9

Em banco de dados relacional, qual a diferença entre modelagem conceitual, lógica e física?

Poderia dar um exemplo?

9

Modelagem Conceitual

O objetivo aqui é criar um modelo de forma gráfica, sendo este chamado de Diagrama Entidade e Relacionamento (DER), que identificará todas as entidades e relacionamentos de uma forma global.
Aqui é evitado qualquer detalhamento específico do modelo de BD.
Sua principal finalidade é capturar os requisitos de informação e regras de negócio sob o ponto de vista do negócio.
No desenvolvimento de soluções é o primeiro modelo que deve ser desenvolvido.
Na fase de levantamento de requisitos.
Feito geralmente pelo Gestor de Dados de Negócio ou outro profissional acompanhado de sua supervisão/orientação.
É independente de hardware ou software, ou seja, não depende de nenhum tipo de servidor de banco de dados [Sql Server, My Sql, Oracle, Postgresql, etc].
Por tanto, qualquer alteração no software ou hardware, não terão efeito no nível conceitual.

Modelagem lógica

A modelagem lógica é necessária para compilar os requisitos de negócio e representar os requisitos como um modelo.
Está principalmente associada à coleta de necessidades de negócios, e não ao design do banco de dados.
As informações que precisam ser coletadas são sobre unidades organizacionais, entidades de negócios e processos de negócios.
Descreve como os dados serão armazenados no banco e também seus relacionamentos.
Esse modelo adota alguma tecnologia, pode ser: relacional, orientado a objetos, orientado a colunas, entre outros.

Os modelos lógicos basicamente determinam se todos os requisitos do negócio foram reunidos.
Ele é revisado pelos desenvolvedores, pelo gerenciamento e, por fim, pelos usuários finais para ver se é necessário coletar mais informações antes do início da modelagem física.

O DER lógico também modela as informações coletadas dos requisitos de negócios.
É mais complexo do que o modelo conceitual em que os tipos de coluna são definidos.
Observe que a configuração dos tipos de coluna é opcional e, se você fizer isso, deverá fazer isso para auxiliar na análise de negócios.
Não tem nada a ver com a criação de banco de dados ainda.

Modelagem física

A modelagem física lida com o design do banco de dados real com base nos requisitos reunidos durante a modelagem lógica do banco de dados.
Todas as informações coletadas são convertidas em modelos relacionais e modelos de negócios.
Durante a modelagem física, os objetos são definidos em um nível denominado nível de esquema.
Um esquema é considerado um grupo de objetos que estão relacionados entre si em um banco de dados.
Tabelas e colunas são feitas de acordo com as informações fornecidas durante a modelagem lógica.
Chaves primárias, chaves exclusivas e chaves estrangeiras são definidas para fornecer restrições.
Índices são definidos.

A modelagem física depende do software que já está sendo usado na organização.
É específica ao software. [Sql Server, Oracle, MySql, Postgresql, etc]

Resumo:

  1. Entre os componentes de um modelo conceitual, podemos relacionar:

    • Entidades;
    • Atributos;
    • Relacionamentos;
  2. Modelagem lógica é principalmente para a coleta de informações sobre as necessidades de negócios e não envolve projetar um banco de dados.
    Enquanto que a modelagem física é principalmente necessária para o projeto real do banco de dados.

  3. Modelagem lógica não inclui índices e constraints.
    O modelo lógico para um aplicativo pode ser usado em vários banco de dados [Sql Server, MySql, Oracle, Postgresql, etc].
    Na modelagem lógica pode haver chaves primárias e estrangeiras, qnquanto que a modelagem física é específica de software e hardware e possui índices e constraints.

  4. Modelagem lógica inclui; ERD, diagramas de processos de negócios e documentação de feedback do usuário; considerando que a modelagem física inclui; diagrama de modelo de servidor, documentação de design de banco de dados e documentação de feedback do usuário.


Traduzido de: http://www.differencebetween.net/technology/software-technology/difference-between-logical-and-physical-database-model/


Tabela comparativa das características dos modelos

Nesta tabela você pode ver a diferença entre cada modelo:
inserir a descrição da imagem aqui


Exemplo detalhado de um Modelo Conceitual

Exemplo de um DER – Diagrama de Entidade e Relacionamento

inserir a descrição da imagem aqui

De: http://spaceprogrammer.com/bd/introducao-ao-modelo-de-dados-e-seus-niveis-de-abstracao/


Comparativo de diversas formas de representar um Modelo Conceitual

inserir a descrição da imagem aqui


Exemplo de modelagem de um sistema com os 3 modelos

modelo conceitual

inserir a descrição da imagem aqui

modelo lógico

inserir a descrição da imagem aqui

modelo físico

inserir a descrição da imagem aqui

Imagens de: http://www.fabiodomingues.com.br/modelagem-de-banco-de-dados/


Outra forma de modelar um sistema com os 3 modelos

Traduzido de: https://www.visual-paradigm.com/support/documents/vpuserguide/3563/3564/85378_conceptual,l.html

DER - modelo conceitual

inserir a descrição da imagem aqui

DER - modelo lógico

inserir a descrição da imagem aqui

DER - modelo físico

inserir a descrição da imagem aqui


Mais uma exemplo comparando os 3 modelos

inserir a descrição da imagem aqui


Exemplo de um modo de Modelagem Física

Um modelo físico pode ser constituído de código SQL para criação de objetos no banco

CREATE TABLE turma (
  idturma INTEGER(4) NOT NULL AUTO_INCREMENT,
  capacidade INTEGER(2) NOT NULL,
  idProfessor INTEGER(4) NOT NULL,
  PRIMARY KEY (idturma),
  FOREIGN KEY (idProfessor) REFERENCES professor(idProfessor),
  UNIQUE KEY idturma (idturma)
)

CREATE TABLE professor (
  idProfessor INTEGER(4) NOT NULL AUTO_INCREMENT,
  telefone INTEGER(10) NOT NULL,
  nome CHAR(80) COLLATE NOT NULL DEFAULT '',
  PRIMARY KEY (idProfessor),
  FOREIGN KEY(idTurma) REFERENCES turma(idturma),
  UNIQUE KEY idProfessor (idProfessor)
)

Links [origens]:

http://spaceprogrammer.com/bd/introducao-ao-modelo-de-dados-e-seus-niveis-de-abstracao/

http://www.blrdata.com.br/single-post/2016/03/19/Modelagem-Conceitual-de-Dados-Conhe%C3%A7a-os-principais-conceitos-e-pr%C3%A1ticas

https://www.luis.blog.br/modelagem-conceitual-modelo-conceitual-de-dados

https://pt.wikipedia.org/wiki/Modelagem_de_dados

http://www.diegomacedo.com.br/modelagem-conceitual-logica-e-fisica-de-dados

  • Alterei a pergunta para pedir um exemplo das duas. – Piovezan 28/04/18 às 1:38
  • @Piovezan, coloquei exemplo e uma tabela comparativa – danilo 28/04/18 às 1:52
  • Tem modelo conceitual também? Podia rolar uma explicada nele hein ;) – Piovezan 28/04/18 às 21:51
  • @Piovezan, adicionei maiores detalhes, e também sobre modelo conceitual, na pergunta, você poderia mudar também, adicionando no título e no texto a menção ao modelo conceitual. – danilo 29/04/18 às 19:26
  • Na tabela comparativa dos três modelos acho que a linha "Atributos" deve ser tickada na coluna "Conceitual", concorda? P.S.: Reputaçãozinha suada pra conseguir, diz aí... desculpe a trabalheira :) – Piovezan 30/04/18 às 17:53

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.