1

Eu estou criando uma plataforma onde tenho necessidade de alterar elementos do site por um painel de controle, e por exemplo, seria algo muito bad way inserir no BD e puxar via PHP?

Digamos que eu tenho um menu com as seguintes opções em meu menu:

1. Artigos

2. Matérias

3. Parceiros

4. Promoções

5. Contato

6. Envie seu Texto

Imaginem que no BD está assim:

Id  | titulo                                        | status

1   | <li><a href="#">Artigos</a></li>              | 1
2   | <li><a href="#">Matérias</a></li>             | 1
3   | <li><a href="#">Parceiros</a></li>            | 1
4   | <li><a href="#">Promoções</a></li>            | 1
5   | <li><a href="#">Contato</a></li>              | 1
6   | <li><a href="#">Envie seu Texto</a></li>      | 1

Vamos dizer que:

status 0 = oculto
status 1 = ativo

Apenas para exemplificar, o código, por exemplo, seria algo como isso:

<ul class="menu">
    <?php
    include('includes/conn.php');

    $query      = 'SELECT titulo FROM '.$tabela.' WHERE status = 1';

    if($stmt = $mysqli->prepare($query)){

        $stmt->execute();
        $stmt->bind_result($titulo);

            while($stmt->fetch()){

    ?>

        <?php echo $titulo; ?>
        <!-- COMNENT :: SAÍDA --
        <li><a href="#">titulo</a></li>
        <li><a href="#">Artigos</a></li>
        <li><a href="#">Matérias</a></li>
        <li><a href="#">Parceiros</a></li>
        <li><a href="#">Promoções</a></li>
        <li><a href="#">Contato</a></li>
        <li><a href="#">Envie seu Texto</a></li> <<< ESTE NÃO APARECE
        -->

    <?php
            }
            $stmt->close();
    }

    $mysqli->close();
    ?>
</ul>

Bem, eu poderia simplesmente mudar isso no banco de dados e colocar, por exemplo, a opção 6 com status de "oculto" (status=0) e esconder esta opção do menu quando necessário.

Basicamente, isto consiste em uma plataforma com elementos dinâmicos se usado amplamente no projeto ou é má prática?

  • 1
    Penso que a parte de boa prática, vai de pessoa para pessoa... eu pessoalmente faço como você e penso que imensos projectos estão programados desta forma. Que outra forma tinhas de concluir essa operação? – White 26/04/18 às 8:44
  • Obrigado pela opinião. A outra forma seria simplesmente deixar esses objetos de comodidade de lado no PHP e tentar alguma solução em javascrpit. – Alex Lupóz 26/04/18 às 8:49
  • 2
    Se você precisar criar uma tela que gerencie as opções, irá obrigar seu usuário a escrever todo o código HTML da opção? Ao meu ver, faz muito mais sentido você apenas armazenar a informação no banco e construir o HTML apenas na hora de exibir. – Anderson Carlos Woss 26/04/18 às 10:51
  • 2
    Má pratica não é, o wordpress faz isso e é um dos frameworks mais usados hoje. De uma pesquisada como ele faz isso, como guarda no BD, vai te dar uma idéia da melhor forma de guardar esses dados. – Costamilam 26/04/18 às 12:23
  • 3
    @GuilhermeCostamilam não acho que Wordpress seja um Frameworks necessariamente (até dá pra categorizar como tal), mas também não acho que seja um bom exemplo de como se fazer as coisas, na verdade acho que ele é um exemplo de como não fazer (ao menos na maior parte dos aspectos dele). – Guilherme Nascimento 26/04/18 às 15:18
4

Não existe uma só maneira de desenvolver em PHP e temos sempre que avaliar o contexto para definir a melhor forma de codificação. Uma boa prática é utilizar um padrão de arquitetura de software que seja coerente com o que é necessário. Um exemplo de padrão é o Model-view-controller (MVC), usado por frameworks como Zend, CodeIgniter, CakePHP, etc.

Caso seja usado esse padrão a base de dados terá somente os dados e não códigos (ou notações, como é o caso). A camada de apresentação (view) terá somente a parte visual e não a lógica para buscar na BD, tratar e apresentar. O controlador que fará esta parte.

Portanto, na base de dados os dados serão armazenados de forma simples (que poderiam ser utilizados em outras partes da aplicação e não só no menu):

Id  | titulo               | status      | link
1   | Artigos              | 1           | #
2   | Matérias             | 1           | #
3   | Parceiros            | 1           | #
4   | Promoções            | 1           | #
5   | Contato              | 0           | #
6   | Envie seu Texto      | 1           | #

(Foi incluída uma coluna com o link porque não faria sentido ter os itens de menu sem um link.)

