5

Resolvi o seguinte exercício de Python:

Implementar uma função que receba uma lista de listas de comprimentos quaisquer e retorne uma lista de uma dimensão.

A solução que consegui fazer foi a seguinte:

#!/usr/bin/env python
#-*- coding: utf-8 -*-

def list_unifier(lista_de_listas):
    lista_unificada = []
    for i in range(0, len(lista_de_listas)):
        for j in range(0, len(lista_de_listas[i])):
            lista_unificada.append(lista_de_listas[i][j])

    return lista_unificada

print list_unifier([[1, 2], [3, 4, 5], [], [6, 7]])

Saída:

[1, 2, 3, 4, 5, 6, 7]

A pergunta é, esta seria a melhor maneira de fazer? Achei meio prolixa.

Estava pensando em algo envolvendo for i in lista_de_listas ou algo assim.

  • Vários exemplos aqui: stackoverflow.com/questions/952914/… – bruno 10/03/18 às 12:57
  • @bruno Faltou especificar na pergunta mas seria algo sem nenhum recurso avançado, somente controle de fluxo básico. Ainda estou no ABC da linguagem. :) – Piovezan 10/03/18 às 13:02
7

Uma ideia que encurta o seu código sem chamar pacotes adicionais é:

def list_unifier(lista_de_listas):
    lista_unificada = []
    for lista in lista_de_listas:
        for elemento in lista:
            lista_unificada.append(elemento)
    return lista_unificada

Chamando a função:

print(list_unifier([[1, 2], [3, 4, 5], [], [6, 7]])) # Sintaxe válida para Python 3 ou 2 
print list_unifier([[1, 2], [3, 4, 5], [], [6, 7]]) # Sintaxe válida apenas para Python 2

Resultado:

[1, 2, 3, 4, 5, 6, 7]

Eu renomeei os iteradores de cada for loop para ficar mais fácil de entender. Primeiramente usamos um for para selecionar cada lista na lista de listas. Em seguida, usamos um segundo for para pegar cada elemento na lista selecionada. Como selecionamos o elemento e não a sua posição, não precisamos usar índices para fazer o append, basta chamar lista_unificada.append(elemento).

  • Era isto que eu estava procurando! Obrigado! – Piovezan 10/03/18 às 13:29
5

Ao estilo de antigravity e, de modo geral, mais pythonico, você pode utilizar o módulo nativo itertools para resolver o problema, mais especificamente a função chain, que faz exatamente o desejado (ou seja, já existe de forma nativa a função que é pedida para implementar).

from itertools import chain

listas = [[1, 2], [3, 4, 5], [], [6, 7]]
resultado = list(chain(*listas))

print(resultado)

Será impresso [1, 2, 3, 4, 5, 6, 7]. É importante notar que está solução utiliza a desconstrução de listas, com o operador * antecedendo o objeto e que o retorno de chain é um gerador, o que pode otimizar muito a solução, visto que não seria necessário ter uma cópia completa de todos os valores em memória.

Tenho ciência que o objetivo do exercício era justamente definir a função para aplicar os conceitos básicos, principalmente laços de repetição, mas acredito que estudar os conceitos aplicados para a presente solução são fundamentais e, por isso, resolvi postar a resposta.

  • Fui tentar entender o que o chain() faz e aí entrou em geradores e no comportamento meio mágico da palavra-chave yield e aí ficou avançado demais para mim (para um segundo dia de Python pelo menos)... sem falar que não entendi o operador *. O que eu entendi foi que list() converte um iterável para uma lista e que portanto chain() está retornando um iterável que percorre um a um os elementos da lista de listas (que é um iterável de iteráveis). É isso? Ah, e obrigado pela explicação :) – Piovezan 10/03/18 às 14:22
  • 1
    Exato. O gerador é um iterável com comportamento semelhante a um ponteiro de um iterator, se já está familiarizado com esses nomes. Em outras palavras, ele representa apenas um valor daquilo que está sendo iterado por vez. Mesmo que a lista possuísse milhões de valores, apenas um valor estaria armazenado em memória por vez, por isso a otimização. O operador * faz a desconstrução da lista, talvez seja mais fácil procurar por esses termos. Basicamente o que ele faz, nesse caso, cada item da lista em um parâmetro da função. Fazer foo(*[x, y]) seria o mesmo que foo(x, y). – Anderson Carlos Woss 10/03/18 às 14:27
4

reduce!

Python2:

listas = [[1, 2], [3, 4, 5], [], [6, 7]]
reduce(lambda prev, next: prev + next, listas)
[1, 2, 3, 4, 5, 6, 7]

Isso para listas de listas. Mas e para listas de listas de listas de listas...enfim, e para profundidade arbitrária? reduce recursivo!

lista = [[10], [20, 30], [20, [40, 50, 60, [79, [40, [59, 66, 77]]]]]]
def makeItFlat(lista):
    return [lista] if not isinstance(lista, list) else reduce(lambda x, y: makeItFlat(x) + makeItFlat(y), lista, [])
res = makeItFlat(lista)
print(res)

[10, 20, 30, 20, 40, 50, 60, 79, 40, 59, 66, 77]

Obs: em Python3 reduce se encontra no functools module.

3

As resposta atuais "deixam raso" listas de listas. Nesse caso, deixar raso é tudo na mesma profundidade. Objetos que antes estavam a uma profundidade de 2 listas ficam na profundidade de uma lista apenas. E se fosse possível informar uma profundidade arbitrária para "deixar raso"? Por exemplo, a lista profunda...

[1, 2, [[[3, [4], 5, [6, 7, [[8, 9], 10, [11]], 12], 13], 14], 15], 16, [17, [[[18]]], 19], 20]

... seria transformada nesta lista rasa:

[1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,14,15,16,17,18,19,20]

A ideia para resolver esse problema é ter uma função recursiva shallowfy (eu creio que "rasificar" não tem o mesmo impacto, então preferi usar a versão do nome em inglês mesmo) que faça o serviço. A entrada de shallowfy é uma lista e seu retorno é uma lista rasa. Seu funcionamento é o seguinte:

  1. começo com uma lista vazia shallow
  2. para cada elemento el da lista de entrada
    • se el não for uma lista, adiciona el no final de shallow
    • se el for uma lista, obtenho shallow_el = shallowfy(el)
    • adiciono todos os elementos de shallow_el no final de shallow
  3. retorna shallow

A função fica assim:

def shallowfy(lista):
  shallow = []
  for el in lista:
    if (isinstance(el, list)):
      shallow_el = shallowfy(el)
      for subel in shallow_el:
        shallow.append(subel)
    else:
      shallow.append(el)
  return shallow

Veja funcionando no ideone.

Referências:

  • Acho que o termo em inglês é "flatten". – Piovezan 15/03/18 às 21:44

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.