2

Eu dei uma olhada nessa pergunta Tem como passar métodos como parâmetro? e tentei invocar um método de uma classe, em outra, passando como parâmetros a tela/class e o nome do método.

A finalidade de fazer isso, é que na minha aplicação, eu faço várias rotinas dentro de um determinado método, que é disparado por um evento (um ActionListener, por exemplo) e toda vez que preciso fazer algo "diferente", eu tenho que sobrescrever o evento que dispara esse método, colocar a nova rotina e às vezes até repetir outras.

Eu acredito que fazendo desta maneira, eu poderia ter uma possibilidade maior em fazer algumas rotinas. Eu poderia ter várias telas diferentes com o componente MyField que faz uma mesma função, e nas telas que eu quiser que um determinado método seja executado junto ou apos os métodos do MyField, eu faria tranquilamente, passando ele como parâmetro.

Aparentemente, me pareceu uma ideia coerente, porém, posso estar enganado, e neste caso, estou aberto a sugestões mais eficientes e "corretas".

Para ilustrar melhor o que eu pretendo, fiz um exemplo simples.

import javax.swing.JButton;
import javax.swing.JFrame;
import javax.swing.SwingUtilities;

public class TesteReflection extends JFrame {

    public static void main(String[] args) {
        Runnable startApp = () -> {
            TesteReflection tr = new TesteReflection();
        };
        SwingUtilities.invokeLater(startApp);
    }

    private MyField myField = new MyField();
    private JButton button = new JButton("Click !");

    public TesteReflection() {
        add(button);
        setSize(300, 200);
        setVisible(true);
        button();
        setLocationRelativeTo(null);
        setDefaultCloseOperation(EXIT_ON_CLOSE);
    }

    private void button() {
        button.addActionListener(e -> {
            metodoA();
        });
    }

    private void metodoA() {
        MyField.actions(myField, TesteReflection.class, "metodoB");
    }

    private void metodoB() {
        System.out.println("Método B");
        //faz alguma coisa ..
    }
}
import java.lang.reflect.Method;
import javax.swing.JPanel;
import javax.swing.JTextField;

public class MyField extends JPanel {

    private JTextField jTextField = new JTextField();

    public MyField() {
        actions();
    }

    private void actions() {
        jTextField.addActionListener(e -> {
            //faz alguma coisa ..
        });
    }

    public static void actions(MyField component, Class tela, String methodName) {
        component.getjTextField().addActionListener(e -> {
            try {
                //Method method = tela.getDeclaredMethod(methodName, new Class[]{});
                Method method = tela.getClass().getDeclaredMethod(methodName, String.class);
                method.setAccessible(true);
                method.invoke(tela);

                System.out.println("Chamei com sucesso o método " + methodName);
            } catch (Exception ev) {
                ev.printStackTrace();
            }
        });
    }

    public JTextField getjTextField() {
        return jTextField;
    }

}
2

O seu reflection falha porque o metodoB é um método de instância e não um método estático. Assim sendo, para invocá-lo (seja normalmente ou por reflection), você precisa da instância.

Você até tenta resolver isso usando tela.getClass(). Porém, tela é do tipo Class, e portanto o resultado disso seria Class.class, que definitivamente não é o que você quer. Além disso, ao especificar String.class como parâmetro, você não vai encontrar o que queria, pois o método que você quer é apenas metodoB() e não metodoB(String).

O código pode ser assim:

import javax.swing.JButton;
import javax.swing.JFrame;
import javax.swing.SwingUtilities;

public class TesteReflection extends JFrame {

    public static void main(String[] args) {
        SwingUtilities.invokeLater(() -> {
            new TesteReflection();
        });
    }

    private MyField myField = new MyField();
    private JButton button = new JButton("Click !");

    public TesteReflection() {
        add(button);
        setSize(300, 200);
        setVisible(true);
        button();
        setLocationRelativeTo(null);
        setDefaultCloseOperation(EXIT_ON_CLOSE);
    }

    private void button() {
        button.addActionListener(e -> metodoA());
    }

    private void metodoA() {
        myField.actions(this, TesteReflection.class, "metodoB");
    }

    private void metodoB() {
        System.out.println("Método B");
        //faz alguma coisa ..
    }
}
import java.lang.reflect.Method;
import javax.swing.JPanel;
import javax.swing.JTextField;

public class MyField extends JPanel {

    private JTextField jTextField = new JTextField();

    public MyField() {
    }

    public <E> void actions(E tela, Class<E> classe, String methodName) {
        jTextField.addActionListener(e -> {
            try {
                Method method = classe.getDeclaredMethod(methodName);
                method.setAccessible(true);
                method.invoke(tela);

