4

Essa pergunta pode parecer mais um pedido, mas pesquiso isso há 2 meses e não sei como resolver. Preciso implementar o std::to_string em C++ (sem headers) de uma maneira que aceite valores decimais (float, double). Qual a maneira mais adequada? Note que eu estou implementando minha própria std::string.

3

Como você não especificou nenhuma restrição para a implementação, a forma mais simples de fazer que eu imagino seria:

std::string to_string(float f) {
    std::ostringstream buffer;
    buffer << f;
    return buffer.str();
}

E o mesmo depois para double e long double.

Também seria válido ter um array de char suficientemente grande e usar sprintf.

EDIT:

Como indicado nos comentários, é para ser uma implementação no braço. Um algoritmo que eu implementei rapidamente para fazer isso é o seguinte:

std::string to_string(double value, unsigned precision=2) {

    const bool negative = value < 0;
    if (negative) {
        value *= -1;
    }

    //Move a casa decimal para a esquerda o quanto for necessário
    for (unsigned i=0; i<precision; ++i) {
        value *= 10;
    }

    //Converte para inteiro e calcula quantos dígitos vai ter
    unsigned long long i_value = value;
    int digits_count = 0;
    for (unsigned long long v=i_value; v!=0; v /= 10) {
        ++digits_count;
    }

    std::string result;
    result.resize(digits_count+1); //+1 para o '.';

    //Converte para string e põe o '.' no lugar necessário
    int prec_counter = precision;
    for (int pos = result.size()-1; pos >= 0; --pos) {

        if (prec_counter == 0) {
            result[pos] = '.';
        }
        else {
            int digit = i_value % 10;
            i_value /= 10;
            result[pos] = '0' + digit;
        }
        --prec_counter;
    }

    //Remove zeros à direita depois do . decimal
    if (precision > 0) {
        while (result.back() == '0') {
            result.pop_back();
        }
        if (result.back() == '.') {
            result.pop_back();
        }
    }

    return (negative ? "-" : "") + result;
}

Este é um algoritmo simples e limitado, mas que pode servir de base para algo mais elaborado. Eu não testei muito, e ele não trata casos especiais, como NAN. Estou assumindo que a sua std::string possui as funções que eu usei.

  • Eu posso apenas usar uma "string", preciso usar C++ sem nenhum header. – user2692 29/01/14 às 22:57
  • Como usar string e ao mesmo tempo não usar nenhum header? Quais são realmente seus requerimentos? – Guilherme Bernal 29/01/14 às 23:08
  • @GuilhermeBernal Eu implementei minha propria string. – user2692 29/01/14 às 23:15
  • 1
    Nesse caso é mais complicado. Se você quiser uma representação exata vai ter que estudar a especificação IEEE. Mas para algo rápido e simples, eu começaria testando pelos casos especiais (NAN, +/- infinito, etc.). Depois converteria para inteiro (via cast) e geraria essa parte. Finalmente eu iria pegar a parte fracionária (número original - número truncado), multiplicaria por 100, 1000, 10000 (depende da precisão que você queira) e converteria essa parte. Obviamente com checagens para não colocar zeros desnecessários à esquerda. – C. E. Gesser 29/01/14 às 23:18
  • Muito, muito obrigado! Tive essa ideia do mesmo algoritmo dormindo, mas esqueci :P – user2692 30/01/14 às 8:37
5

Por que não usa algo pronto? O lexical_cast do Boost resolve.

using std::string;
using boost::lexical_cast;

int i = 10;    
string x = lexical_cast<string>(i);

http://www.boost.org/doc/libs/1_55_0/doc/html/boost_lexical_cast.html

2

A forma mais simples de implementar a função é confiar no std::stringstream que usa os operadores do std::ostream que já estarão implementados para os tipos padrões e vários dos customizados. Isso faria a sua função funcionar para a maioria dos tipos. Um exemplo de implementação:

#include <string>
#include <sstream>

template <typename T>
std::string to_string(const T& value) {
    std::stringstream ss;
    ss << value;
    return ss.str();
}

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies