5

Estou criando um site com vários idiomas (Português, Espanhol, Inglês).

Na questão do SEO qual é a maneira mais correta de se usar?

Subdomínios ( pt.meusite.com ) ou Diretórios ( meusite.com/pt ) ?

Visto que aos olhos do Google usar um subdomínio, seria como se fosse um novo site, um site separado sem nenhuma ligação ao site principal.

Penso que utilizar um diretório seja a melhor solução, até mesmo pelo PageRank. Mas tenho receio de pensar que estou fazendo bem e estou fazendo muito mal.

Vi em um artigo que só é recomendado usar subdomínios em sites de muito conteúdo, e que retratam diferentes conteúdos, como é o caso do Stack Exchange, UOL, G1, Terra, Estadão, IG, R7, etc.

Meu site vai tratar do mesmo conteúdo, só o que irá mudar são os idiomas, e algumas coisas, pois irei vender alguns produtos por países (Brasil, México, Portugal e Espanha), então precisa mudar os preços, moedas, informações, etc...

Um exemplo no UOL:

Para notícias somente de Economia: http://economia.uol.com.br

para somente Carros: http://carros.uol.com.br

  • 1
    Veja os sites da Stack Exchange que é uma rede enorme. Você vê stackoverflow.com/pt ou pt.stackoverflow.com? Eis a sua resposta :) – Bruno Augusto 9/08/14 às 21:13
  • 4
    Sim @BrunoAugusto você quer comparar uma rede com dezenas de sites diferentes, com conteúdos diferentes e com milhões de acessos, com apenas um site com cópias em outras línguas? Acho que você não me entendeu. – Alexandre Lopes 9/08/14 às 21:27
  • 2
    Não vou excluir a minha opinião. Metodologia é um conceito e conceitos devem ser aplicados antes mesmo de considerar o grau de popularidade de um site ou quantos outros sites o programador/empresa tem. – Bruno Augusto 10/08/14 às 0:03
  • Taum tá... Cês querem me deixar doido :p – Bruno Augusto 10/08/14 às 1:26
  • 1
    @Kyllopardiun Tomei a liberdade de alterar um pouco seu último comentário e incluir um link. – bfavaretto 11/08/14 às 22:00
13

Veja o exemplo do Twitter e do Facebook, eles não mudam o subdominio.
Não importa o idioma que o usuário escolha, acho que não deve ser passado como parâmetro na URL. Ao meu ver, o idioma é uma opção assim como outra qualquer, onde o usuário escolhe o idioma que será exibido... (PT, EN, ES...).

Alguns sites de noticia usam o idioma na URL, mas não como referência para tradução da linguagem, mas sim como conteúdo regional para exibir o conteúdo de acordo com a região.

A menos que seu site tenha o conteúdo diferenciado como no exemplo acima, eu não recomendo o idioma na URL.

Imagine que você tenha o idioma na URL:
pt.example.com | en.example.com

Posteriormente, por algum motivo, você decide remover o idioma da URL... Terá que mudar os links, a chance de links quebrados são maiores, tanto externos, quanto internos... Além de correr o risco de considerar duplicidade de link, e isso sim pode e vai diminuir seu PAGERANK.

Os crawlers não identificam o idioma na URL. Seu site pode ter a URL pt.example.com ou portugues.example.com, o que identifica o idioma é a lingua em que está escrito, e a TAG-LANG.


Quando um usuário acessa seu site, você identifica a região pelo IP e/ou combinando a opção do idioma do navegador e o sistema vai carregar o pacote de tradução automaticamente.

A definição monetária segue outra regra, se o usuário esta acessando em PT-BR, você mostra o valor em real, ou na moeda que ele escolher caso você permita a conversão... Mas essa explicação vai além da URL com parâmetro.

Eu recomendo uma URL limpa, sem parâmetros, pois é de fácil manutenção, com regras simples e sem risco de duplicidade de URLs pelos crawlers.

  • 1
    Até agora não entendi sua resposta, você quis dizer que nenhuma das soluções que mencionei prestam? – Alexandre Lopes 10/08/14 às 3:27
  • Não disse que não prestam, apenas mostrei casos distintos em que o uso de idioma se faz necessário apenas para diferenciar o conteúdo exibido e não o pacote de tradução – Papa Charlie 10/08/14 às 3:28
  • 1
    Agora eu entendi o que você que dizer, você me entendeu errado! Eu não me referi o SEO ao nome pt.meudominio.com ou meudominio.com/pt. Me referi somente pelo fato do PageRank e pelo fato de ser considerado um site sem ligação ao principal meudominio.com – Alexandre Lopes 10/08/14 às 4:17
  • 1
    Se vai traduzir URL então tudo bem. pt.example.com/pagina-a | en.example.com/page-a essas duas NÃO são consideradas iguais desde que traduzidas. Se os dois exemplos citados fossem escritos em um só idioma, seria link duplicado. – Papa Charlie 11/08/14 às 21:57
  • 1
    @Alexandre Lopes, é um assunto bem amplo e interessante que rende muitas linhas, o problema é que estão considerando fora de contexto... vou tentar responder alguma coisa la – Papa Charlie 11/08/14 às 22:14
0

Se usar com subdomínio sabe que será tratado pelo google como um outro site que terá sua relevância destacada do domínio principal e terá que trabalhar cada idioma em termos de SEO como se fosse outro site.

Já se utilizar o idioma em diretórios estará garantido o page rank e relevância do domínio para todos os idiomas.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.