0

Existe alguma forma de configurar o proxy no arquivo "/etc/yum.conf" sem que deixe a senha salva neste arquivo? Algo do tipo, passar a senha por parâmetro?

Hoje fica a senha escrita no arquivo da seguinte maneira:

# HABILITAR PROXY CENTOS 7:
# The proxy server - proxy server:port number
proxy=http://10.10.10.10:3128
# The account details for yum connections
proxy_username=dominio\usuario
proxy_password=123456

A ideia é que a senha não fique salva, evitando assim uma possível quebra de segurança em caso de uso.

Obrigado.

3
  • Como vc executa esse proxy? via terminal? 17/04/2018 às 19:10
  • Então, pra utiizar a maquina na rede eu salvo essas informações no arquivo "/etc/yum.conf"... 19/04/2018 às 13:18
  • Mas quem paga essa info? 19/04/2018 às 14:56

1 Resposta 1

1

Considere simplesmente definir as permissões do yum.conf como 0600 e sempre executar o yum como root. Assim só quem conhecer a senha de root poderá ler a senha do proxy na configuração.

Dito isso, em shell script você pode pedir a senha para o usuário e executar o yum num contexto que contenha essa variável de ambiente. Assim a informação confidencial fica em memória apenas durante a execução do processo:

#!/bin/bash
# yum.pedesenha.sh
read -sp 'Informe o endereço do proxy: ' endereco;
read -sp 'Informe o usuário do proxy: ' usuario;
read -sp 'Informe a senha do proxy: ' senha;
proxy=$endereco proxy_username=$usuario proxy_password=$senha yum "$@";

Execute passando parâmetros como um yum comum:

$ ./yum.pedesenha.sh check-update

Claro, talvez você só não goste da ideia de deixar a senha no arquivo de configuração, mas deixar endereço e usuário lhe seja tranquilo. Simplesmente remova as linhas de read e as atribuições para as variáveis de ambiente na última linha para os parâmetros que continuam sendo definidos no yum.conf.

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .