4

Além de emissão em PDF, que pode dificultar alguns clientes pela falta de visualizadores de PDF, que técnicas poderíamos utilizar para proteger ou detectar que o boleto gerado foi modificado pelo malware?

Vírus que afeta boletos já infecta 192 mil computadores

Um relatório divulgado pela empresa de segurança eletrônica RSA mostra que pelo menos 192 mil computadores foram infectados por um vírus que altera a numeração de boletos bancários. Além disso, segundo a análise, a maioria das máquinas afetadas se encontra no Brasil.

De acordo com a RSA, o vírus é disparado por email e altera a numeração dos boletos bancários no momento do pagamento online, desviando os valores para a conta de uma gangue. A maioria das vítimas é da região Sudeste e já foi identificado que 75% delas utiliza o Windows 7 como sistema operacional. Os usuários do Hotmail são maioria entre os afetados pelo problema.

Segundo informações da revista Info foram gerados 496 mil boletos falsos, muitos deles com valores de até R$ 1,5 mil. O valor total estimado dos documentos fraudulentos pode chegar a R$ 8,5 bilhões. A RSA alerta de demora no processamento do pagamento e lentidão na navegação podem ser indícios que a sua máquina está comprometida.

Fonte: Tecmundo

3
  • Se entendi direito a noticia, ela fala que o número do boleto é alterado na hora do pagamento, ou seja, na hora que o cara coloca o número no site do banco, então mesmo que fosse um boleto de papel ali que o cara digitou tudo manualmente ainda seria modificado pelo malware – Leandro Godoy Rosa 8/08/14 às 17:18
  • Na verdade o vírus altera o código html da pagina com o boleto, então mesmo que imprima e pague no caixa, vai imprimir com a linha digitavel e o código de barras dos falsários, e o dinheiro vai pra eles. fonte: tecnoblog.net/129088/malware-brasileiro-boletos – Jader A. Wagner 8/08/14 às 19:05
  • uma alternativa seria montar a linha digitavel com imagens dos números, o cliente teria que digitar manualmente, mas o vírus não conseguiria modifica-la, pois nem iria detecta-la. – Jader A. Wagner 8/08/14 às 19:21

1 Resposta 1

2

Poderia montar a linha digitável com imagens dos números, ou gerar "on the fly" uma imagem com todo o número, mas isso faria o cliente ter que digitar ela manualmente, sem poder copiar e colar.

Outra opção seria tentar ofuscar ela com elementos HTML ocultos como no exemplo abaixo:

041192.11800 26238.100007 19275.041424 2 61480000069739

O codigo HTML ficaria assim:

<style>
   .nro { display:none; }
</style>

<span class="nro">Primeira parte da numeração</span><span>041192</span>.<span>11800</span> <span class="nro">Continuação da numeração</span><span>26238</span>.<span>100007</span> <span>19275</span>.<span>041424</span> <span>2</span> <span class="nro">Ultima parte da numeração</span><span>61480000069739</span>

creio que assim o malware não conseguiria detecta-la.


Ou usando jquery:

<script>
$(document).ready(function() {
var nr1 = '041192';
var nr2 = '11800';
var nr3 = '26238';
var nr4 = '100007';
var nr5 = '19275';
var nr6 = '041424';
var nr7 = '2';
var nr8 = '61480000069739';

$('#ld').html(nr1 + '.' + nr2 + ' ' + nr3 + '.' + nr4 + ' ' + nr5 + '.' + nr6 + ' ' + nr7 + ' ' + nr8 );
});
</script>

<span id="ld"></span>

obviamente montar o <script> no server side, e para dificultar mais ainda daria pra usar base64_encode nos números, só que teria que implementar uma função no javascript para decodificar, ou até mesmo criar codificação e decodificação do zero.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.