17

Sempre quando pesquisamos por desenvolvimento web responsivo encontramos diversas formas de fazer a mesma coisa.

Acessando o site do SOpt mesmo, podemos ver que ele possui um layout diferente para dispositivos mobiles e desktops, conforme a imagem abaixo.

inserir a descrição da imagem aqui

Podemos ver que o tipo de layout do SOpt não é apenas responsivo, pois se você acessar o site em um desktop, alterar a resolução da tela mas não atualizar a mesma, a alteração de layout não ocorre.

Com essa dúvida em mente, realizei algumas pesquisas e três "termos" se destacam, que são:

Mas afinal, o que são esses "termos" e quais as diferenças entre eles?

16
+100

Responsivo (responsive)

Estes podem fazer uso ou não de media-queries, o que define ele é que os tamanhos dos objetos acompanham a tela geralmente baseado em porcentagem, então ele se ajusta conforme a necessidade não tendo um tamanho definido para cada elemento

Adaptativo (adaptive)

Fazem uso de media-queries geralmente (ou talvez outros métodos de detecção), o que define este tipo é que ele trabalha com tamanhos fixos e se ajusta a medidas especificas.

Por exemplo se a tela estiver com o tamanho igual a 1024 o elemento principal da página (aonde se organiza os demais elementos) teria fixado o valor de with: 1000px, se a janela for redimensionada para 320 de largura um media-query vai adaptar aplicando a este elemento o tamanho fixo de width: 300px;, então o CSS seria algo como:

.main {
     width: 1000px;
}

@media (max-width: 320px) {
    .main {
        width: 300px;
    }
}

Este processo também pode ser aplicado em outros elementos, como por exemplo menus, então se acessar em um celular o menu pode ser totalmente modificado e terá um tamanho fixo para aquela necessidade.

Comparando responsivo com adaptativo

Segue um exemplo bem simples das diferenças:

<style>
html, body {
    padding: 0;
    margin: 0;
    height: 100%;
}

* {
    box-sizing: border-box;
}

body {
    background-color: #cfcfcf;
}

#design {
    margin: 10px;
}
#design > div {
    background-color: #fff;
    margin-bottom: 15px;
    padding: 15px;
    margin: 0 auto 15px auto;
}
.simulate {
     width: 320px;
}
#adaptive {
    width: 1000px;
}

@media (max-width: 640px) {
     #adaptive {
         width: 520px;
     }
}

@media (max-width: 320px) {
     #adaptive {
         width: 200px;
     }
}
</style>

<div id="design">
    <div id="responsive">Responsive</div>
    <div id="adaptive">Adaptive</div>
</div>

Segue teste no jsfiddle https://jsfiddle.net/ta9r0qza/2/, basta redimensionar o iframe para notar a diferença.

Qual escolher, responsivo ou adaptativo?

Não vou falar de curva de aprendizagem e/ou grau de dificuldade, eu pessoalmente acho que isso é caso a caso, não tem como dizer qual é o melhor, se olharmos para muitos códigos fontes de sites que usam técnicas responsivas notaremos que em um ou outro lugar foi feito o uso do adaptivo, por exemplo um menu que é responsivo em todas telas de tamanho médio ou grandes, mas que em telas pequenas é fixado em um lugar da página e talvez seja ocultado e também terá o seu tamanho fixado para evitar ficar menor que o ideal.

Então o que posso afirmar que entendi é que responsivos se auto ajustam, mas terá horas que serão necessários fixar alguns tamanhos de certos elementos, então não é bem o layout que é responsivo ou adaptativo, mas sim o design para cada necessidade.


Outras técnicas

Durante as pesquisas encontrei as seguintes técnicas:

  • M.dot (ou Mdot ou M.) que se refere a criar uma subdominio que entrega uma versão mobile da página

  • Browser sniffing, que também é conhecido como:

    • browser detection
    • user-agent sniffing
    • user-agent detection
    • server-side sniffing
    • device detection

Domínios e páginas alternativas para diferentes dispositivos

O M.dot é simplesmente um domínio alternativo, ainda sim ele pode fazer o uso do browser sniffing para que faça o redirecionamento HTTP (302 Found), ou seja se o usuário acessar o site Desktop em um celular ele será redirecionado para o sub-dominio, como m.site.com.

Existem alternativa ao M.dot sem usar sub-domínio, isso depende muito do que o desenvolvedor tem em mão, tem desenvolvedores que usam o PATH da URL, assim:

 http://site.com/pagina.html
 http://site.com/m/pagina.html

Querystring (é sério eu já vi isso):

 http://site.com/pagina.html
 http://site.com/pagina.html?mobile

Ou até mesmo domínios totalmente diferentes.


Browser sniffing

Para entender esta técnica é necessário entender o header User-Agent, este header é enviado para o site que você esta tentando acessar em todas requisições HTTP, por exemplo se tentar abrir de um iPad a página http://site/foo-bar-baz será enviado ao servidor isto:

GET /foo-bar-baz HTTP/1.1
User-Agent: Mozilla/5.0 (iPad; CPU OS 5_0 like Mac OS X) AppleWebKit/534.46 (KHTML, like Gecko) Version/5.1 Mobile/9A334 Safari/7534.48.3

Então no lado do servidor é usando uma expressão para detectar a palavra iPad (e Android) no meio da string (podendo usar regex por exemplo), então se fosse em PHP seria algo como:

if (preg_match('#iPad|Android#', $_SERVER['HTTP_USER_AGENT'])) {
    //Entrega conteudo otimizado para mobile
} else {
    //Entrega conteúdo para Desktop
}

Ou redireciona:

if (preg_match('#iPad|Android#', $_SERVER['HTTP_USER_AGENT'])) {
    header('Location: http://m.site.com' . $_SERVER['REQUEST_URI']);
    exit;//Impede de carregar o resto da página
}

//Entrega conteúdo para Desktop

Esta técnica no entanto é usada muito antes dos mobiles, na época que navegadores como IE4/5.01 e Netscape dominavam o mercado muita coisa não era compativel, então o uso de user-agent para detectar o navegador era bastante comum, seja para redirecionar para uma página otimizada para o navegador especifico ou até mesmo para bloquear o acesso naquele navegador (acredite as pessoas infelizmente faziam isto e as vezes ainda fazem).

  • 2
    Ótima resposta, votaria mais vezes se fosse possível! – Randrade 19/03/18 às 11:54
  • Só tenho uma dúvida. Quando vc fala de M.dot você comenta sobre subdomínios ou PATH na URL. Porém, caso eu opte por ter 2 (ou mais)views diferentes para cada caso, isso se encaixaria em M.dot? – Randrade 19/03/18 às 11:56
  • 1
    @Randrade ao meu ver M.dot é somente subdominio, que faz ou não uso do Browser sniffing, no caso acho que preciso revisar isto na resposta, mas são tecnicas bem semelhantes, não encontrei um termo comum entre elas. – Guilherme Nascimento 19/03/18 às 13:00
  • @Randrade revisei a resposta, o texto ficou: > Existem alternativa ao M.dot sem usar sub-domínio, isso depende muito do que o desenvolvedor tem em mão, tem desenvolvedores que usam o PATH da URL ... – Guilherme Nascimento 19/03/18 às 15:24
  • 1
    @Randrade é o que prentendo buscar, mas creio que não exista, já que a coisa é muito variante – Guilherme Nascimento 19/03/18 às 16:25

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.