0

Olá. Estou criando um conversor de layout usando Python 3.6.4 e Tkinter.

Entre outras coisas a GUI deve ter uma barra de progresso que atualiza seu valor a cada interação do processo de conversão, por exemplo, a cada linha processada do arquivo que está sendo convertido, a barra de progresso deve ser atualizada.

O problema que estou enfrentando é que o "programa" trava enquanto está executando a conversão e a barra não é atualizada. A barra somente atualiza no final da operação de conversão.

A parte básica do script é esta (retirei tudo que não é relevante e deixei apenas o essencial para ver onde está o problema ou onde estou errando):

import sys
from time import sleep
from tkinter import *
from tkinter.ttk import Progressbar

class Gui:

    def __init__(self):
        self.Window = Tk()
        self.Window.geometry('{0}x{1}'.format(600, 400))

        self.progress = StringVar()
        self.progress.set(0)
        self.progressBar = Progressbar(self.Window, maximum=100, orient=HORIZONTAL, variable=self.progress)
        self.progressBar.grid(row=0, column=0, sticky=W + E)

        self.startButton = Button(self.Window, text='Iniciar', command=self.start)
        self.startButton.grid(row=0, column=2)

    def start(self):
        for t in range(0,100):
            self.progress.set(t)
            sleep(0.1)

    def run(self):
        self.Window.mainloop()
        return 0

if __name__ == '__main__':
    Gui = Gui()
    sys.exit(Gui.run())

Sou iniciante no Python porém tenho longa experiência (quinze anos) com PHP e etc.

2 Respostas 2

1

O problema que você está tendo é que o tkinter, (bem como outros toolkits gráficos em várias linguagens, como GTK, Qt, etc...) rodam numa única thread. Um programa gráfico tem sempre um laço principal, que é onde o framework tem o código para coletar todos os eventos que chegam a aplicação, e chamar as funções correspondentes para que sejam processados.

Dai você configura sua aplicação para quando o botão for pressionado, o método start deve ser chamado - e passa o controle para o mainloop do Tkinter. Quando o botão é pressionado, o tkinter pega o evento do mouse vindo do sistema operacional, cria o evento interno, e chama a função start -- e essa, por sua vez não devolve o controle para o tkinter. Em vez disso ela faz 100 atualizações no self.progress, e só depois disso devolve o controle. Quando a start acaba de rodar é que o tkinter vai processar todos os seus eventos internos de set da progressbar.

Mais ainda, em cada chamada ao time.sleep, o sue programa fica parado, sem responder a eventos externos nem nada - por que o códgio que faz isso está no laço principal.

E como arrumar? Simples: em nenhum programa gráfico você chama o tine.sleep ou função equivalente (a não ser que ela seja integrada ao framework). No caso do tkinter, o correto é fazeruma chamada ao Window.after dizendo um método para ser chamado dali a tantos milissegundos. Você faz esse agendamento, e devolve o controle para o laço principal do tkinter. Claro que o estado da barra de progresso deve ficar armazenado em algum lgar entre uma chaamda em outra - como você já está dentro de uma classe, é só usar um atributo específico para isso.

class Gui:

    def __init__(self):
        ...
        self.progress_count = 0


    def start(self):
        self.progress.set(self.progress_count)
        self.progress_count += 1
        if self.progress_count < 100:
             self.Window.after(100, self.start)
  • Quanto ao uso de time.sleep(), usei apenas para o código de exemplo, mas ele não é usado no código de produção. – Everton da Rosa 13/03/18 às 11:09
  • sim - mas você entendeu a resposta? Você chama a função que atualiza a progressbar a um intervalo de tempo fixo, com o metodo .after - e ele verifica o atributo de "quanto está completo" (mas não vai atualizar ele, como nesse exemplo) – jsbueno 13/03/18 às 12:39
  • O erro é você não pode fazer um laço direto para atualizar a propriedade - tem que retornar ao mainloop para que o trabalho possa andar. – jsbueno 13/03/18 às 12:40
  • captei a essência do que você colocou (eu acho), a questão é que, o código que tenho é um conversor de layout. Ele pega alguns dados (diretório de entrada, diretório de saída, formato da conversão), e quando o usuário clica no botão converter, o python deve pegar arquivo por arquivo do diretório de entrada, ler linha por linha do arquivo e converter isso num determinado formato e gravar; e ainda: a cada arquivo processado (ou poderia ser a cada linha) atualizar a barra de progresso. Não estou conseguindo visualizar como fazer isso com Tk.after(). Tenho que estudar mais o assunto! – Everton da Rosa 14/03/18 às 14:22
  • 1
    nesse caso, acho que acaba ficando melhor chamar o update_idletasks mesmo após cada x linhas. Apesar do que eu escrevi, em python temos que ter em mente que " practicality beats purity". Agora, o que você pode fazer é manter as coisas separadas: mantenha um método de 4 =/5 linahs só pra atualizar a barra de progresso, como esse do exemplo, usandoo after e no seu processamento principal use o ;update_idletasks - dessa forma você não precisa misturar a lógica de atualizar a barra de progressos com a lógica das tarefas do seu aplicativo. – jsbueno 14/03/18 às 17:14
0

Após horas de pesquisa na última noite, encontrei algo que também solucionou o problema: usar self.Window.update_idletasks() dentro do loop.

Calls all pending idle tasks, without processing any other events. This can be used to carry out geometry management and redraw widgets if necessary, without calling any callbacks.

Assim, o código final (com alguns pequenos ajustes) ficou assim

class Gui:

    def __init__(self):
        self.Window = Tk()
        self.Window.geometry('{0}x{1}'.format(600, 400))

        self.progress = DoubleVar()
        self.progress.set(0)
        self.progressBar = Progressbar(self.Window, maximum=100, orient=HORIZONTAL, variable=self.progress)
        self.progressBar.grid(row=0, column=0, sticky=W + E)

        self.startButton = Button(self.Window, text='Iniciar', command=self.start)
        self.startButton.grid(row=0, column=2)

    def start(self):
        for t in range(0, 100, 20):
            self.progress.set(t)
            print(t)
            self.Window.update_idletasks()
            sleep(2)
        self.progress.set(100)
        print('Fim...')

    def run(self):
        self.Window.mainloop()
        return 0

if __name__ == '__main__':
    Gui = Gui()
    sys.exit(Gui.run())
  • 1
    Ao fazer isso, você "rouba" a função do laço principal do tkinter, (Mainloop) - não é a forma correta de fazer. Faz mais sentido fazer isso num programa muito especializado em quf você de fat otenha um laço principal (mainloop) seu. - e chame o update_idletasks para o tkinter faer todo o processamento. Mas se o seu programa não está construído dessa forma, você deve manter cada callback simples, com pouco código, e sem laços - e agendar a sua re-execução por meio de eventos (como por exemoplo, com o .after). Esse é o paradigma não só do tkinter, mas de todas as libs gráficas. – jsbueno 13/03/18 às 12:42
  • Ambas as soluções funcionaram, porém não posso dizer quais tiveram melhor desempenho (não fiz benchmark), porém vou ver se adapto o código de produção para fazer uso do .after. – Everton da Rosa 13/03/18 às 20:20
  • A diferenã de performance dos dois modos é negligível - nem faz sentido se falar nisso ao se usar um toolkit gráfico em uma linguagem de muito alto nívle como Python. A diferença é mais semântica: deixar o tkinter funcionar como foi planejado (que é executar seu mainloop e coreografar seus eventos) ou tentar assumir o lugar desse laço principal, sem haver necessidade e sem saber de todas as tarefas dele. – jsbueno 14/03/18 às 2:55

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.