                System.out.println("Chamei com sucesso o método " + methodName);
            } catch (Exception ev) {
                ev.printStackTrace();
            }
        });
    }
}

Entretanto, isso que você quer provavelmente ficaria melhor e mais fácil com method references:

import javax.swing.JButton;
import javax.swing.JFrame;
import javax.swing.SwingUtilities;

public class TesteReflection extends JFrame {

    public static void main(String[] args) {
        SwingUtilities.invokeLater(() -> {
            new TesteReflection();
        });
    }

    private MyField myField = new MyField();
    private JButton button = new JButton("Click !");

    public TesteReflection() {
        add(button);
        setSize(300, 200);
        setVisible(true);
        button();
        setLocationRelativeTo(null);
        setDefaultCloseOperation(EXIT_ON_CLOSE);
    }

    private void button() {
        button.addActionListener(e -> metodoA());
    }

    private void metodoA() {
        myField.actions(this::metodoB);
    }

    private void metodoB() {
        System.out.println("Método B");
        //faz alguma coisa ..
    }
}
import javax.swing.JPanel;
import javax.swing.JTextField;

public class MyField extends JPanel {

    private JTextField jTextField = new JTextField();

    public MyField() {
    }

    public void actions(Runnable r) {
        jTextField.addActionListener(e -> r.run());
    }
}
  • 1
    @GustavoSantos É o method reference (referência a método). No caso o this::metodoB significa "o método metodoB do objeto this". O compilador se esforça em tentar descobrir qual interface funcional (uma interface que só tem um único método abstrato) é compatível com a referência e com o contexto no qual ela é usada. Nesse caso, ela é compatível com Runnable, pois o retorno é void, o metodoB não recebe parâmetros e ele está sendo usado como parâmetro a uma chamada onde o tipo é Runnable. [continua...] – Victor Stafusa 27/03/18 às 22:50
  • 1
    [...continuação] Com isso, é mais ou menos como se o compilador substituisse this::metodoB por new Runnable() { public void run() { metodoB(); }}. – Victor Stafusa 27/03/18 às 22:51
  • 1
    @GustavoSantos O compilador olha quais interfaces funcionais podem ser usadas no contexto e quais são os possíveis métodos a que o programa se refere (como podem ser sobrecarregados, pode haver mais do que um). Então ele verifica qual dos possíveis métodos é compatível com qual possível interface funcional e dá erro se houver mais do que uma possibilidade ou se não houver nenhuma. Lembre-se que o método da interface funcional pode ter diferentes retornos, diferentes tipos de parâmetros e diferentes exceções declaradas, tudo isso é levado em conta para verificar se é compatível ou não. – Victor Stafusa 27/03/18 às 22:58
  • 1
    @GustavoSantos Sim, você consegue em ambos os casos, tanto com method references quanto com reflection. Vamos supor que metodoB tivesse um parâmetro do tipo JLabel e retornasse uma String. Nesse caso, se o método actions recebesse Function<JLabel, String>, o compilador veria que essa seria a interface funcional compatível. No caso do reflection, você usaria classe.getDeclaredMethod(methodName, JLabel.class); e method.invoke(tela, algumaJLabel);. A chamada ao invoke retorna Object, no caso o que for retornado pelo método invocado por reflection. – Victor Stafusa 28/03/18 às 21:53
  • 1
    @GustavoSantos Não. Function<A, B> tem um parâmetro do tipo A e um retorno do tipo B. No caso de void com um parâmetro X, use Consumer<X>. Dê uma olhada nas interfaces do pacote java.util.function que lá é que a maioria delas estão definidas (com exceção de Runnable). Se você estiver em um caso onde nenhuma das interfaces funcionais existentes servir, invente a sua: basta declarar uma interface com um único método abstrato e se o seu método tiver um formato compatível com ela, o compilador aceita o method reference. – Victor Stafusa 28/03/18 às 22:10

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.