conseguiria precisão de milisegundos.

tente

select sysdate(6) vai retornar 2013-04-16 13:47:56.273434

e

select sysdate(3) vai retornar 2013-04-16 13:47:56.273


Mas caso não queira migrar para o MySQL 5.6, você pode usar a função DATE_FORMAT().

Segue um exemplo:

DATE_FORMAT(NOW(),'%b %d %Y %h:%i %p') resultado: Aug 19 2014 12:45 PM
DATE_FORMAT(NOW(),'%m-%d-%Y')          resultado: 08-19-2014
DATE_FORMAT(NOW(),'%d %b %y')          resultado: 19 Aug 14
DATE_FORMAT(NOW(),'%d %b %Y %T:%f')    resultado: 19 Aug 2014 12:47:10:214
  • Perco os milesegundos quando cadastro o timestamp, por tanto mesmo que consiga usar o DATE_FORMAT(create_in,'%d %b %Y %T:%f') não daria certo. Nesse caso pode até funcionar por que usa o NOW() é uma DATA completa. – Kenny 20/08/14 às 19:11

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.