O controlador busca dos dados da BD e cria um objeto ou array com os menus ATIVOS. De forma simples, poderia ser uma function que retornasse um array com os itens de menu.

Na view pegaria somente o array e faria um loop para criar os itens da lista como por exemplo:

foreach($array as $key => $value) {
    echo '<li><a href="' . $value['link'] . '">' . $value['titulo'] . '</a></li>';
}
  • concordo com você – Marcos Brinner 26/04/18 às 11:20
  • Obrigado, @Everson . Fiz a alteração para desenvolver... aqui na minha terra "codificar" remete a escrever código-fonte :) – Fernando 26/04/18 às 16:50
  • @Fernando acho que na terra de todo mundo :) – Maniero 26/04/18 às 16:59
  • 1
    @Everson mostre onde codificar é sinônimo de compilar – Maniero 26/04/18 às 18:00
  • 1
    dicio.com.br/codificar - na parte de Sinônimos de Codificar, foi aqui que busquei a informação. – Don't Panic 26/04/18 às 18:01
8

Eu discordo um pouco da outra resposta :)

O ideal é fazer o que precisa para o contexto do projeto, seguir regras impostas por outras pessoas que não conhecem o contexto daquele projeto é uma má prática, ou seja, é uma má prática seguir boas práticas. É uma boa prática conhecer boas práticas, entender profundamente a motivação dela para aplicar quando for o caso. Muitos projetos de software são ruins justamente porque seguem boas práticas sem entender o que está fazendo. E a maioria faz sem entender, mesmo achando que entende.

Por isso não posso dizer que MVC é adequado. Na verdade PHP e MVC pra mim é um pouco estranho, principalmente na forma como é implementado. Separar responsabilidades é bom, mas é preciso critério, fazer porque haverá ganho claro sem aumentar significativamente a complexidade do código.

Eu não posso dizer se o que está fazendo é adequado ou não porque não sei o seu caso. Olhando por cima parece que não deveria porque não tem propósito, não tem necessidade.

Qual a dificuldade de fazer:

<li><a href="#"><?php $titulo?></a></li>

e não ter o HTML dentro do banco de dados? Pra mim é até mais simples fazer assim.é mais DRY. Você pode compor como desejar.

Você poderia colocar no banco se realmente o HTML é um dado que varie em cada operação. Mesmo isto eu diria que não é o mais adequado, mas novamente, não posso afirmar sem conhecer o contexto.

  • 6
    +1 - Essa frase resume quase todos os problemas que eu vejo acontecendo com os códigos em PHP: "... é uma má prática seguir boas práticas, É uma boa prática conhecer boas práticas, entender profundamente a motivação dela para aplicar quando for o caso" – Bacco 26/04/18 às 14:18
  • 7
    @Fernando não é radicalismo, é a pura verdade. Tanto que evangelistas das boas práticas nunca tem nada a apresentar de código real. São muito bons em teoria vazia, mas no mercado, e em especial em PHP, "não cola". Veja projetos como Moodle e Wordpress, por exemplo. Muito bons até uma certa épica como exemplos, mas é um pesadelo de manutenção. O cara tem que virar especialista só naquilo pra manter qualquer customização. – Bacco 26/04/18 às 15:11
  • 4
    E antes que alguém distorça, não é uma crítica ao funcionamento das plataformas mencionadas. Meus cumprimentos a ambas, por toda a filosofia de compartilhar tempo de programação e doar à comunidade produtos BEM completos. O único ponto em questão aqui é a idéia dos "padrões de arquitetura" e das "boas práticas" não funcionarem em ambiente real como solução de problemas, pois nos dois casos mencionados, acabou gerando complexidades desnecessárias em nome de uma versatilidade duvidosa para os programadores que chegam depois. – Bacco 26/04/18 às 15:22
  • 3
    @Fernando quem falou em padrão nenhum? Uma coisa que eu costumo dizer é que boas práticas é um mecanismo inventado com boa intenção e é ótimo. O problema delas é que quase todo mundo as seguem cegamente. A maioria sequer consegue interpretar o texto contido nela e acham que é só fazer o que alguém disse e tudo fica lindo. O problema é a atitude das pessoas que radicalizam em seguir algo sem entender porque estão fazendo aquilo, sem saber se precisam daquilo. Sua resposta fez o oposto do que está dizendo agora, qual está errado? – Maniero 26/04/18 às 15:46
  • 4
    @Everson me desculpe, mas acho que você não entendeu bem o que é MVC. E mesmo que isto fosse verdade, na prática isto ocorre em 0,0001% dos casos, ou seja, complicar algo para uma possibilidade ínfima de ser útil não é um bom motivo. – Maniero 26/04/18 às 16:39

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.